Opinião: Petróleo para que te quero

Alysson Diógenes* - Foto / Divulgação

Alysson Diógenes


No mês de julho, o governo federal anunciou o fim da paridade dos preços dos combustíveis. Essa notícia é mais velha do que andar para a frente, uma vez que esse tipo de política já foi adotado sem sucesso durante o governo Dilma, quase levando a Petrobras à falência. Se errar é humano e repetir o erro é uma aberração de determinados governos, algumas perguntas ficam no ar. Pela ordem:

Qual é o problema de vender abaixo do mercado internacional? O problema é que o Brasil importa quase todos os insumos da cadeia petrolífera, desde o próprio petróleo até combustíveis como óleo Diesel e gasolina. A Petrobras não tem refinarias com capacidade suficiente para atender à demanda nacional, fazendo que seja necessário importar. Quando a Petrobras vende seus produtos no mercado nacional com preços abaixo dos praticados no mercado internacional, a empresa tem prejuízo.

Mas o Brasil não é autossuficiente na produção de petróleo? Mais ou menos. Em 2006, o então presidente Lula anunciou que o Brasil era autossuficiente na produção de petróleo, mas nunca foi bem assim. Há vários tipos de petróleo, classificados principalmente por sua viscosidade, no chamado grau API. Para refinar todos os produtos derivados do petróleo, desde combustíveis até plásticos e asfalto, é necessária uma mistura de petróleos com alto grau API (finos, semelhantes a óleo de cozinha) e baixo grau API (grossos, como piche). Embora o Brasil tenha grandes reservas de petróleo, a maior parte é do tipo grosso e, para refinar, a Petrobras ainda precisa importar petróleo fino para atender às necessidades de refino. Claro, o Brasil exporta petróleo grosso, pois outros países também precisam dele. Mas nunca foi possível deixar de importar petróleo fino.

Mas a Petrobras não é uma estatal? Qual é o problema de ela segurar os preços? Trata-se de uma empresa de economia mista, ou seja, uma combinação de capital público e privado. A parte privada da empresa busca lucro (o que é bom). Afinal, ninguém investe com o desejo de ter prejuízo. Mesmo a parte estatal não é afeita ao prejuízo, pois o dinheiro para cobrir esse prejuízo deve vir do governo federal, o que implicaria em aumentos de impostos. Ninguém gosta disso.

E não dá para baixar o preço do petróleo internacional? Claro que dá, desde que os grandes produtores assim o resolvam. Hoje, esse grupo de países é composto por nações como a Arábia Saudita, Irã, Kuwait, Venezuela, entre outros. A Rússia também tem se incluído. Esses países decidem quantos barris de petróleo serão produzidos e disponibilizados no mercado internacional, que tem uma demanda crescente. Um dos princípios econômicos mais antigos determina o preço: oferta e procura. Para baixar o preço internacional, esses países precisam concordar em aumentar sua produção. Não parece que isso vai acontecer.

Então, teremos que conviver com preços altos para gasolina e Diesel? Sim, pelo menos a curto prazo. Na verdade, esses preços deveriam estar ainda mais elevados do que estão agora. Recentemente, a Rússia e a Arábia Saudita acordaram em reduzir a oferta, o que elevou o preço nas últimas semanas. Não há previsão de baixa. Vários países propõem soluções paliativas, sendo algumas delas velhas conhecidas nossas, como isenções fiscais. Mas são apenas paliativas. Para o Brasil ter alguma liberdade nos preços, seria essencial construir novas refinarias, aumentar a produção e investir em novas tecnologias. Nada a curto prazo.

Infelizmente, caro leitor, devido aos anos de má gestão e à ausência de investimentos adequados em quantidade e qualidade suficientes, a notícia de hoje é, sim, estamos sujeitos à dependência do mercado internacional e a preços altos para os combustíveis.

*Alysson Nunes Diógenes, engenheiro eletricista, doutor em Engenharia Mecânica, é professor do Mestrado e Doutorado em Gestão Ambiental da Universidade Positivo (UP).

COMENTAR

TÉCNICO INDUSTRIAL$type=complex$count=8$l=0$cm=0$rm=0$d=0$host=https://www.etormann.tk

Nome

abnt,25,Ação social,10,acessibilidade,3,acidente de trabalho,4,Acolhimento,1,administração,18,Aerolula,1,agricultura,7,agro,58,agronegócio,27,água,24,águas claras,1,Aldo Rebelo,1,alianças,1,alimentação,5,Ambulatório,1,Amor Cantado,1,aneel,5,animais,12,Aniversário,3,antissocial,3,anvisa,1,aposta,1,ar condicionado,15,Arlete Sampaio,1,arquitetura,15,Arruda,1,arte,9,artigo,39,Assistência social,1,ASSOCIE-SE,14,assosindicos,148,atacarejo,1,ateu,2,ativismo,9,ATUALIDADE POLÍTICA,692,automobilsmo,3,aviação,3,Banco Regional de Brasília,5,beleza,1,biocombustíveis,4,biscoito,1,bolacha,1,Bolsa Família,1,Brasil,24,Brasília,39,BRB,24,brics,5,caesb,11,café,1,câmeras,2,CAMPANHA DO AGASALHO,1,campanha eleitoral,18,Canadá,1,câncer,10,candidatura,5,Carnaval,10,carne suína,1,carreira,17,carros elétricos,1,carteira,2,cartilha,2,Casa Civil,1,cassação,1,católica,1,CCBC,1,CEB,8,Ceilândia,2,celular,3,censura,2,Centro Administrativo,1,charge,2,chocolate,1,Churrasco,2,cidadania,85,Cidades,91,ciência,7,cinema,12,CLDF,56,clima,12,codhab,4,Código de Edificações,4,código de posturas,1,Collor,1,combate à dengue,5,combate ao câncer de próstata,5,combustíveis,9,comemoração,7,comércio,7,Companhia Energética de Brasília,6,Comper,4,comportamento,21,comunicação,2,comunidade,2,comunismo,4,conciliacao,4,concurso,10,condomínio,72,condomínios,10,conic,1,conselho profissional,17,construção civil,32,construtoras,5,consulta pública,9,consumidor,20,consumo,9,conta,7,contribuição sindical,5,convênio,3,CONVITE,32,cop28,5,copa2014,1,corpus Christi,1,Correio Braziliense,1,corrida eleitoral,33,corrupção,38,CPI,1,crianças em casa,3,Criptoativos,1,crise,15,crise hídrica,10,Cuidar e Amparar,1,cultura,86,curso superior,3,cursos,23,data comemorativa,28,debate,3,Defesa,8,democracia,3,dengue,6,Deputado Distrital,10,Deputado Federal,16,DER-DF,4,Desenvolvimento Pessoal,2,desmatamento,3,despesas,1,Detran,29,DFTrans,6,Dia do micro e pequeno empresário,1,dia do síndico,5,Dia dos Namorados,5,dia mundial da água,2,Diálogos com a Juventude,1,dicas,2,Dilma,5,dinheiro,15,diploma,1,direita,2,direito,57,Direito do Consumidor,3,Direitos Humanos,1,Distrito Federal,40,ditadura militar,4,dívidas,13,documento,4,Dona Sarah Kubitschek,1,drogas,2,ecologia,5,economia,210,economistas,1,Edital,3,EDITAL DE CONVOCAÇÃO,2,Eduardo Campos,1,educação,185,eleições,164,Eleições 2022,143,eleitor,11,eletricidade,11,elevadores,6,Embaixadas,5,empreendedorismo,45,empreender,11,empregado,10,emprego,33,empregos,4,empresas,69,energia,69,engenharia,105,EnSínAC,14,ENTENDER CONDOMÍNIO,2,entorno,24,entretenimento,29,Escola de Síndicos,33,ESG,1,ESPECIAL,1,espionagem,1,esporte,50,estatuto,2,estilo de vida,3,estradas,1,Estudar no Exterior,1,evasão de divisas,1,evento,121,Eventos,8,exercícios,3,falecimento,2,família,1,Fan Fest,1,Faz Aniversário,1,Fé,2,feminismo,1,FENACOM,1,Fernando Henrique Cardoso,1,festas juninas,2,FHC,2,FIEG,12,FIFA,1,fim de ano,3,fim de semana,1,finanças,23,finanças pessoais,49,Fipecafi,1,fogo,1,fort atacadista,2,frente parlamentar,1,futebol,13,Galeteria Beira Lago,1,gás,6,gastronomia,48,GDF,209,Geriatria,1,Gerontologia,1,gestão condominial,6,Goiás,219,golpe,19,golpismo,8,Governador,50,Governo,96,greve,4,Grupo Pereira,1,guerra,15,habitação,29,HEF,2,HEL,1,HESLMB,1,Hetrin,1,homenagem,4,HSBC,1,humor,2,IBRAM,2,Idoso,5,IFG,1,igreja,2,IMED,2,imoveis,5,imóveis,72,impeachment,4,impostos,57,inadimplência,4,incêndio,9,indígena,1,indústria,30,inelegibilidade,3,INFORMAÇÃO,26,informática,1,ingressos,1,inovação,46,INSCRIÇÃO AQUI,1,inspeção,1,inspeção predial,5,INSS,1,internacional,21,internet,58,inverno,1,iptu,1,ipva,3,itormann,1,Joaquim Barbosa,1,Jornalismo,77,Juarezão,1,justiça,110,juventude,4,Lançamento,1,lazer,24,Legislação,3,lei,9,LGPD,5,livro,12,loteria,1,Lúcia Amorim de Brito,1,Lula,18,machismo,1,manutenção,10,Maranhão,1,Márcio Antonelo,1,Marconi Perillo,1,marketing,6,material de construção,1,MCB,101,MCIT,2,MCTI,2,medicina,9,meio-ambiente,19,melhor idade,1,mensalão do DEM,1,mercado,46,mercosul,1,mesa do Natal,1,meteorologia,2,microgeração,7,Microsoft,1,mídia,10,militar,6,Minas Gerais,3,mineração,6,ministério,6,Ministério Publico,4,Miriam Belchior,1,Mobilidade,9,mobilidade urbana,22,moda,6,Monitoramento,1,Mulher,19,Mulheres,37,Mulheres na Política,9,multa,4,mundo,132,Mundo dos Filtros,1,município,11,Natal,5,Natal do Milhão,1,Negócios,12,Neoenergia,4,neurociência,2,neuromarketing,2,Nobratta,1,normas,12,NOTICIAS,1060,notificação,1,Novembro Azul,1,nutrição,1,obras,81,ocupe o centro,1,opinião,127,Oportunidade,3,orçamento,7,ORDEM DE SERVIÇO,1,Pacto por Brasília,1,pandemia,78,Parceiro do Ano,1,Parque da Cidade,5,Partidos Políticos,49,Paulo Dubois,2,Paulo Octávio,1,Paulo Roque,4,PCdoB,2,PDSK,4,Perpétua Almeida,1,Perse,1,perseguidos políticos,1,pesquisa,13,petrobras,3,petróleo,12,PL,25,playground,2,pmdb,1,podcast,1,polícia,28,Política,268,Porto Alegre,2,postos de saúde,13,prefeito,5,prefeitura,9,Premiação,9,presidência da república,10,presidenta,1,presidente,20,profissional,27,profissões,7,Projeto de Lei,67,pronunciamento,2,propaganda política,5,propina,1,Prosperi,1,PSD,1,PSDB,6,pt,2,qualificação,25,reforma,6,reforma política,10,reforma tributária,18,reformas,8,registro,4,regras de convivência,13,relacionamento,5,religião,13,revitalização,1,Ricardo Izar,1,Ricardo Lustosa,1,rio,25,Rio de Janeiro,1,Roberto Santiago,1,rock,2,rodovias,1,Rondônia,1,Rousseff,2,Sandra Faraj,1,São Paulo,10,Sarah Kubitscheck,1,saúde,373,sedhab,2,segeth,1,segurança,87,seguro,7,selo de qualidade,2,senado federal,20,serviço social,3,serviços técnicos,10,servidor público,2,sesc,1,setor elétrico,15,setor energético,11,setor produtivo,5,sia / guará,14,sindicatos,16,síndico,124,síndicos,7,SLU,1,smartphone,3,socialismo,1,solar,3,SOLIDARIEDADE,10,sonegação,2,sorteio de casas,1,STF,17,subsíndico,1,Supermercados,1,Supremo,2,sustentabilidade,48,tarifas,20,taxa,7,Teams Ideas,1,técnico,14,técnicos industriais,3,tecnologia,120,telecomunicação,9,tempo,5,tendência política,79,Terceira Idade,1,trabalhador,65,Trabalho,15,transito,4,trânsito,26,transporte,1,transporte coletivo,32,transportes,16,Trocando ideias entre Síndicos,2,TSE,52,turismo,28,TV,5,UDN,1,Universidades,1,utilidade pública,6,Utilidades de casa,1,vacina,8,Vai dar Roque,1,Valparaíso de Goiás,9,Vida de Solteiro,1,Vida longa,1,video,14,vinho,2,vistoria,1,Viver no Exterior,1,votação,3,WhatsApp,4,zelador,1,
ltr
item
Atualidade Política: Opinião: Petróleo para que te quero
Opinião: Petróleo para que te quero
Alysson Diógenes* - Foto / Divulgação
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiUrUy1u-AXXdJdL5AlMPeFsoseaqgK_-VjzliTMGbbDxZRvDMfUGplypOB8G2pyScf9ZcR05xfs4mMJRDzU_1lspJVHpflA6KKfFSd6DwRmISslASAutJJIRG-ckGHksZZT8eDzqt6U9x136InR23uyIY-y2opGkQ6cVfv8tzYF6VIRsgstidkLpPNtlYI/s16000/Alysson-Nunes-Diogenes.jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiUrUy1u-AXXdJdL5AlMPeFsoseaqgK_-VjzliTMGbbDxZRvDMfUGplypOB8G2pyScf9ZcR05xfs4mMJRDzU_1lspJVHpflA6KKfFSd6DwRmISslASAutJJIRG-ckGHksZZT8eDzqt6U9x136InR23uyIY-y2opGkQ6cVfv8tzYF6VIRsgstidkLpPNtlYI/s72-c/Alysson-Nunes-Diogenes.jpg
Atualidade Política
http://www.atualidadepolitica.com.br/2023/09/opiniao-petroleo-para-que-te-quero.html
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/2023/09/opiniao-petroleo-para-que-te-quero.html
true
440335298870425399
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver todos Ler mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início Pág. POSTS Ver tudo Relacionadas Tópico Arquivo BUSCAR Todos Nenhuma resposta para a busca Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora há 1 minuto há $$1$$ minutos há 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar tudo Selecionar tudo Todos códigos copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário