Ministério da Saúde envia mais de 2,3 milhões de kits intubação aos estados e municípios

Partilhar:
Danntec Engenharia

Os kits serão distribuídos de acordo com a demanda dos estados e municípios, monitorada pelo Ministério da Saúde, Conass e Conasems. A expectativa é que sejam suficientes para atender os hospitais por até 15 dias.




O Ministério da Saúde começa a distribuir, a partir desta sexta-feira (16), mais de 2,3 milhões de medicamentos usados em intubação de pacientes que necessitam de reforço na respiração em tratamento nas UTIs do país. O chamado “kit intubação” é importante para recuperação de pessoas que contraíram a Covid-19.

Os kits serão distribuídos de acordo com a demanda dos estados e municípios monitorada pelo Ministério da Saúde, Conass e Conasems. A expectativa é que sejam suficientes para atender os hospitais por até 15 dias.

A medicação foi comprada na China e doada ao Ministério da Saúde por um consórcio formado por empresas privadas. Os insumos chegaram ao Brasil na noite desta quinta-feira (15) e devem ser entregues aos estados em até 48 horas.

De acordo com Boletim Observatório Covid-19, da Fiocruz, oito estados estão com índice de ocupação de UTIs acima de 80% e 15 superam os 90%.
Desde o início da pandemia, o Ministério da Saúde já enviou mais de 8,6 milhões de medicamentos para intubação para todos os estados. Além disso, a pasta já distribuiu mais de 50 milhões de doses de vacina contra a Covid-19.

Apenas nesta semana, mais de 6,3 milhões de doses foram enviadas aos estados. A remessa contou com vacinas da AstraZeneca/Oxford, produzidas na Fiocruz, e Coronavac do Instituto Butantan.

Reportagem, Cristiano Ghorgomillos
Partilhar:

pandemia

saúde

0 comentários: