MTEC Energia

De supérfluo a essencial: Luminoctecnia está cada vez mais presente nos projetos residenciais

   Empreendimento Quintessence, em Curitiba (PR) Divulgação A.Yoshii Muito além de iluminar, as lâmpadas complementam a linguagem arquitetôn...

  

Empreendimento Quintessence, em Curitiba (PR)
Divulgação A.Yoshii

Muito além de iluminar, as lâmpadas complementam a linguagem arquitetônica e fazem toda a diferença na hora de compor os ambientes

Projeto de luminotécnica e lighting designer: uma tendência e um profissional que, até então, podem ser pouco conhecidos do público em geral, mas que fazem toda a diferença na hora de compor um ambiente. Com uma função que, além da beleza,  também garante funcionalidade e eficiência, a luminotecnia é um estudo que proporciona melhor luminância e aproveitamento de um local. Além de clarear o ambiente, a iluminação passa a ser decorativa e funcional, servindo para valorizar móveis, promover amplitude ao ambiente, garantir o conforto visual, acuidade, aconchego, bem-estar e estímulos sensoriais. Em outras palavras, as lâmpadas são multifuncionais. 

O projeto luminotécnico é essencial para planejar corretamente a harmonização e decoração dos ambientes residenciais, corporativos e comerciais. “O estudo das luzes evita que o ambiente fique iluminado em excesso ou com pouca iluminação. Com um lighting designer, conseguimos ter melhor aproveitamento do ambiente. Vale lembrar que, assim como a luz, a sombra também é muito valiosa. Com esse jogo de luz e sombra, podemos valorizar objetos, indicar caminhos, atrair o olhar. É fascinante como um bom projeto de luminotecnia pode ser um dos elementos mais importantes da arquitetura e decoração”, explica a arquiteta do Grupo A.Yoshii, Andressa Bassinelli. Além da estética, a luminotécnica auxilia na eficiência energética das lâmpadas, garantindo menos desperdício.

Luz quente, fria, direta, indireta e difusa. O que são?

São muitas as dúvidas quanto aos tipos de lâmpadas e formas de iluminação. A luz quente é aquela que apresenta temperatura de cor mais amarelada, enquanto a luz fria tem temperatura de cor mais branca. Todavia, vale destacar que essas luzes não têm nenhuma relação com temperatura de calor e frio, são apenas sensações visuais. “As temperaturas de cor mais quentes são a 2400K e a 2700K. A neutra tem 3000K e as consideradas frias são acima 4000K. Esses tipos de luzes não têm relação com proporcionar mais ou menos luz em um ambiente, tampouco sua durabilidade. As diferenças de valores das lâmpadas têm relação com a qualidade da fonte luminosa. Não é a potência que determina se uma lâmpada é forte ou fraca, mas sim o fluxo luminoso e o IRC (índice de reprodução de cores). Esta é a medida de correspondência entre a cor real do objeto versus a sua aparência diante da luz. Uma lâmpada com bom IRC é aquela que garante que o olho humano vai perceber as cores reais, assemelhando-se à luz natural do dia”, explica Andressa. 

No que diz respeito à incidência de luz, a iluminação direta é aquela calculada para incidir diretamente nos objetos. Sua melhor utilização é em ambientes que necessitam de acuidade visual, como  espaços de estudo e de trabalho. “Podemos usar a luz direta de forma decorativa como, por exemplo, para destacar uma obra de arte”, complementa. 

A luz indireta, por sua vez, requer uma superfície que promova o rebatimento do fluxo luminoso, garantindo que a luz do ambiente seja fornecida indiretamente. Essa iluminação é mais intimista, garante conforto visual e é indicada para ambientes que não exijam muita percepção visual. Por fim, a iluminação difusa é aquela, na qual a fonte de luz está centralizada no teto do ambiente, garantindo uma iluminação uniforme e ampla. 

Aplicações para ambientes residenciais  

Em um escritório corporativo ou home office, é possível utilizar a luz direta e indireta, dependendo, principalmente, da qual atividade que é realizada naquele ambiente. “Se o usuário trabalha no computador, a luz indireta é ideal por ser mais confortável, evita o ofuscamento e não produz sombra. Mas, se a atividade é manual e de precisão, é imprescindível acrescentar a iluminação de tarefa, como é chamada. Em outras palavras, a luz que incide diretamente sobre o plano de trabalho”, explica Andressa. 

Em ambientes de repouso como quarto e sala de TV, a iluminação de baixa intensidade é ideal. Para esses locais, sugerem-se luzes indiretas ou difusas. “É possível aproveitar elementos como arandelas e abajures que promovem esse aconchego”, complementa a arquiteta. Ainda, é possível em um mesmo ambiente utilizar dois tipos de iluminação distintas. O closet, por exemplo, precisa ter uma luz mais intensa com excelente IRC. 

No coração da casa, a cozinha, o raciocínio é o mesmo do escritório. As bancadas de trabalho e manuseio são pontos de tarefa e devem ser iluminadas com lâmpadas de maior intensidade que não projetam sombra. “A qualidade da luz é muito importante e não tem relação com a cor. Isso é pessoal e selecionamos de acordo com a preferência do morador. Há quem goste da luz mais branca, e quem goste da luz amarelada. Precisamos sempre avaliar a potência da lâmpada no que diz respeito à reprodução de cores e ao fluxo luminoso. Isso que dita a eficiência do projeto”, explica Andressa. Cabe destacar que as residências têm sido cada vez mais integradas, com sala e cozinha amplas dividindo o mesmo espaço. Nestes casos, indica-se a mesma temperatura de cor para todo o ambiente. 

Outro espaço de relevância para luminotecnia são os banheiros que, hoje, exercem algumas funções. Comumente, o banheiro tem fontes de luzes diferentes umas das outras, pois é necessário analisar cada área e tarefa do ambiente. “No espelho, é comum os usuários se maquiarem e barbearem. Nesse ponto, precisamos de uma luz geral indireta ou difusa de cima para baixo e uma luz difusa de frente”, explica. Já no chuveiro ou banheira, uma luz suave para tranquilizar é mais indicada. “Vale lembrar ainda que precisamos pensar na luz noturna que não agrida os olhos quando vamos ao banheiro no meio da noite. Neste caso, indico um balizador ou um ponto de luz bem posicionado, suficientes para não causar desconforto visual”, complementa a arquiteta.

 

Grupo A.Yoshii

Fundado em 1965, o Grupo A.Yoshii já construiu mais de 2 milhões de m² do Sul ao Nordeste do Brasil, entre obras industriais, edifícios corporativos e residenciais, escolas, universidades, teatros e centros esportivos. É composto pela A.Yoshii Engenharia, com sólida atuação em construções de edifícios residenciais e comerciais de alto padrão em Londrina, Maringá, Curitiba e Campinas; pela Yticon Construção e Incorporação, que realiza empreendimentos econômicos, localizados em regiões de potencial valorização em municípios do Paraná e interior de São Paulo; pelo Instituto A.Yoshii, voltado para a inserção social e a democratização cultural; e atua em Obras Corporativas, atendendo a grandes corporações em suas plantas industriais, nos mais variados segmentos da economia, como papel e celulose, alimentício, químico, agronegócio, energia, assim como usinas sucroalcooleiras, centros logísticos, plantas automobilísticas, entre outros. Mais informações: www.ayoshii.com.br.

COMENTAR

TÉCNICO INDUSTRIAL$type=complex$count=8$l=0$cm=0$rm=0$d=0$host=https://www.etormann.tk

Nome

abnt,25,Ação social,32,acessibilidade,4,acidente de trabalho,4,Acolhimento,1,administração,19,Aerolula,1,agricultura,31,agro,197,agroindústria,9,agronegócio,35,água,45,águas claras,2,Aldo Rebelo,1,alianças,1,alimentação,26,Ambulatório,1,Amor Cantado,1,Anderson Miranda,1,aneel,5,animais,27,Aniversário,5,antissocial,4,anvisa,1,aposentdos,3,aposta,5,ar condicionado,15,Arlete Sampaio,1,arquitetura,18,Arruda,1,arte,24,artigo,39,Assistência social,7,ASSOCIE-SE,14,assosindicos,147,atacarejo,1,ateu,2,ativismo,9,ATUALIDADE POLÍTICA,784,automobilsmo,4,aviação,9,Banco Regional de Brasília,5,BCB,2,beleza,1,biocombustíveis,10,biscoito,1,bolacha,1,Bolsa Família,1,Brasil,127,Brasília,49,BRB,32,brics,5,caesb,17,café,5,câmeras,3,CAMPANHA DO AGASALHO,1,campanha eleitoral,20,Canadá,1,câncer,13,candidatura,5,Carnaval,19,carne suína,1,carreira,19,carros elétricos,5,carteira,2,cartilha,2,Casa Civil,1,cassação,1,católica,1,CCBC,1,CEB,8,Ceilândia,2,CELEBRAÇÃO,1,celular,6,censura,2,Centro Administrativo,1,charge,2,chocolate,2,Churrasco,2,cidadania,106,Cidades,133,ciência,15,cinema,14,CLDF,75,clima,32,codhab,7,Código de Edificações,4,código de posturas,1,Collor,1,combate à dengue,44,combate ao câncer de próstata,5,combustíveis,14,comemoração,11,comércio,20,Companhia Energética de Brasília,6,Comper,4,comportamento,25,comunicação,5,comunidade,3,COMUNIDADE LUSITANA,1,comunismo,4,conciliacao,4,concurso,35,condomínio,72,condomínios,16,conic,1,conselho profissional,23,construção civil,39,construtoras,5,consulta pública,15,consumidor,28,consumo,11,conta,8,contabilidade,2,contribuição sindical,6,convênio,3,CONVITE,32,cop28,6,copa2014,1,CORPO DIPLOMÁTICO,1,corpus Christi,1,Correio Braziliense,1,corrida eleitoral,34,corrupção,41,CPI,1,crianças em casa,6,Criptoativos,1,crise,16,crise hídrica,16,Cuidar e Amparar,1,culinária,1,cultura,140,curso superior,3,cursos,30,data comemorativa,32,DATA NACIONAL,1,debate,3,Defesa,10,democracia,7,dengue,13,Deputado Distrital,15,Deputado Federal,16,DER-DF,6,Desenvolvimento Pessoal,3,desmatamento,4,despesas,1,Destaque,11,Detran,41,DFTrans,6,Dia do micro e pequeno empresário,1,dia do síndico,5,Dia do Trabalhador,2,Dia dos Namorados,7,dia mundial da água,10,DIA NACIONAL,1,Diálogos com a Juventude,1,dicas,2,Dilma,5,dinheiro,17,diploma,1,direita,2,direito,67,Direito do Consumidor,4,Direitos Humanos,24,Distrito Federal,106,ditadura militar,6,dívidas,20,documento,7,Dona Sarah Kubitschek,1,drogas,5,ecologia,8,economia,391,economistas,3,Edital,7,EDITAL DE CONVOCAÇÃO,2,Eduardo Campos,1,educa,1,educação,276,eleições,172,Eleições 2022,144,eleitor,15,eletricidade,13,elevadores,8,EMBAIXADA DE PORTUGAL,1,Embaixadas,7,empreendedorismo,48,empreender,13,empregado,12,empregos,76,empresas,110,energia,86,engenharia,117,EnSínAC,14,ENTENDER CONDOMÍNIO,2,entorno,45,entretenimento,29,Escola de Síndicos,33,escorpião,1,ESG,1,ESPECIAL,1,espionagem,2,esporte,76,estatuto,2,estilo de vida,3,estradas,9,Estudar no Exterior,2,evasão de divisas,1,evento,153,Eventos,9,exercícios,3,exportação,21,FABIANA CEIHAN,1,falecimento,5,família,3,Fan Fest,1,Faz Aniversário,1,Fé,2,fecomércio,2,feminismo,1,FENACOM,1,feriados,3,Fernando Henrique Cardoso,1,festas juninas,3,FHC,2,FIEG,25,FIFA,1,fim de ano,7,fim de semana,1,finanças,41,finanças pessoais,72,Fipecafi,1,fiscal,1,fogo,1,fort atacadista,2,frente parlamentar,1,futebol,18,Galeteria Beira Lago,1,gás,14,gastronomia,41,GDF,245,geologia,1,Geriatria,1,Gerontologia,1,gestão condominial,7,Gilvan Máximo,1,Gim,1,Goiás,346,golpe,23,golpismo,10,Governador,51,Governo,119,greve,7,Grupo M4,1,Grupo Pereira,2,guerra,17,habitação,70,HEF,2,HEL,1,HESLMB,1,Hetrin,1,HOLANDA,1,homenagem,8,homocentro,1,HSBC,1,humor,2,IBGE,6,IBRAM,3,Idoso,8,IFG,1,igreja,2,IMED,2,imoveis,5,imóveis,95,impeachment,4,impostos,94,inadimplência,6,incc,1,incêndio,13,indígena,1,indústria,65,inelegibilidade,3,Informação,33,informática,1,ingressos,1,inovação,62,INSCRIÇÃO AQUI,1,inspeção,1,inspeção predial,5,INSS,2,internacional,32,internet,81,inverno,1,iptu,1,ipva,7,itormann,1,Joaquim Barbosa,1,Jogos Eletrônicos,1,Jornalismo,83,Juarezão,1,justiça,186,juventude,4,Lançamento,1,lazer,40,Legislação,7,lei,18,LGPD,6,licitação,18,livro,20,loteria,2,Lúcia Amorim de Brito,1,Lula,19,machismo,1,manifestação,1,manutenção,11,Maranhão,1,Márcio Antonelo,1,Marconi Perillo,1,marketing,8,material de construção,1,MCB,101,MCIT,2,MCTI,2,medicamentos,3,medicina,17,MEI,2,meio-ambiente,79,melhor idade,1,mensalão do DEM,1,mercado,50,mercosul,2,mesa do Natal,1,meteorologia,2,microgeração,10,Microsoft,1,mídia,12,militar,8,Minas Gerais,3,mineração,11,ministério,6,Ministério Publico,5,Miriam Belchior,1,Mobilidade,11,mobilidade urbana,27,moda,6,Monitoramento,2,mst,3,Mulheres,87,Mulheres na Política,10,multa,7,mundo,134,Mundo dos Filtros,1,município,12,Natal,12,Natal do Milhão,1,Negócios,16,Neoenergia,8,neurociência,2,neuromarketing,2,NEWS,1,Nobratta,1,normas,14,NOTICIAS,1057,NOTÍCIAS,22,notificação,1,novacap,3,Novembro Azul,1,nutrição,2,obras,113,ocupe o centro,1,opinião,147,Oportunidade,3,orçamento,12,ORDEM DE SERVIÇO,1,Pacto por Brasília,1,PAÍSES BAIXOS,1,pandemia,78,Parceiro do Ano,1,Parque da Cidade,5,Partidos Políticos,53,Paulo Dubois,2,Paulo Octávio,1,Paulo Roque,4,PCdoB,2,PDSK,5,Perpétua Almeida,1,Perse,1,perseguidos políticos,1,pesca,12,pesquisa,24,petrobras,13,petróleo,16,PL,26,playground,2,pmdb,1,podcast,1,polícia,80,POLÍCIA FEDERAL,1,Política,312,população,2,Porto Alegre,3,postos de saúde,17,prefeito,5,prefeitura,9,Premiação,21,presidência da república,10,presidenta,1,presidente,21,previdência,5,privatização,2,Procon,2,profissional,29,profissões,9,Projeto de Lei,76,pronunciamento,2,propaganda política,5,propina,1,Prosperi,1,PSD,1,PSDB,6,psicologia,4,pt,2,qualificação,30,rádio,2,recicláveis,1,reforma,7,reforma agrária,4,reforma política,10,reforma tributária,31,reformas,9,registro,4,regras de convivência,14,REI WILLEM-ALEXANDER,1,RELAÇÃO BILATERAL,1,relacionamento,5,religião,17,revitalização,1,Ricardo Izar,1,Ricardo Lustosa,1,rio,25,Rio de Janeiro,1,Roberto Santiago,1,rock,3,rodovias,2,Rondônia,1,Roosevelt,1,Rousseff,2,Sandra Faraj,1,saneamento,7,São Paulo,17,Sarah Kubitscheck,1,saúde,537,sedhab,2,segeth,1,segurança,112,seguro,10,selo de qualidade,2,senado federal,23,serviço social,7,serviços técnicos,10,servidor público,4,sesc,3,setor elétrico,26,setor energético,26,setor produtivo,35,sia / guará,14,sindicatos,19,síndico,125,síndicos,9,SLU,7,smartphone,3,socialismo,1,solar,8,Solidariedade,30,sonegação,12,sorteio de casas,1,STF,30,subsíndico,1,Supermercados,2,Supremo,2,sustentabilidade,71,tarifas,26,taxa,8,TBR,1,Teams Ideas,1,técnico,17,técnicos industriais,7,tecnologia,153,telecomunicação,18,tempo,12,tendência política,79,Terceira Idade,1,trabalhador,81,Trabalho,29,transito,5,trânsito,38,transporte,8,transporte coletivo,49,transportes,30,Trocando ideias entre Síndicos,2,TSE,59,turismo,66,TV,11,UDN,1,Universidades,2,utilidade pública,6,Utilidades de casa,2,vacina,41,Vai dar Roque,1,Valparaíso de Goiás,13,Vida de Solteiro,1,Vida longa,1,video,14,vinho,2,vistoria,1,Viver no Exterior,1,votação,3,WhatsApp,4,zelador,1,
ltr
item
Atualidade Política: De supérfluo a essencial: Luminoctecnia está cada vez mais presente nos projetos residenciais
De supérfluo a essencial: Luminoctecnia está cada vez mais presente nos projetos residenciais
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhlyJ5YVVdMRz4YUU8vfF6Oyt2-Tdg2EaxsRuVxvtR3TsvDpG5go3QUSWfJt4ABgQEReTDfyYRob_w8TX9VYwB-GDq3iLQG-hxhXpI8QKUPzc2pVlcDxTLOJQyuFBtNQdeEB7_LEBUxAZMYAdw95-sQx8HecMnLb6VQAyc1fTnlDhQNNG6mpG5CvQ/w337-h224/Quintessence%20-%20-Curitiba%20(1)%20(1).jpg
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEhlyJ5YVVdMRz4YUU8vfF6Oyt2-Tdg2EaxsRuVxvtR3TsvDpG5go3QUSWfJt4ABgQEReTDfyYRob_w8TX9VYwB-GDq3iLQG-hxhXpI8QKUPzc2pVlcDxTLOJQyuFBtNQdeEB7_LEBUxAZMYAdw95-sQx8HecMnLb6VQAyc1fTnlDhQNNG6mpG5CvQ/s72-w337-c-h224/Quintessence%20-%20-Curitiba%20(1)%20(1).jpg
Atualidade Política
http://www.atualidadepolitica.com.br/2022/07/de-superfluo-essencial-luminoctecnia.html
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/2022/07/de-superfluo-essencial-luminoctecnia.html
true
440335298870425399
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver todos Ler mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início Pág. POSTS Ver tudo Relacionadas Tópico Arquivo BUSCAR Todos Nenhuma resposta para a busca Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora há 1 minuto há $$1$$ minutos há 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar tudo Selecionar tudo Todos códigos copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário