MTEC Energia

Sérgio Moro: Um zumbi no Congresso Nacional

Ascendido ao status de cruzado anticorupção, Sérgio Moro acabou condenado a vagar como forasteiro político, rejeitado pelos mesmos que o enalteceram.

Entre ambições e realidades, o futuro de Moro segue incerto na política brasileira. Brasília (DF) 03-04-2024 Senador Sergio Moro caminhando no senado Federal. Foto Lula Marques/ Agência Brasil
Entre ambições e realidades, o futuro de Moro segue incerto na política brasileira. Brasília (DF) 03-04-2024 Senador Sergio Moro caminhando no senado Federal. Foto Lula Marques/ Agência Brasil

Isolamento político: A luta de Moro por aceitação no Senado


A trajetória de Sérgio Moro, desde o estrelato na Operação Lava Jato até seu recente papel como senador, tem sido nada menos que controversa e desafiadora. Seu ingresso no Congresso Nacional, buscando naturalizar sua presença e influência na política brasileira, revela um caminho repleto de isolamento e resistências. Moro, apesar de seus esforços, parece não ter conseguido se integrar ao "clube" dos políticos relevantes, circulando como uma figura solitária e até mesmo marginalizada no Senado.

Apesar de Moro buscar se "naturalizar" no Congresso e fazer parte do "clube" dos políticos relevantes, ele não está conseguindo. Sua tentativa de se inserir no meio político é vista com dificuldade e ceticismo.

A relação de Moro com seus pares é marcada por uma evidente falta de afinidade. Senadores e membros de seu próprio partido, o União Brasil, demonstram uma clara rejeição a sua presença, refletindo a complexa dinâmica de poder e influência que rege o cenário político brasileiro. O isolamento de Moro não se restringe apenas às interações pessoais, mas se estende à sua influência e voz dentro do partido e no Senado, colocando em xeque sua capacidade de efetuar mudanças significativas ou de defender suas pautas com eficácia.

Moro é visto como um senador isolado, sem apoio de outros senadores ou de seu próprio partido, o União Brasil. Ele é descrito como "circulando como um zumbi" no Senado, sem ter voz ou influência dentro de seu partido.

A recente escapada de Moro do julgamento de cassação de mandato, que poderia ter resultado em sua inelegibilidade, apenas acrescenta outra camada à sua controversa figura política. A decisão, influenciada por um contexto de relações pessoais e políticas no estado do Paraná, tem sido vista por muitos como um exemplo de como o sistema judiciário pode ser influenciado por conexões e interesses particulares. Este episódio, somado às acusações de abuso de autoridade e à ameaça de prisão contra familiares de ministros do STF, apenas solidifica a imagem de Moro como uma figura que desafiou os limites da ética e da legalidade em sua busca por poder e influência.

Há uma percepção de que Moro se safou de julgamentos e cassações de mandato em instâncias estaduais, graças a sua proximidade com juízes e familiares de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). No entanto, acredita-se que ele será "caçado" no Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

No entanto, o futuro de Moro no TSE e no cenário político brasileiro parece incerto. Sua tentativa de reinserção e aceitação nos altos estamentos do Judiciário e na política enfrenta resistências significativas, não apenas devido às suas ações passadas, mas também pela ruptura de normas não escritas de hierarquia e respeito dentro das instituições brasileiras. A rejeição não se limita ao judiciário; ela se estende ao Congresso e se reflete na percepção pública, marcando Moro como um outsider cujas ambições políticas foram, talvez, demasiado audaciosas.

Há a percepção de que Moro ambicionava se tornar uma espécie de "imperador do Brasil", com o controle da Polícia Federal e uma indicação ao STF. Porém, essas aspirações foram barradas, e hoje ele é visto com desprezo e estranhamento por figuras influentes do Judiciário.

Além disso, a interação entre Moro e figuras como Gilmar Mendes, em que prevalecem o desprezo e o confronto direto, ilustra não apenas o isolamento político de Moro, mas também as profundas divisões e preconceitos dentro da política e da sociedade brasileiras. Estes conflitos, que trazem à tona questões de classe, regionalismo e o legado de desigualdades no Brasil, apenas complicam ainda mais o caminho de Moro no cenário político.

Ascendido ao status de cruzado anticorupção, Sérgio Moro ambicionava dominar os poderes do Estado, mas acabou condenado a vagar como um forasteiro político, rejeitado pelos mesmos círculos que antes o enalteceram.

Sérgio Moro enfrenta um futuro incerto no Congresso Nacional. Seu legado como juiz e político, marcado por controvérsias e desafios, parece ter limitado significativamente sua capacidade de influenciar e participar efetivamente da política brasileira. Se Moro conseguirá superar esses obstáculos e redefinir sua posição no cenário político nacional é uma questão em aberto, mas, por ora, sua trajetória serve como um estudo de caso sobre as complexidades, desafios e, por vezes, as incongruências da política brasileira.

COMENTAR

TÉCNICO INDUSTRIAL$type=complex$count=8$l=0$cm=0$rm=0$d=0$host=https://www.etormann.tk

Nome

abnt,25,Ação social,30,acessibilidade,4,acidente de trabalho,4,Acolhimento,1,administração,19,Aerolula,1,agricultura,29,agro,182,agroindústria,7,agronegócio,35,água,41,águas claras,2,Aldo Rebelo,1,alianças,1,alimentação,22,Ambulatório,1,Amor Cantado,1,aneel,5,animais,26,Aniversário,5,antissocial,4,anvisa,1,aposentdos,3,aposta,5,ar condicionado,15,Arlete Sampaio,1,arquitetura,18,Arruda,1,arte,22,artigo,39,Assistência social,7,ASSOCIE-SE,14,assosindicos,147,atacarejo,1,ateu,2,ativismo,9,ATUALIDADE POLÍTICA,784,automobilsmo,4,aviação,8,Banco Regional de Brasília,5,BCB,2,beleza,1,biocombustíveis,10,biscoito,1,bolacha,1,Bolsa Família,1,Brasil,127,Brasília,47,BRB,29,brics,5,caesb,14,café,4,câmeras,2,CAMPANHA DO AGASALHO,1,campanha eleitoral,20,Canadá,1,câncer,13,candidatura,5,Carnaval,19,carne suína,1,carreira,19,carros elétricos,5,carteira,2,cartilha,2,Casa Civil,1,cassação,1,católica,1,CCBC,1,CEB,8,Ceilândia,2,CELEBRAÇÃO,1,celular,6,censura,2,Centro Administrativo,1,charge,2,chocolate,2,Churrasco,2,cidadania,106,Cidades,130,ciência,15,cinema,14,CLDF,69,clima,32,codhab,7,Código de Edificações,4,código de posturas,1,Collor,1,combate à dengue,44,combate ao câncer de próstata,5,combustíveis,14,comemoração,11,comércio,16,Companhia Energética de Brasília,6,Comper,4,comportamento,23,comunicação,5,comunidade,3,comunismo,4,conciliacao,4,concurso,33,condomínio,72,condomínios,16,conic,1,conselho profissional,23,construção civil,38,construtoras,5,consulta pública,15,consumidor,27,consumo,10,conta,8,contabilidade,1,contribuição sindical,6,convênio,3,CONVITE,32,cop28,6,copa2014,1,corpus Christi,1,Correio Braziliense,1,corrida eleitoral,34,corrupção,40,CPI,1,crianças em casa,6,Criptoativos,1,crise,16,crise hídrica,16,Cuidar e Amparar,1,culinária,1,cultura,129,curso superior,3,cursos,29,data comemorativa,32,debate,3,Defesa,10,democracia,7,dengue,13,Deputado Distrital,15,Deputado Federal,16,DER-DF,6,Desenvolvimento Pessoal,3,desmatamento,4,despesas,1,Destaque,10,Detran,40,DFTrans,6,Dia do micro e pequeno empresário,1,dia do síndico,5,Dia do Trabalhador,2,Dia dos Namorados,5,dia mundial da água,10,DIA NACIONAL,1,Diálogos com a Juventude,1,dicas,2,Dilma,5,dinheiro,17,diploma,1,direita,2,direito,65,Direito do Consumidor,4,Direitos Humanos,22,Distrito Federal,106,ditadura militar,6,dívidas,20,documento,7,Dona Sarah Kubitschek,1,drogas,4,ecologia,8,economia,378,economistas,3,Edital,6,EDITAL DE CONVOCAÇÃO,2,Eduardo Campos,1,educa,1,educação,264,eleições,172,Eleições 2022,144,eleitor,15,eletricidade,12,elevadores,8,Embaixadas,6,empreendedorismo,47,empreender,13,empregado,12,empregos,73,empresas,103,energia,81,engenharia,117,EnSínAC,14,ENTENDER CONDOMÍNIO,2,entorno,43,entretenimento,29,Escola de Síndicos,33,escorpião,1,ESG,1,ESPECIAL,1,espionagem,2,esporte,73,estatuto,2,estilo de vida,3,estradas,9,Estudar no Exterior,2,evasão de divisas,1,evento,149,Eventos,9,exercícios,3,exportação,20,falecimento,5,família,1,Fan Fest,1,Faz Aniversário,1,Fé,2,fecomércio,1,feminismo,1,FENACOM,1,feriados,3,Fernando Henrique Cardoso,1,festas juninas,2,FHC,2,FIEG,23,FIFA,1,fim de ano,7,fim de semana,1,finanças,38,finanças pessoais,70,Fipecafi,1,fiscal,1,fogo,1,fort atacadista,2,frente parlamentar,1,futebol,18,Galeteria Beira Lago,1,gás,13,gastronomia,41,GDF,232,geologia,1,Geriatria,1,Gerontologia,1,gestão condominial,7,Gilvan Máximo,1,Gim,1,Goiás,340,golpe,23,golpismo,10,Governador,51,Governo,114,greve,7,Grupo M4,1,Grupo Pereira,2,guerra,17,habitação,69,HEF,2,HEL,1,HESLMB,1,Hetrin,1,HOLANDA,1,homenagem,7,homocentro,1,HSBC,1,humor,2,IBGE,6,IBRAM,3,Idoso,8,IFG,1,igreja,2,IMED,2,imoveis,5,imóveis,93,impeachment,4,impostos,88,inadimplência,6,incc,1,incêndio,13,indígena,1,indústria,61,inelegibilidade,3,Informação,32,informática,1,ingressos,1,inovação,61,INSCRIÇÃO AQUI,1,inspeção,1,inspeção predial,5,INSS,2,internacional,31,internet,78,inverno,1,iptu,1,ipva,7,itormann,1,Joaquim Barbosa,1,Jogos Eletrônicos,1,Jornalismo,83,Juarezão,1,justiça,179,juventude,4,Lançamento,1,lazer,36,Legislação,7,lei,18,LGPD,6,licitação,14,livro,18,loteria,2,Lúcia Amorim de Brito,1,Lula,19,machismo,1,manifestação,1,manutenção,11,Maranhão,1,Márcio Antonelo,1,Marconi Perillo,1,marketing,8,material de construção,1,MCB,101,MCIT,2,MCTI,2,medicamentos,2,medicina,17,MEI,1,meio-ambiente,74,melhor idade,1,mensalão do DEM,1,mercado,50,mercosul,2,mesa do Natal,1,meteorologia,2,microgeração,8,Microsoft,1,mídia,12,militar,8,Minas Gerais,3,mineração,11,ministério,6,Ministério Publico,4,Miriam Belchior,1,Mobilidade,11,mobilidade urbana,24,moda,6,Monitoramento,2,mst,3,Mulheres,82,Mulheres na Política,10,multa,6,mundo,134,Mundo dos Filtros,1,município,12,Natal,12,Natal do Milhão,1,Negócios,16,Neoenergia,6,neurociência,2,neuromarketing,2,NEWS,1,Nobratta,1,normas,13,NOTICIAS,1057,NOTÍCIAS,20,notificação,1,novacap,3,Novembro Azul,1,nutrição,1,obras,111,ocupe o centro,1,opinião,141,Oportunidade,3,orçamento,12,ORDEM DE SERVIÇO,1,Pacto por Brasília,1,PAÍSES BAIXOS,1,pandemia,78,Parceiro do Ano,1,Parque da Cidade,5,Partidos Políticos,52,Paulo Dubois,2,Paulo Octávio,1,Paulo Roque,4,PCdoB,2,PDSK,5,Perpétua Almeida,1,Perse,1,perseguidos políticos,1,pesca,11,pesquisa,23,petrobras,13,petróleo,16,PL,26,playground,2,pmdb,1,podcast,1,polícia,74,POLÍCIA FEDERAL,1,Política,306,população,2,Porto Alegre,3,postos de saúde,16,prefeito,5,prefeitura,9,Premiação,20,presidência da república,10,presidenta,1,presidente,21,previdência,3,privatização,1,Procon,2,profissional,28,profissões,8,Projeto de Lei,74,pronunciamento,2,propaganda política,5,propina,1,Prosperi,1,PSD,1,PSDB,6,psicologia,4,pt,2,qualificação,30,rádio,2,recicláveis,1,reforma,7,reforma agrária,4,reforma política,10,reforma tributária,29,reformas,9,registro,4,regras de convivência,14,REI WILLEM-ALEXANDER,1,RELAÇÃO BILATERAL,1,relacionamento,5,religião,16,revitalização,1,Ricardo Izar,1,Ricardo Lustosa,1,rio,25,Rio de Janeiro,1,Roberto Santiago,1,rock,3,rodovias,2,Rondônia,1,Roosevelt,1,Rousseff,2,Sandra Faraj,1,saneamento,7,São Paulo,17,Sarah Kubitscheck,1,saúde,512,sedhab,2,segeth,1,segurança,112,seguro,10,selo de qualidade,2,senado federal,22,serviço social,7,serviços técnicos,10,servidor público,4,sesc,3,setor elétrico,24,setor energético,25,setor produtivo,34,sia / guará,14,sindicatos,19,síndico,125,síndicos,9,SLU,6,smartphone,3,socialismo,1,solar,8,Solidariedade,26,sonegação,10,sorteio de casas,1,STF,27,subsíndico,1,Supermercados,1,Supremo,2,sustentabilidade,68,tarifas,26,taxa,8,TBR,1,Teams Ideas,1,técnico,17,técnicos industriais,7,tecnologia,149,telecomunicação,18,tempo,12,tendência política,79,Terceira Idade,1,trabalhador,81,Trabalho,28,transito,5,trânsito,37,transporte,7,transporte coletivo,47,transportes,29,Trocando ideias entre Síndicos,2,TSE,59,turismo,61,TV,11,UDN,1,Universidades,2,utilidade pública,6,Utilidades de casa,2,vacina,34,Vai dar Roque,1,Valparaíso de Goiás,13,Vida de Solteiro,1,Vida longa,1,video,14,vinho,2,vistoria,1,Viver no Exterior,1,votação,3,WhatsApp,4,zelador,1,
ltr
item
Atualidade Política: Sérgio Moro: Um zumbi no Congresso Nacional
Sérgio Moro: Um zumbi no Congresso Nacional
Ascendido ao status de cruzado anticorupção, Sérgio Moro acabou condenado a vagar como forasteiro político, rejeitado pelos mesmos que o enalteceram.
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEj_ufhb7CqZppHjTGeb4QPpZhMBPd5WbRQ-CVaVS-D5f560LnV8u7Vz_qpLIL3JYoOGjzu1HaAPgjVKxYXhzjgb-a9dJ4FM5iX8xb4vChVmZnx3rLMdfOgEzsy3ohGOk91HhrCUi8shhqOQ_zQoRfmZCjH2FMOoxp9Y6xa6hBVRHWYsHs2ChEeexQT3HKA/s16000/ex-juiz-golpista-sergio-moro.jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEj_ufhb7CqZppHjTGeb4QPpZhMBPd5WbRQ-CVaVS-D5f560LnV8u7Vz_qpLIL3JYoOGjzu1HaAPgjVKxYXhzjgb-a9dJ4FM5iX8xb4vChVmZnx3rLMdfOgEzsy3ohGOk91HhrCUi8shhqOQ_zQoRfmZCjH2FMOoxp9Y6xa6hBVRHWYsHs2ChEeexQT3HKA/s72-c/ex-juiz-golpista-sergio-moro.jpg
Atualidade Política
http://www.atualidadepolitica.com.br/2024/04/sergio-moro-um-futuro-incerto-no.html
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/2024/04/sergio-moro-um-futuro-incerto-no.html
true
440335298870425399
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver todos Ler mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início Pág. POSTS Ver tudo Relacionadas Tópico Arquivo BUSCAR Todos Nenhuma resposta para a busca Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora há 1 minuto há $$1$$ minutos há 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar tudo Selecionar tudo Todos códigos copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário