Em visita à UFG, Rogério Cruz discute projetos na área de tecnologia

Partilhar:
Danntec Engenharia

>

Durante o encontro foi debatida a continuidade de parcerias já existentes entre a Prefeitura de Goiânia e UFG, além de estreitar as relações na área de ciência e tecnologia

O prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, acompanhado de secretários da administração municipal, visitou na manhã desta terça-feira (19/1) a Universidade Federal de Goiás (UFG). O chefe do Executivo Municipal foi recepcionado pelo reitor da instituição de ensino superior, Edward Madureira, e dentre os assuntos tratados na reunião, a construção de um prédio na área do Parque Tecnológico da universidade para receber parte da Secretaria Municipal de Inovação, Ciência e Tecnologia teve destaque.

Ao conhecer os espaços da UFG que desenvolvem pesquisas e trabalhos tecnológicos, o prefeito Rogério Cruz comentou que a administração municipal visa manter todas as parcerias já existentes, além de estreitar ainda mais as relações entre prefeitura e UFG. “Tenho certeza que a UFG ainda tem muito que participar com o município de Goiânia e, principalmente, ainda nesse período de calamidade pública que a instituição tem tido um papel importante na execução de ações, estudos e atendimentos médicos a pacientes com Covid-19”, citou.

Além da parceria nesse período de pandemia, Rogério Cruz lembrou ainda que a Prefeitura de Goiânia tem intenção de crescimento e desenvolvimento, mas segundo ele, contando sempre com o apoio de instituições, como a UFG. “Já iniciamos nesta visita uma conversa que pode gerar muitos frutos, como a construção de um prédio tecnológico para que possamos trazer para mais perto da universidade a Secretaria Municipal de Inovação, Ciência e Tecnologia”.

Rogério Cruz acrescentou que a medida é importante passo para a cidade. “Nós pretendemos criar no município o conceito de cidade inteligente, bem como também desenvolver projetos tecnológicos de diversas esferas e, claro, começando pelos setores mais periféricos para que nossas crianças, adolescentes, jovens e população de forma geral tenha acesso aos programas que pretendemos oferecer à população, lembrando sempre da união entre Prefeitura de Goiânia e UFG”, sublinhou.

Anfitrião do evento, o reitor Edward Madureira salientou que a parceria entre prefeitura e a instituição já vem de alguns anos e que sempre é salutar para instituição estreitar as relações e efetivar ações e parceiras. “Sempre quem sai ganhando é a população de Goiânia, que sempre nos atende com muito carinho”, disse Madureira, acrescentando que a UFG, por meio do Parque Tecnológico Samambaia, está disponível para efetivação de projetos que possam efetivar o conceito de cidade inteligente em Goiânia.

“O nosso Parque tecnológico já está em funcionamento, temos empresas em operação, contamos com centros tecnológicos e uma série de estruturas justamente na lógica de inovação, empreendedorismo, ciência e tecnologia”, contou o reitor Edward, ao lembrar que as instituições existentes no local estão em franco desenvolvimento e muitas delas, conforme ele, já atendem o País inteiro, como na área de fármacos e alimentação, que cresce muito. “Estamos trabalhando e contamos também com o apoio da Prefeitura de Goiânia para que consigamos ampliar ainda mais o nosso Parque Tecnológico”, concluiu.

Em nome dos secretários que acompanharam o prefeito Rogério Cruz, o secretário municipal de Infraestrutura Urbana, Luiz Bittencourt, lembrou que estreitar essas relações entre Prefeitura de Goiânia e UFG é de extrema importância, pois, segundo ele, o diálogo está aberto a todas as instituições, “mas a UFG já conta com um portfólio já existente e o nosso objetivo é ampliar ainda mais essa parceria em outras frentes de trabalho”, afirmou o secretário.

O secretário Bittencourt citou como exemplo na Seinfra a criação de ações para controle de materiais, elaboração de projetos e acompanhamento e fiscalização de obras. “Nesse sentido, estamos com uma gama de atividades que podem ser desenvolvidas entre a pasta e a instituição de ensino, ou seja, podemos sempre atuar em conjunto”, frisou, lembrando que deu o exemplo da Seinfra, mas que as ações devem ser efetivadas com todas as secretarias da Prefeitura de Goiânia.

Partilhar:

educação

tecnologia

0 comentários: