MTEC Energia

Como o empresário imagina o futuro do trabalho?

Por Wilson Míccoli Quando se pensa como um empresário imagina a continuidade do seu trabalho no Brasil, esta pergunta certamente vai levar a...


Por Wilson Míccoli

Quando se pensa como um empresário imagina a continuidade do seu trabalho no Brasil, esta pergunta certamente vai levar a uma resposta interessante. É uma equação complexa, na qual as variáveis para a tomada de decisão são imprevisíveis. Isso faz do empresário um malabarista, um herói com grande criatividade para manter seu negócio funcionando.

No Brasil, a todo momento o empresário é submetido a surpresas, seja com relação à política, seja em função de tributações, legislações, mudanças governamentais etc. A cada dia as adversidades aparecem como desafios constantes. Imprevistos de todos os tipos chegam como obstáculos, barreiras testando sua capacidade de sobrevivência.  

Quando nos focamos em ameaças externas, vemos empresários, em um passado recente, unidos para pressionar o governo e exigir deste que exercesse sobretaxas aos produtos chineses em geral, no intuito de proteger a empresa nacional. Essa medida hoje em dia não é mais eficaz, pois seus produtos estão em todos os lugares e o e-commerce (comércio eletrônico) facilita a sua entrada em nosso mercado. O que é eficaz é a concorrência competente, com preços e qualidade.

No Brasil, como um país de governo com perfil mais alinhado a demandas de sindicatos de trabalhadores, é natural que as exigências por direitos excedam as visões focadas em deveres. Os gestores devem estar qualificados a gerenciar tais demandas, evitando dificuldades de relacionamento que podem criar diversos tipos de passivos trabalhistas, os quais poderiam ser proativamente evitados.

Uma das ferramentas utilizadas por minha empresa, a Plena Soluções Empresariais Ltda., a PROLAW© - PROACTIVE LAW, tem como finalidade diagnosticar, de maneira proativa e diversificada, possíveis passivos judiciais, , tais como o trabalhista e outros enquadrados nos demais ramos do Direito. Pode-se diagnosticar de forma proativa uma empresa ou alguns de seus setores com coordenação de um advogado e a participação multidisciplinar de especialistas de outras áreas, traçando assim um perfil de risco das atividades exercidas nesses setores. 

Sobre o tema tecnologia, são frequentes os casos dos  empresários relatando avanços tecnológicos conservadores, apresentando dificuldades com investimentos e com carência de mão de obra especializada nessa área. Esses ainda se apresentam resistentes ao emprego de novas tecnologias. As diversas formas de tecnologia surgem para alavancar sua competitividade, e empresas que fazem uso eficaz estão sempre à frente dos seus respectivos segmentos de negócio.

Em países como Alemanha,  o comportamento dos empresários é surpreendente no que se refere à tecnologia. Ela é considerada como um pilar necessário para a sobrevivência e crescimento.

Mas tecnologia demanda altos níveis de qualificação de gestores e colaboradores da operação. Um corpo gestor que não se apresenta suficientemente qualificado ou receptivo a novas formas de produzir ou às inovações tecnológicas, não atinge o sucesso. O corpo gerencial necessita compreender organicamente o desenvolvimento dos processos em constante mudança, o que permite uma concorrência forte e adequada no mercado em que vivemos.

As atividades que não agregam valor corroem a lucratividade de uma empresa, fazendo com que ela sofra perdas econômicas, reduzindo seus ganhos. No Brasil, os níveis de agregação de valor, de uma forma geral, não ultrapassam 15%. Mesmo nas multinacionais esse número ainda é baixo.

O Brasil não é a melhor referência para a cultura de orientação para o cliente, onde os colaboradores da empresa, de maneira geral, entendem seus setores como empresas menores nas quais o maior cliente é o chefe e não como aquele que paga os seus salários.

Em um jantar na Alemanha com um fornecedor de máquinas especiais, ao meu lado sentou-se um jovem que, dirigindo-se a mim, perguntou se eu o conhecia. Eu respondi que ele me parecia familiar e perguntei de onde ele vinha. Ojovem me respondeu: “eu trabalho na mesma empresa que o senhor. Sou o faxineiro que limpa o piso na área onde as máquinas são montadas. Ele me disse, então, que naquela empresa todos eram considerados representantes perante os clientes e que, embora fosse o faxineiro, tinha autorização para estar no mesmo jantar que os diretores e os clientes.

Este é um exemplo de mentalidade em uma empresa que desenvolve um paradigma nos colaboradores,  segundo o qual o cliente é o que vem em primeiro lugar.

Outro paradigma interessante é o comportamento dos japoneses com relação aos problemas do dia a dia. Problemas são considerados, em todos os níveis, como oportunidades de melhoria, trazendo um aprendizado para melhorar seus resultados. Os japoneses demonstram um comportamento interessante, a saber: a  presença maciça de especialistas e gestores no piso da fábrica. Esta situação nos mostra como os problemas são resolvidos de maneira simples em seus locais de origem, o que os japoneses chamam de Gemba, ou o local onde as coisas estão acontecendo. A utilização do tempo na solução de problemas no Japão demonstra grande eficácia quando comparada com o Brasil.

Em minha vivência como executivo ou como consultor no Brasil, com empresas multinacionais ou brasileiras, a utilização do tempo ainda merece uma atenção especial. Reuniões realizadas no Brasil ainda são longas e sua eficácia é baixa. Participei de reuniões no Japão em que essas eram surpreendentemente curtas e com poucas pessoas e voltadas à solução eficaz de problemas. A utilização eficaz do tempo trará, em todos os setores e para todo o corpo gerencial, de analistas e de operação, uma produtividade satisfatória.

O futuro do trabalho pode, sim, ser visto como desafiador e imprevisível, mas para que haja sucesso das empresas no Brasil, sejam elas multinacionais ou não, o foco deverá ser produtividade e qualidade em todos os setores.

*Wilson Míccoli é mestre, doutor e pós doutor (PhD) em projetos e está cursando um segundo pós-doutorado na área de Telecomunicações e TI

Sobre a AHK Paraná – Estimular a economia de mercado por meio da promoção do intercâmbio de investimentos, comércio e serviços entre a Alemanha e o Brasil, além de promover a cooperação regional e global entre os blocos econômicos. Esta é a missão da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha (AHK Paraná), entidade atualmente dirigida pelo Conselheiro de Administração e Cônsul Honorário da Alemanha em Curitiba, Andreas F. H. Hoffrichter.



COMENTAR

TÉCNICO INDUSTRIAL$type=complex$count=8$l=0$cm=0$rm=0$d=0$host=https://www.etormann.tk

Nome

abnt,25,Ação social,32,acessibilidade,4,acidente de trabalho,4,Acolhimento,1,administração,19,Aerolula,1,agricultura,31,agro,197,agroindústria,9,agronegócio,35,água,45,águas claras,2,Aldo Rebelo,1,alianças,1,alimentação,26,Ambulatório,1,Amor Cantado,1,Anderson Miranda,1,aneel,5,animais,27,Aniversário,5,antissocial,4,anvisa,1,aposentdos,3,aposta,5,ar condicionado,15,Arlete Sampaio,1,arquitetura,18,Arruda,1,arte,24,artigo,39,Assistência social,7,ASSOCIE-SE,14,assosindicos,147,atacarejo,1,ateu,2,ativismo,9,ATUALIDADE POLÍTICA,784,automobilsmo,4,aviação,9,Banco Regional de Brasília,5,BCB,2,beleza,1,biocombustíveis,10,biscoito,1,bolacha,1,Bolsa Família,1,Brasil,127,Brasília,49,BRB,32,brics,5,caesb,17,café,5,câmeras,3,CAMPANHA DO AGASALHO,1,campanha eleitoral,20,Canadá,1,câncer,13,candidatura,5,Carnaval,19,carne suína,1,carreira,19,carros elétricos,5,carteira,2,cartilha,2,Casa Civil,1,cassação,1,católica,1,CCBC,1,CEB,8,Ceilândia,2,CELEBRAÇÃO,1,celular,6,censura,2,Centro Administrativo,1,charge,2,chocolate,2,Churrasco,2,cidadania,106,Cidades,133,ciência,15,cinema,14,CLDF,75,clima,32,codhab,7,Código de Edificações,4,código de posturas,1,Collor,1,combate à dengue,44,combate ao câncer de próstata,5,combustíveis,14,comemoração,11,comércio,20,Companhia Energética de Brasília,6,Comper,4,comportamento,25,comunicação,5,comunidade,3,COMUNIDADE LUSITANA,1,comunismo,4,conciliacao,4,concurso,35,condomínio,72,condomínios,16,conic,1,conselho profissional,23,construção civil,39,construtoras,5,consulta pública,15,consumidor,28,consumo,11,conta,8,contabilidade,2,contribuição sindical,6,convênio,3,CONVITE,32,cop28,6,copa2014,1,CORPO DIPLOMÁTICO,1,corpus Christi,1,Correio Braziliense,1,corrida eleitoral,34,corrupção,41,CPI,1,crianças em casa,6,Criptoativos,1,crise,16,crise hídrica,16,Cuidar e Amparar,1,culinária,1,cultura,140,curso superior,3,cursos,30,data comemorativa,32,DATA NACIONAL,1,debate,3,Defesa,10,democracia,7,dengue,13,Deputado Distrital,15,Deputado Federal,16,DER-DF,6,Desenvolvimento Pessoal,3,desmatamento,4,despesas,1,Destaque,11,Detran,41,DFTrans,6,Dia do micro e pequeno empresário,1,dia do síndico,5,Dia do Trabalhador,2,Dia dos Namorados,7,dia mundial da água,10,DIA NACIONAL,1,Diálogos com a Juventude,1,dicas,2,Dilma,5,dinheiro,17,diploma,1,direita,2,direito,67,Direito do Consumidor,4,Direitos Humanos,24,Distrito Federal,106,ditadura militar,6,dívidas,20,documento,7,Dona Sarah Kubitschek,1,drogas,5,ecologia,8,economia,391,economistas,3,Edital,7,EDITAL DE CONVOCAÇÃO,2,Eduardo Campos,1,educa,1,educação,276,eleições,172,Eleições 2022,144,eleitor,15,eletricidade,13,elevadores,8,EMBAIXADA DE PORTUGAL,1,Embaixadas,7,empreendedorismo,48,empreender,13,empregado,12,empregos,76,empresas,110,energia,86,engenharia,117,EnSínAC,14,ENTENDER CONDOMÍNIO,2,entorno,45,entretenimento,29,Escola de Síndicos,33,escorpião,1,ESG,1,ESPECIAL,1,espionagem,2,esporte,76,estatuto,2,estilo de vida,3,estradas,9,Estudar no Exterior,2,evasão de divisas,1,evento,153,Eventos,9,exercícios,3,exportação,21,FABIANA CEIHAN,1,falecimento,5,família,3,Fan Fest,1,Faz Aniversário,1,Fé,2,fecomércio,2,feminismo,1,FENACOM,1,feriados,3,Fernando Henrique Cardoso,1,festas juninas,3,FHC,2,FIEG,25,FIFA,1,fim de ano,7,fim de semana,1,finanças,41,finanças pessoais,72,Fipecafi,1,fiscal,1,fogo,1,fort atacadista,2,frente parlamentar,1,futebol,18,Galeteria Beira Lago,1,gás,14,gastronomia,41,GDF,245,geologia,1,Geriatria,1,Gerontologia,1,gestão condominial,7,Gilvan Máximo,1,Gim,1,Goiás,346,golpe,23,golpismo,10,Governador,51,Governo,119,greve,7,Grupo M4,1,Grupo Pereira,2,guerra,17,habitação,70,HEF,2,HEL,1,HESLMB,1,Hetrin,1,HOLANDA,1,homenagem,8,homocentro,1,HSBC,1,humor,2,IBGE,6,IBRAM,3,Idoso,8,IFG,1,igreja,2,IMED,2,imoveis,5,imóveis,95,impeachment,4,impostos,94,inadimplência,6,incc,1,incêndio,13,indígena,1,indústria,65,inelegibilidade,3,Informação,33,informática,1,ingressos,1,inovação,62,INSCRIÇÃO AQUI,1,inspeção,1,inspeção predial,5,INSS,2,internacional,32,internet,81,inverno,1,iptu,1,ipva,7,itormann,1,Joaquim Barbosa,1,Jogos Eletrônicos,1,Jornalismo,83,Juarezão,1,justiça,186,juventude,4,Lançamento,1,lazer,40,Legislação,7,lei,18,LGPD,6,licitação,18,livro,20,loteria,2,Lúcia Amorim de Brito,1,Lula,19,machismo,1,manifestação,1,manutenção,11,Maranhão,1,Márcio Antonelo,1,Marconi Perillo,1,marketing,8,material de construção,1,MCB,101,MCIT,2,MCTI,2,medicamentos,3,medicina,17,MEI,2,meio-ambiente,79,melhor idade,1,mensalão do DEM,1,mercado,50,mercosul,2,mesa do Natal,1,meteorologia,2,microgeração,10,Microsoft,1,mídia,12,militar,8,Minas Gerais,3,mineração,11,ministério,6,Ministério Publico,5,Miriam Belchior,1,Mobilidade,11,mobilidade urbana,27,moda,6,Monitoramento,2,mst,3,Mulheres,87,Mulheres na Política,10,multa,7,mundo,134,Mundo dos Filtros,1,município,12,Natal,12,Natal do Milhão,1,Negócios,16,Neoenergia,8,neurociência,2,neuromarketing,2,NEWS,1,Nobratta,1,normas,14,NOTICIAS,1057,NOTÍCIAS,22,notificação,1,novacap,3,Novembro Azul,1,nutrição,2,obras,113,ocupe o centro,1,opinião,147,Oportunidade,3,orçamento,12,ORDEM DE SERVIÇO,1,Pacto por Brasília,1,PAÍSES BAIXOS,1,pandemia,78,Parceiro do Ano,1,Parque da Cidade,5,Partidos Políticos,53,Paulo Dubois,2,Paulo Octávio,1,Paulo Roque,4,PCdoB,2,PDSK,5,Perpétua Almeida,1,Perse,1,perseguidos políticos,1,pesca,12,pesquisa,24,petrobras,13,petróleo,16,PL,26,playground,2,pmdb,1,podcast,1,polícia,80,POLÍCIA FEDERAL,1,Política,312,população,2,Porto Alegre,3,postos de saúde,17,prefeito,5,prefeitura,9,Premiação,21,presidência da república,10,presidenta,1,presidente,21,previdência,5,privatização,2,Procon,2,profissional,29,profissões,9,Projeto de Lei,76,pronunciamento,2,propaganda política,5,propina,1,Prosperi,1,PSD,1,PSDB,6,psicologia,4,pt,2,qualificação,30,rádio,2,recicláveis,1,reforma,7,reforma agrária,4,reforma política,10,reforma tributária,31,reformas,9,registro,4,regras de convivência,14,REI WILLEM-ALEXANDER,1,RELAÇÃO BILATERAL,1,relacionamento,5,religião,17,revitalização,1,Ricardo Izar,1,Ricardo Lustosa,1,rio,25,Rio de Janeiro,1,Roberto Santiago,1,rock,3,rodovias,2,Rondônia,1,Roosevelt,1,Rousseff,2,Sandra Faraj,1,saneamento,7,São Paulo,17,Sarah Kubitscheck,1,saúde,537,sedhab,2,segeth,1,segurança,112,seguro,10,selo de qualidade,2,senado federal,23,serviço social,7,serviços técnicos,10,servidor público,4,sesc,3,setor elétrico,26,setor energético,26,setor produtivo,35,sia / guará,14,sindicatos,19,síndico,125,síndicos,9,SLU,7,smartphone,3,socialismo,1,solar,8,Solidariedade,30,sonegação,12,sorteio de casas,1,STF,30,subsíndico,1,Supermercados,2,Supremo,2,sustentabilidade,71,tarifas,26,taxa,8,TBR,1,Teams Ideas,1,técnico,17,técnicos industriais,7,tecnologia,153,telecomunicação,18,tempo,12,tendência política,79,Terceira Idade,1,trabalhador,81,Trabalho,29,transito,5,trânsito,38,transporte,8,transporte coletivo,49,transportes,30,Trocando ideias entre Síndicos,2,TSE,59,turismo,66,TV,11,UDN,1,Universidades,2,utilidade pública,6,Utilidades de casa,2,vacina,41,Vai dar Roque,1,Valparaíso de Goiás,13,Vida de Solteiro,1,Vida longa,1,video,14,vinho,2,vistoria,1,Viver no Exterior,1,votação,3,WhatsApp,4,zelador,1,
ltr
item
Atualidade Política: Como o empresário imagina o futuro do trabalho?
Como o empresário imagina o futuro do trabalho?
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhJFtJp4IImyoF0O723QrkHEqsA9le2DIcBy2_eefFOCCCLBBvqZifo9m-FunHRppnMEg247NKogYQjCWISsBu-yklLisAEy0gJ_PYiA2kFq6aT_LwUtoO2-4LPaY7kR75NSgGqF-HTjM_PsRG2EyvgAJBsoYxoYNe6gneK_oiAZX9NvxZoMWgbyeozf-Ei/s320/Foto-Wilson-Divulgacao--1-.jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhJFtJp4IImyoF0O723QrkHEqsA9le2DIcBy2_eefFOCCCLBBvqZifo9m-FunHRppnMEg247NKogYQjCWISsBu-yklLisAEy0gJ_PYiA2kFq6aT_LwUtoO2-4LPaY7kR75NSgGqF-HTjM_PsRG2EyvgAJBsoYxoYNe6gneK_oiAZX9NvxZoMWgbyeozf-Ei/s72-c/Foto-Wilson-Divulgacao--1-.jpg
Atualidade Política
http://www.atualidadepolitica.com.br/2024/05/como-o-empresario-imagina-o-futuro-do.html
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/2024/05/como-o-empresario-imagina-o-futuro-do.html
true
440335298870425399
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver todos Ler mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início Pág. POSTS Ver tudo Relacionadas Tópico Arquivo BUSCAR Todos Nenhuma resposta para a busca Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora há 1 minuto há $$1$$ minutos há 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar tudo Selecionar tudo Todos códigos copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário