MTEC Energia

Senador vai questionar no TCU contrato de terminal de GNL da Petrobras

Senador Laércio Oliveira defende ampliação da infraestrutura de escoamento de gás (Foto: Gustavo Costa/epbr) Laércio Oliveira questiona deci...

Senador Laércio Oliveira defende ampliação da infraestrutura de escoamento de gás (Foto: Gustavo Costa/epbr)

Laércio Oliveira questiona decisões da companhia no mercado de gás; Petrobras reitera compromisso com investimentos no estado


O senador Laércio Oliveira (PP/SE) anunciou nesta quarta (15/11) que pretende acionar órgãos de controle contra decisões da Petrobras no mercado de gás natural.

Vai levar o assunto ao plenário do Senado Federal, até a próxima semana, para que as reclamações sejam oficialmente enviadas ao Tribunal de Contas da União (TCU), com pedido de auditoria da contratação pela Petrobras, por dez anos, no terminal de regaseificação de gás natural na Bahia.

Cobra esclarecimentos da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) sobre o atendimento ao contrato de concessão dos campos em águas profundas de Sergipe, futuros grandes produtores de gás natural.

E afirma que o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) deve investigar se há eventual interesse da Petrobras em adiar os projetos, previstos hoje para 2027-2028, em busca de preços mais caros de gás natural.

A Petrobras nega. Nesta quarta (15/11), reiterou à epbr que as informações sobre o adiamento dos projetos, batizados de SEAL 1 e 2, são falsas. Há cerca de três anos, a companhia enfrenta dificuldades para contratação das unidades de produção (FPSOs).

Laércio Oliveira afirma que o TCU deve auditar a “necessidade, viabilidade econômica e custos do afretamento por 10 anos do FRSU Sequoia pela Petrobras”. O tribunal é um órgão auxiliar do Legislativo Federal.

Em outubro, a Petrobras afretou a FSRU (regaseificação) da Excelerate, que já está instalada no terminal de Salvador.

Em acordo com o Cade, firmado em 2021, a Petrobras arrendou o terminal para a companhia, em uma medida que visava à abertura do mercado de gás natural, com mais competição na oferta.

Com o fim do contrato de arrendamento, chegou a um acordo com a Excelerate para manter a unidade, agora sob seu comando, por dez anos.

O senador argumenta que o terminal de Sergipe, da Eneva, poderia ter sido considerado no atendimento da demanda da Petrobras pela oferta flexível de gás natural importado.

A epbr apurou que incluir o ativo da Eneva discussão com a Petrobras foi uma iniciativa de Sergipe, em defesa dos interesses do estado.

“Como justificar esse arrendamento [da Bahia] por prazo tão longo se a perspectiva que todo o mercado conhece é de aumento de produção de gás nacional em mais de 50 milhões de m³/dia nos próximos anos, através dos projetos Rota 3, Pão de Açúcar e Sergipe Águas Profundas?”, diz Laércio Oliveira, em nota.

Sobre esse aspecto, a Petrobras não emitiu comentário, em razão do prazo dado pela epbr. No anúncio do contrato com a Excelerate, afirmou que o terminal da Bahia e do Rio de Janeiro asseguram os “elevados níveis de confiabilidade e flexibilidade oferecidos pela Petrobras na entrega de gás natural aos seus clientes”.

Com a decisão, a Petrobras retomou um plano que havia sido adiado pela crise energética de 2021, de manter os terminais da Baía de Guanabara e Salvador, deixando o Ceará à disposição do Porto de Pecém. Esta unidade, por sua vez, segue para Santa Catarina, em contrato com a New Fortress.

Serão apresentados na próxima semana à mesa diretora do Senado Federal cinco pedidos de ofício, segundo a assessoria do senador.
  • TCU, para auditoria do contrato firmado entre a Petrobras e a Excelerate, de afretamento por 10 anos da FRSU Sequoia;
  • Cade, para apurar se a estratégia da Petrobras tem o intuito de “manobrar preços do gás natural no Brasil”. Cita o risco de adiamento de SEAL 1 e 2, rebatido pela Petrobras.
  • ANP, responsável pela fiscalização do contrato de concessão dos campos e para obter o “histórico de todo o processo do projeto Sergipe Águas Profundas e cronograma de cumprimento de obrigações”;
  • E a Casa Civil, por meio do PPI, responsável pelo novo PAC. Como foi no passado, os projetos aprovados pela Petrobras, em seu plano de negócios, são incorporados no Programa de Aceleração do Crescimento.

E o quinto, cobrando esclarecimentos da própria Petrobras.


Laercio Oliveira demonstra desconfiança com as garantias que vêm sendo dadas pela Petrobras no projeto de águas profundas de Sergipe. E critica a falta de alinhamento da companhia com o governo federal.

“A Petrobras não está minimamente alinhada com o programa do governo, conforme se observa nos embates públicos com o próprio Ministério de Minas e Energia”, diz o senador.

O ministério iniciou após a posse de Alexandre Silveira (PSD) em janeiro os trabalhos do Gás para Empregar. A pasta questiona a reinjeção de gás natural da Petrobras, que reduz a oferta do energético e aumenta a produção de óleo.

Há discussões se toda a reinjeção é de fato necessária para a preservar a rentabilidade dos campos. Neste ponto, a epbr não solicitou esclarecimentos adicionais à Petrobras. E a cobertura completa do assunto pode ser acessada aqui.

Petrobras reitera planos para Sergipe

O presidente da Petrobras, Jean Paul Prates, afirmou em 3 de novembro que uma nota publicada no Radar da revista Veja, era falsa. A publicação afirmava que haveria interesse em postergar SEAL para 20231, em razão da entrada do BM-C-33, em 2028.

“Pelo contrário, a companhia empenha todos os esforços necessários para a execução dos projetos que trarão maior oferta de gás nacional ao mercado”, disse Prates em mensagem publicada nas redes e enviada a jornalistas.

Hoje (15), a companhia reiterou o compromisso. “Não há qualquer solicitação nem intenção por parte da Petrobras em postergar a entrada em operação do projeto”.

“Pelo contrário, a companhia empenha todos os esforços necessários para a execução dos projetos que trarão maior oferta de gás nacional ao mercado”, diz.

Entre 2021 e 2022, a Petrobras tentou contratar o que viria a ser a P-81, uma unidade própria para SEAL 1. Esse ano, mudou a estratégia e lançou uma concorrência para afretamento, que atrasou cerca de três meses e o envio de propostas vai até o início de 2024.

Em geral, um projeto do tipo leva três anos, da contratação ao primeiro óleo. Mantida a entrada em operação em 2027, Sergipe deve começar a ter volumes mais expressivos para escoamento ao mercado a partir de 2028.

Ainda será preciso contratar e construir o gasoduto e os campos também serão capazes de produzir petróleo, o que eleva a rentabilidade do projeto.

“Reforçamos ainda que os processos licitatórios seguem em curso, de forma a assegurar o cumprimento do cronograma e a entrada em operação no menor prazo possível”, diz a Petrobras.

O plano de negócios da companhia para 2024 a 2028 será aprovado nas próximas duas semanas e divulgado no fim do mês, segundo a previsão atual.

Com informações de Gustavo Gaudarde / Epbr

COMENTAR

TÉCNICO INDUSTRIAL$type=complex$count=8$l=0$cm=0$rm=0$d=0$host=https://www.etormann.tk

Nome

abnt,25,Ação social,32,acessibilidade,5,acidente de trabalho,5,Acolhimento,1,adasa,3,administração,20,Aerolula,1,agricultura,39,agro,208,agroindústria,11,agronegócio,37,água,50,águas claras,2,Aldo Rebelo,1,alianças,1,alimentação,30,Ambulatório,1,Amor Cantado,1,Anderson Miranda,1,aneel,5,animais,28,Aniversário,5,antissocial,4,anvisa,1,aposentdos,3,aposta,5,ar condicionado,15,Arlete Sampaio,1,arquitetura,18,Arruda,1,arte,28,artigo,39,Assistência social,7,ASSOCIE-SE,14,assosindicos,147,atacarejo,1,ateu,2,ativismo,9,ATUALIDADE POLÍTICA,626,automobilsmo,4,aviação,11,Banco Regional de Brasília,5,BCB,2,beleza,1,biocombustíveis,11,bioeconomia,1,biscoito,1,bolacha,1,Bolsa Família,1,Brasil,57,Brasília,49,BRB,38,brics,5,caesb,19,café,5,câmeras,3,CAMPANHA DO AGASALHO,1,campanha eleitoral,21,Canadá,1,câncer,13,candidatura,5,Carnaval,19,carne suína,1,carreira,19,carros elétricos,5,carteira,2,cartilha,2,Casa Civil,1,cassação,1,católica,1,CCBC,1,CEB,8,Ceilândia,2,CELEBRAÇÃO,1,celular,8,censura,2,Centro Administrativo,1,Cesta Básica,4,charge,2,chocolate,2,Churrasco,2,cidadania,111,Cidades,142,ciência,16,cinema,15,CLDF,77,clima,33,codhab,7,Código de Edificações,4,código de posturas,1,Collor,1,combate à dengue,44,combate ao câncer de próstata,5,combustíveis,15,comemoração,11,comércio,23,Companhia Energética de Brasília,6,Comper,5,comportamento,28,comunicação,6,comunidade,3,COMUNIDADE LUSITANA,1,comunismo,4,conciliacao,4,concurso,39,condomínio,72,condomínios,17,conic,1,conselho profissional,23,construção civil,39,construtoras,5,consulta pública,16,consumidor,29,consumo,11,conta,9,contabilidade,3,contribuição sindical,6,convênio,3,CONVITE,32,cop28,6,copa2014,1,CORPO DIPLOMÁTICO,1,corpus Christi,1,Correio Braziliense,1,corrida eleitoral,34,corrupção,42,CPI,1,crianças em casa,7,Criptoativos,1,crise,16,crise hídrica,16,Cuidar e Amparar,1,culinária,1,cultura,148,curso superior,3,cursos,31,data comemorativa,35,DATA NACIONAL,1,debate,3,Defesa,10,democracia,7,dengue,15,Deputado Distrital,15,Deputado Federal,16,DER-DF,6,Desenvolvimento Pessoal,3,desmatamento,4,despesas,1,Destaque,11,Detran,45,DF,17,DFTrans,6,Dia do micro e pequeno empresário,1,dia do síndico,5,Dia do Trabalhador,2,Dia dos Namorados,7,dia mundial da água,10,DIA NACIONAL,1,Diálogos com a Juventude,1,dicas,2,Dilma,5,dinheiro,18,diploma,1,direita,2,direito,71,Direito do Consumidor,5,Direitos Humanos,26,Distrito Federal,195,ditadura militar,6,dívidas,21,documento,8,Dona Sarah Kubitschek,1,drogas,7,ecologia,8,economia,419,economistas,3,Edital,8,EDITAL DE CONVOCAÇÃO,2,Eduardo Campos,1,educação,291,eleições,178,Eleições 2022,144,eleitor,16,eletricidade,14,elevadores,9,EMBAIXADA DE PORTUGAL,1,Embaixadas,7,empreendedorismo,51,empreender,14,empregado,13,Emprego,1,empregos,79,empresas,117,energia,90,engenharia,120,EnSínAC,14,ENTENDER CONDOMÍNIO,2,entorno,46,entretenimento,32,Escola de Síndicos,33,escorpião,1,ESG,1,ESPECIAL,1,espionagem,2,esporte,80,Esportes,2,estatuto,2,estilo de vida,3,estradas,9,Estudar no Exterior,2,evasão de divisas,1,eventos,55,exercícios,3,exportação,26,FABIANA CEIHAN,1,falecimento,6,família,3,Famosos,3,Fan Fest,1,Faz Aniversário,1,Fé,2,fecomércio,3,feminismo,1,FENACOM,1,feriados,3,Fernando Henrique Cardoso,1,festas juninas,6,FHC,2,FIEG,28,FIFA,1,fim de ano,7,fim de semana,1,finanças,44,finanças pessoais,75,Fipecafi,1,fiscal,1,Foco Educação,1,FocoCAR,1,fogo,1,fort atacadista,3,frente parlamentar,1,futebol,19,Galeteria Beira Lago,1,gás,14,gastronomia,51,GDF,262,geologia,1,Geriatria,1,Gerontologia,1,gestão condominial,7,Gim,1,Goiás,362,golpe,23,golpismo,11,Governador,51,Governo,119,greve,8,Grupo M4,1,Grupo Pereira,3,guerra,17,habitação,73,HEF,2,HEL,1,HESLMB,1,Hetrin,1,HOLANDA,1,homenagem,10,homocentro,1,HSBC,1,humor,2,IBGE,6,IBRAM,3,Idoso,10,IFG,1,igreja,2,IMED,2,imóveis,103,impeachment,4,impostos,97,inadimplência,7,incc,1,incêndio,13,INCLUSÃO,1,indígena,1,indústria,72,inelegibilidade,3,inflação,201,Informação,33,informática,1,ingressos,1,inovação,63,INSCRIÇÃO AQUI,1,inspeção,1,inspeção predial,5,INSS,2,internacional,35,internet,85,inverno,1,iptu,1,ipva,7,itormann,1,Joaquim Barbosa,1,Jogos Eletrônicos,1,Jornalismo,85,Juarezão,1,justiça,198,juventude,4,Lançamento,1,lazer,52,Legislação,8,lei,20,LGPD,6,licitação,20,livro,22,loteria,2,Lúcia Amorim de Brito,1,Lula,19,machismo,1,manifestação,1,manutenção,11,Maranhão,1,Márcio Antonelo,1,Marconi Perillo,1,marketing,8,material de construção,1,MCB,101,MCIT,2,MCTI,2,medicamentos,6,medicina,19,MEI,2,meio-ambiente,79,melhor idade,1,mensalão do DEM,1,mercado,50,mercosul,2,mesa do Natal,1,meteorologia,2,microgeração,11,Microsoft,1,mídia,12,militar,8,Minas Gerais,3,mineração,11,ministério,6,Ministério Publico,5,Miriam Belchior,1,Mobilidade,13,mobilidade urbana,28,moda,6,Monitoramento,2,mst,3,Mulheres,89,Mulheres na Política,10,multa,7,mundo,136,Mundo dos Filtros,1,município,12,Natal,12,Natal do Milhão,1,Negócios,17,Neoenergia,8,neurociência,2,neuromarketing,2,NEWS,1,Nobratta,1,normas,15,NOTICIAS,1057,NOTÍCIAS,43,notificação,1,novacap,3,Novembro Azul,1,nutrição,2,obras,119,ocupe o centro,1,opinião,175,Oportunidade,3,orçamento,15,ORDEM DE SERVIÇO,1,Pacto por Brasília,1,PAÍSES BAIXOS,1,pandemia,78,Parceiro do Ano,1,Parque da Cidade,5,Partidos Políticos,53,Paulo Dubois,2,Paulo Octávio,1,Paulo Roque,4,PCdoB,2,PDSK,5,Perpétua Almeida,1,Perse,1,perseguidos políticos,1,pesca,12,pesquisa,25,petrobras,13,petróleo,17,PL,26,playground,2,pmdb,1,podcast,1,polícia,94,Política,323,população,2,Porto Alegre,3,postos de saúde,17,prefeito,5,prefeitura,9,Premiação,25,presidência da república,10,presidenta,1,presidente,21,previdência,8,privatização,4,Procon,2,profissional,32,profissões,9,Projeto de Lei,79,pronunciamento,2,propaganda política,5,propina,1,Prosperi,1,PSD,1,PSDB,6,psicologia,5,pt,2,qualificação,33,rádio,2,recicláveis,2,reforma,7,reforma agrária,4,reforma política,10,reforma tributária,40,reformas,9,registro,4,regras de convivência,15,REI WILLEM-ALEXANDER,1,RELAÇÃO BILATERAL,1,relacionamento,5,religião,18,revitalização,1,Ricardo Izar,1,Ricardo Lustosa,1,rio,25,Rio de Janeiro,1,Roberto Santiago,1,rock,3,rodovias,2,Rondônia,1,Roosevelt,1,Rousseff,2,Sandra Faraj,1,saneamento,7,São Paulo,17,Sarah Kubitscheck,1,saúde,571,sedhab,2,segeth,1,segurança,120,seguro,10,selo de qualidade,2,senado federal,23,Serviço,1,serviço social,7,serviços técnicos,10,servidor público,4,sesc,4,setor elétrico,27,setor energético,32,setor produtivo,40,sia / guará,14,sindicatos,22,síndico,125,síndicos,9,SLU,9,smartphone,3,socialismo,1,Socialite em Foco,1,Sociedade,3,solar,9,Solidariedade,30,sonegação,16,sorteio de casas,1,STF,34,subsíndico,1,Supermercados,3,Supremo,2,sustentabilidade,77,tarifas,29,taxa,8,TBR,1,Teams Ideas,1,técnico,17,técnicos industriais,8,tecnologia,155,telecomunicação,20,tempo,13,tendência política,79,Terceira Idade,1,trabalhador,84,Trabalho,34,transito,5,trânsito,42,transporte,8,transporte coletivo,53,transportes,32,Trocando ideias entre Síndicos,2,TSE,59,turismo,79,TV,11,UDN,1,Universidades,2,utilidade pública,6,Utilidades de casa,2,vacina,45,Vai dar Roque,1,Valparaíso de Goiás,13,Vida de Solteiro,1,Vida longa,1,video,14,vinho,2,vistoria,1,Viver no Exterior,1,votação,3,WhatsApp,4,zelador,1,
ltr
item
Atualidade Política: Senador vai questionar no TCU contrato de terminal de GNL da Petrobras
Senador vai questionar no TCU contrato de terminal de GNL da Petrobras
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiF3RvvpxexphohKOu2LISjhNaEi-SWbcjHXNMZUBqe9CIxhHYBtHn6BPmae5XokhKimoftw1djmKeR9FvivBLiZjL9gVtKaP7UYkOBoe6JNLjV5EXoRZBBV8GNiBauIFV1jKsF0yTCVdq89t_-vwwmG8rBXdE4AcmjLL0KMMfkw7zrtNHu97wt9o-Hqmw/s16000/senador-Laercio-Oliveira.webp
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiF3RvvpxexphohKOu2LISjhNaEi-SWbcjHXNMZUBqe9CIxhHYBtHn6BPmae5XokhKimoftw1djmKeR9FvivBLiZjL9gVtKaP7UYkOBoe6JNLjV5EXoRZBBV8GNiBauIFV1jKsF0yTCVdq89t_-vwwmG8rBXdE4AcmjLL0KMMfkw7zrtNHu97wt9o-Hqmw/s72-c/senador-Laercio-Oliveira.webp
Atualidade Política
https://www.atualidadepolitica.com.br/2023/11/senador-vai-questionar-no-tcu-contrato.html
https://www.atualidadepolitica.com.br/
https://www.atualidadepolitica.com.br/
https://www.atualidadepolitica.com.br/2023/11/senador-vai-questionar-no-tcu-contrato.html
true
440335298870425399
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver todos Ler mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início Pág. POSTS Ver tudo Relacionadas Tópico Arquivo BUSCAR Todos Nenhuma resposta para a busca Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora há 1 minuto há $$1$$ minutos há 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar tudo Selecionar tudo Todos códigos copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário