Tambor da Aldeia - Liberdade de Imprensa

PROVAS CABAIS da Violação de Prerrogativas cometida pelo candidato à reeleição da OAB-DF – DELIO LINS

Partilhar:
Danntec Engenharia

O atual presidente quer ser reeleito, mas que não respeita a advocacia


OAB – DELIO LINS E SILVA FOTO : VITOR MENDONCA DATA : 09/07/19
Por Leonardo Loiola Cavalcanti


“Para não cair na ignorância, deve o homem estar convencido que não se deve retirar as opiniões que criam obstáculos, pois a refutação é a mais eficaz da purificação e não a eliminação daquela. Assim, não se deve podar o conhecimento, mas alimentá-lo para transpor as barreiras que o impedem de caminhar.”

1 – Do convite para participar da comissão e da posse:

Em 07/06/2019 fui convidado pelo Secretário-Geral da OAB/DF para participar de comissão temática dessa instituição. Cumprindo todos os requisitos, encaminhei currículo; não tinha pendencia financeira com a Ordem e com conhecimento de sobra para atuar nas Comissões: Comissão de Diversidade Sexual e Comissão de Relações Institucionais e Governamentais.

Ora, na primeira comissão, eu tenho bom conhecimento sobre o tema, li os principais pensadores sobre as teorias e ações que o Movimento LGBTQI+ tem como bandeira de luta, como também tive ação popular, intitulada de Cura Gay, a qual tive êxito em liminar e em sentença, mas perdendo a ação no STF, uma vez que esse Supremo abriu as pernas para tudo que o Movimento LGBTQI+ deseja implantar na sociedade.

Obs: não sou contra o movimento, mas discordo de algumas de suas ações, tais como: linguagem neutra e sistematização da ideologia de gênero em nosso ordenamento jurídico, o que não quer dizer que eu seja homofóbico.

Já na segunda comissão, por ter mais de 25 anos de trabalho na Câmara dos Deputados, elaborando proposições e desenvolvendo pareceres em projetos, me julguei capacitado a atuar nessas comissões, ao passo que, mesmo pedindo para sair de tal comissão (pedi para sair porque fui perseguido pelo presidente Delio Lins) ainda me deixaram por meses nessa comissão.

2 – Da ligação informando que a comissão se esvaziaria se eu continuasse na comissão, e da Violação de Prerrogativas:

Assim, em 09/06/2019, tomei posse nas duas comissões, mas, para a minha surpresa, 30min depois da posse, recebi ligação do Secretário-Geral da OAB/DF dr. Márcio de Souza Oliveira, dizendo:

“A comissão de diversidade está caindo matando em cima de mim, que se você entrar vão esvaziar a comissão. Aí é uma merda pra mim!”

3 – Dos documentos protocolados requerendo explicação dos motivos que deram razão a minha expulsão da comissão:

Com isso, protocolei diversos documentos pedindo explicação contra o ato imoral e ilícito praticado pelo presidente da OAB/DF, Delio Lins e sua parceira de Violação de Prerrogativa, Cíntia Cecílio, conforme imagens publicadas no Blog do Loiola (veja na íntegra os documentos).
Partilhar:

ABBP

ATUALIDADE POLITICA

ATUALIDADE POLÍTICA

conselho profissional

eleições

justiça

0 comentários: