MTEC Energia

Para onde fugir no caso de uma 3ª Guerra Mundial?

Alguns países são mais seguros devido à sua geografia e outras características geopolíticas Créditos: divulgação Enquanto Rússia e Ucrânia s...

Alguns países são mais seguros devido à sua geografia e outras características geopolíticas


Créditos: divulgação


Enquanto Rússia e Ucrânia seguem em guerra no leste europeu, o Oriente Médio parece estar entrando em ebulição, com vários focos de conflito distribuídos  por diversos países da região. Alguns especialistas defendem que este período da história já pode ser considerado como a 3.ª Guerra Mundial. Se for esse o caso, quais países seriam os mais seguros para fugir da guerra?

De acordo com o coordenador do curso de Comércio Exterior e do Observatório Global da Universidade Positivo (UP), João Alfredo Lopes Nyegray, o termo “guerra mundial” refere-se a conflitos a partir do alcance global e escala desses eventos. “É importante notar que o conceito de guerra mundial, seja para a Primeira Guerra, entre 1914 e 1918, seja para a Segunda, entre 1939 e 1945, não foi amplamente adotado até que esses conflitos já estivessem em andamento há algum tempo e sua dimensão global fosse evidente, tanto para  observadores internacionais quanto em relação aos seus efeitos”, analisa. Por exemplo, na Segunda Guerra Mundial, o  termo começou a ser utilizado na metade do conflito, quando já havia reflexos na Ásia e na África, e até mesmo países da América estavam envolvidos no confronto.

Com um mundo muito mais globalizado, a tendência é que as consequências de uma 3.ª Guerra Mundial se estendam para muito além do front, com impactos na economia e até mesmo na distribuição de alimentos e energia de diversos países. Por isso, para escolher os países mais seguros, é preciso levar diversos fatores em consideração. “Quando você tem, por exemplo, o lançamento de bombas nucleares em uma determinada região, a fumaça nuclear pode fazer com que o sol seja bloqueado, atingindo não apenas o país bombardeado, mas uma série de outros países costeiros ou fronteiriços”, explica Nyegray. E esse é apenas um exemplo dos efeitos sobre as nações.

Argentina

Bem ao lado do Brasil, a Argentina é um dos países que podem ser considerados mais seguros no caso de um conflito mundial. Isso porque ali se plantam algumas culturas muito resistentes, como o trigo, o que é fundamental quando se está tentando sobreviver aos efeitos de uma guerra sobre o acesso à alimentação.

Chile

Outro país da América do Sul que pode ser uma boa opção por motivos semelhantes aos da Argentina. “O Chile tem uma série de culturas agrícolas e recursos naturais variados que são muito úteis. Além disso, tem também a Cordilheira dos Andes, que poderia servir como barreira para eventuais poeiras nucleares, no caso de algum país próximo ser bombardeado”, pontua o especialista. 

Butão

Já muito distante das fronteiras brasileiras, essa pequena nação da Ásia é cercada por montanhas e ocupa posições elevadas no atual índice de paz global. O país não tem litoral e está em uma região montanhosa, o que dificultaria ataques.

Ilhas Fiji

“Uma outra possibilidade seriam as ilhas Fiji, que é uma nação insular no Oceano Pacífico, a mais de 4 mil quilômetros de qualquer país. Trata-se de um arquipélago com florestas densas e recursos abundantes de peixes e minerais”, detalha. 

África do Sul

A África do Sul é um país considerado muito rico geograficamente, o que poderia ser de grande vantagem no caso de um conflito mundial.

Groenlândia e Islândia

Isoladas de todos os outros países pelo simples fato de que são ilhas, a Groenlândia e a Islândia também figuram entre as nações mais seguras.

A paz é a exceção

Nyegray lembra que, embora haja uma série de mecanismos e organizações internacionais voltados à preservação da paz, ela não está realmente garantida neste século XXI. “Historicamente, a paz e a democracia se mostraram exceções, não a regra. A história humana registra muitas épocas de conflitos simultâneos, como o que vivenciamos atualmente.” Ele cita como exemplo o  período entre as duas guerras mundiais, marcado por eventos como a Revolução Russa, a Guerra Civil Chinesa, a Guerra Greco-Turca e a Guerra do Chaco. “E, durante a  Guerra Fria, houve muitas rivalidades regionais, entre elas o confronto indireto entre Estados Unidos e União Soviética, que acabou culminando nas guerras da Coreia e do Vietnã, na Guerra Civil da Guatemala e de Angola. Embora regionais, esses conflitos faziam parte de um contexto global mais amplo”, completa.

COMENTAR

TÉCNICO INDUSTRIAL$type=complex$count=8$l=0$cm=0$rm=0$d=0$host=https://www.etormann.tk

Nome

abnt,25,Ação social,27,acessibilidade,4,acidente de trabalho,4,Acolhimento,1,administração,19,Aerolula,1,agricultura,25,agro,169,agroindústria,6,agronegócio,34,água,35,águas claras,2,Aldo Rebelo,1,alianças,1,alimentação,21,Ambulatório,1,Amor Cantado,1,aneel,5,animais,21,Aniversário,5,antissocial,3,anvisa,1,aposentdos,2,aposta,5,ar condicionado,15,Arlete Sampaio,1,arquitetura,18,Arruda,1,arte,18,artigo,39,Assistência social,7,ASSOCIE-SE,14,assosindicos,147,atacarejo,1,ateu,2,ativismo,9,ATUALIDADE POLÍTICA,784,automobilsmo,4,aviação,8,Banco Regional de Brasília,5,BCB,2,beleza,1,biocombustíveis,10,biscoito,1,bolacha,1,Bolsa Família,1,Brasil,24,Brasília,40,BRB,28,brics,5,caesb,12,café,4,câmeras,2,CAMPANHA DO AGASALHO,1,campanha eleitoral,20,Canadá,1,câncer,13,candidatura,5,Carnaval,19,carne suína,1,carreira,18,carros elétricos,5,carteira,2,cartilha,2,Casa Civil,1,cassação,1,católica,1,CCBC,1,CEB,8,Ceilândia,2,celular,6,censura,2,Centro Administrativo,1,charge,2,chocolate,2,Churrasco,2,cidadania,101,Cidades,114,ciência,14,cinema,14,CLDF,66,clima,23,codhab,6,Código de Edificações,4,código de posturas,1,Collor,1,combate à dengue,42,combate ao câncer de próstata,5,combustíveis,14,comemoração,11,comércio,16,Companhia Energética de Brasília,6,Comper,4,comportamento,23,comunicação,5,comunidade,3,comunismo,4,conciliacao,4,concurso,32,condomínio,72,condomínios,15,conic,1,conselho profissional,23,construção civil,38,construtoras,5,consulta pública,12,consumidor,26,consumo,10,conta,8,contribuição sindical,6,convênio,3,CONVITE,32,cop28,6,copa2014,1,corpus Christi,1,Correio Braziliense,1,corrida eleitoral,33,corrupção,40,CPI,1,crianças em casa,6,Criptoativos,1,crise,16,crise hídrica,16,Cuidar e Amparar,1,culinária,1,cultura,122,curso superior,3,cursos,28,data comemorativa,31,debate,3,Defesa,9,democracia,7,dengue,13,Deputado Distrital,13,Deputado Federal,16,DER-DF,5,Desenvolvimento Pessoal,3,desmatamento,4,despesas,1,Detran,39,DFTrans,6,Dia do micro e pequeno empresário,1,dia do síndico,5,Dia dos Namorados,5,dia mundial da água,10,Diálogos com a Juventude,1,dicas,2,Dilma,5,dinheiro,17,diploma,1,direita,2,direito,64,Direito do Consumidor,4,Direitos Humanos,18,Distrito Federal,99,ditadura militar,6,dívidas,18,documento,5,Dona Sarah Kubitschek,1,drogas,4,ecologia,8,economia,356,economistas,3,Edital,6,EDITAL DE CONVOCAÇÃO,2,Eduardo Campos,1,educa,1,educação,253,eleições,171,Eleições 2022,144,eleitor,13,eletricidade,11,elevadores,8,Embaixadas,5,empreendedorismo,47,empreender,13,empregado,12,empregos,65,empresas,97,energia,80,engenharia,116,EnSínAC,14,ENTENDER CONDOMÍNIO,2,entorno,38,entretenimento,27,Escola de Síndicos,33,escorpião,1,ESG,1,ESPECIAL,1,espionagem,1,esporte,64,estatuto,2,estilo de vida,3,estradas,9,Estudar no Exterior,2,evasão de divisas,1,evento,142,Eventos,9,exercícios,3,exportação,18,falecimento,5,família,1,Fan Fest,1,Faz Aniversário,1,Fé,2,fecomércio,1,feminismo,1,FENACOM,1,feriados,2,Fernando Henrique Cardoso,1,festas juninas,2,FHC,2,FIEG,21,FIFA,1,fim de ano,7,fim de semana,1,finanças,35,finanças pessoais,66,Fipecafi,1,fogo,1,fort atacadista,2,frente parlamentar,1,futebol,17,Galeteria Beira Lago,1,gás,12,gastronomia,41,GDF,227,geologia,1,Geriatria,1,Gerontologia,1,gestão condominial,7,Gilvan Máximo,1,Gim,1,Goiás,326,golpe,22,golpismo,10,Governador,51,Governo,106,greve,6,Grupo Pereira,1,guerra,17,habitação,64,HEF,2,HEL,1,HESLMB,1,Hetrin,1,homenagem,7,HSBC,1,humor,2,IBGE,5,IBRAM,3,Idoso,7,IFG,1,igreja,2,IMED,2,imoveis,5,imóveis,90,impeachment,4,impostos,83,inadimplência,6,incc,1,incêndio,12,indígena,1,indústria,58,inelegibilidade,3,Informação,29,informática,1,ingressos,1,inovação,59,INSCRIÇÃO AQUI,1,inspeção,1,inspeção predial,5,INSS,1,internacional,30,internet,73,inverno,1,iptu,1,ipva,7,itormann,1,Joaquim Barbosa,1,Jogos Eletrônicos,1,Jornalismo,83,Juarezão,1,justiça,166,juventude,4,Lançamento,1,lazer,33,Legislação,7,lei,17,LGPD,6,licitação,14,livro,18,loteria,2,Lúcia Amorim de Brito,1,Lula,18,machismo,1,manifestação,1,manutenção,11,Maranhão,1,Márcio Antonelo,1,Marconi Perillo,1,marketing,8,material de construção,1,MCB,101,MCIT,2,MCTI,2,medicamentos,2,medicina,17,MEI,1,meio-ambiente,57,melhor idade,1,mensalão do DEM,1,mercado,49,mercosul,2,mesa do Natal,1,meteorologia,2,microgeração,8,Microsoft,1,mídia,12,militar,8,Minas Gerais,3,mineração,11,ministério,6,Ministério Publico,4,Miriam Belchior,1,Mobilidade,11,mobilidade urbana,24,moda,6,Monitoramento,2,mst,3,Mulheres,78,Mulheres na Política,10,multa,6,mundo,134,Mundo dos Filtros,1,município,12,Natal,12,Natal do Milhão,1,Negócios,16,Neoenergia,6,neurociência,2,neuromarketing,2,Nobratta,1,normas,12,NOTICIAS,1057,notificação,1,novacap,2,Novembro Azul,1,nutrição,1,obras,107,ocupe o centro,1,opinião,137,Oportunidade,3,orçamento,9,ORDEM DE SERVIÇO,1,Pacto por Brasília,1,pandemia,78,Parceiro do Ano,1,Parque da Cidade,5,Partidos Políticos,52,Paulo Dubois,2,Paulo Octávio,1,Paulo Roque,4,PCdoB,2,PDSK,4,Perpétua Almeida,1,Perse,1,perseguidos políticos,1,pesca,10,pesquisa,23,petrobras,12,petróleo,16,PL,26,playground,2,pmdb,1,podcast,1,polícia,67,POLÍCIA FEDERAL,1,Política,300,população,2,Porto Alegre,2,postos de saúde,15,prefeito,5,prefeitura,9,Premiação,20,presidência da república,10,presidenta,1,presidente,21,previdência,2,privatização,1,Procon,2,profissional,28,profissões,8,Projeto de Lei,74,pronunciamento,2,propaganda política,5,propina,1,Prosperi,1,PSD,1,PSDB,6,psicologia,4,pt,2,qualificação,29,rádio,2,reforma,7,reforma agrária,3,reforma política,10,reforma tributária,26,reformas,9,registro,4,regras de convivência,14,relacionamento,5,religião,16,revitalização,1,Ricardo Izar,1,Ricardo Lustosa,1,rio,25,Rio de Janeiro,1,Roberto Santiago,1,rock,3,rodovias,2,Rondônia,1,Roosevelt,1,Rousseff,2,Sandra Faraj,1,saneamento,7,São Paulo,17,Sarah Kubitscheck,1,saúde,487,sedhab,2,segeth,1,segurança,110,seguro,9,selo de qualidade,2,senado federal,20,serviço social,7,serviços técnicos,10,servidor público,4,sesc,3,setor elétrico,23,setor energético,25,setor produtivo,32,sia / guará,14,sindicatos,17,síndico,125,síndicos,9,SLU,5,smartphone,3,socialismo,1,solar,8,Solidariedade,17,sonegação,10,sorteio de casas,1,STF,24,subsíndico,1,Supermercados,1,Supremo,2,sustentabilidade,66,tarifas,24,taxa,8,Teams Ideas,1,técnico,16,técnicos industriais,6,tecnologia,144,telecomunicação,14,tempo,12,tendência política,79,Terceira Idade,1,trabalhador,75,Trabalho,26,transito,5,trânsito,35,transporte,6,transporte coletivo,46,transportes,29,Trocando ideias entre Síndicos,2,TSE,56,turismo,58,TV,9,UDN,1,Universidades,2,utilidade pública,6,Utilidades de casa,2,vacina,28,Vai dar Roque,1,Valparaíso de Goiás,13,Vida de Solteiro,1,Vida longa,1,video,14,vinho,2,vistoria,1,Viver no Exterior,1,votação,3,WhatsApp,4,zelador,1,
ltr
item
Atualidade Política: Para onde fugir no caso de uma 3ª Guerra Mundial?
Para onde fugir no caso de uma 3ª Guerra Mundial?
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgAmViRBbPPppHp_T0t4WUsDQ6uVMKh-4jzkdAUcfg8EqYU9jYD84CbqoEqWqOaFBHqmd9XDrkddx4_4bwCFPDNfxKZAd6M0xyoPUYgHPGCUO8MUrBoMoJUfSY95gdMu3ECOeIeJvuDmOzKh3FnoAKqiYIMp-8robqIy-AVHG92nIBmh1s3-uAdUulRnEU/s320/concrete-bunker-from-world-war-ii-sekule-slovaki-2023-11-27-04-54-26-utc.jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgAmViRBbPPppHp_T0t4WUsDQ6uVMKh-4jzkdAUcfg8EqYU9jYD84CbqoEqWqOaFBHqmd9XDrkddx4_4bwCFPDNfxKZAd6M0xyoPUYgHPGCUO8MUrBoMoJUfSY95gdMu3ECOeIeJvuDmOzKh3FnoAKqiYIMp-8robqIy-AVHG92nIBmh1s3-uAdUulRnEU/s72-c/concrete-bunker-from-world-war-ii-sekule-slovaki-2023-11-27-04-54-26-utc.jpg
Atualidade Política
http://www.atualidadepolitica.com.br/2024/03/para-onde-fugir-no-caso-de-uma-3-guerra.html
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/2024/03/para-onde-fugir-no-caso-de-uma-3-guerra.html
true
440335298870425399
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver todos Ler mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início Pág. POSTS Ver tudo Relacionadas Tópico Arquivo BUSCAR Todos Nenhuma resposta para a busca Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora há 1 minuto há $$1$$ minutos há 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar tudo Selecionar tudo Todos códigos copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário