Tambor da Aldeia - Liberdade de Imprensa

Mercado de imóveis tem atraído profissionais de diversas áreas

Partilhar:
Danntec Engenharia

 

O mercado imobiliário segue como um dos segmentos mais rentáveis para se investir. De acordo com a última pesquisa da Datastore - empresa de pesquisas para o mercado imobiliário, o índice de intenção de compra nos segmentos popular, médio padrão e alto luxo em todo o país chega a 29% e, os números indicam que mais de 14,5 milhões de famílias têm intenção de adquirir um imóvel nos próximos 24 meses. Com todo esse aquecimento, o setor tem atraído também o olhar de profissionais de outras áreas, como aponta Glauce Santos, diretora da regional RE/MAX Rio de Janeiro – Zona Norte, que conta que entre os franqueados há profissionais de diversas áreas que decidiram atuar no ramo imobiliário.

De acordo com Glauce Santos, um bom exemplo é Roberto Amorim e seus sócios, Heloisa Guasti, Christiane Azeredo e Mario Cardoso, da Zona Norte carioca, que estão trabalhando para a instalação da segunda franquia deles e a 9ª franquia da regional, que ficará sediada no Méier, um dos bairros mais promissores da região. "Juntos eles representam uma equipe diversificada nas experiências, mas com um único propósito, levar o melhor para todos os clientes. O bairro que é um dos mais conhecidos da Zona Norte do Rio de Janeiro, é o centro histórico da Área dos Engenhos, que hoje é conhecida como Grande Méier. Estamos falando de um local propício para se investir, já que tem supermercados, academias, escolas, faculdades, consultórios médicos e até mesmo hospitais. Sem contar com o fator mobilidade, já que no Méier os trens são o principal meio de transporte e ali temos as estações Méier e Silva Freire, responsáveis pela ligação aos grandes centros", comemora.

Para a empreendedora Heloisa Guasti, administradora de empresas, a decisão de ser corretora de imóveis foi apenas uma questão de tempo, por isso, ela se especializou com uma pós-graduação em Gestão Imobiliária. Junto com o seu marido, Mario Cardoso, empreendedor do setor de reformas de imóveis e consultor, apostaram em uma franquia. "Primeiramente fomos apresentados a esse nicho pelo amigo e hoje sócio Roberto Amorim. Ele nos mostrou que era um mercado sólido e com boas possibilidades de ganhos, mas que era necessário muito estudo para se destacar. Acabamos investindo na RE/MAX, pois, diferente das marcas tradicionais, ela mostrou ser uma empresa estruturada e voltada para o aprendizado constante das pessoas. Para estabelecer a parceria com os nossos sócios, apostamos na amizade, porque, foi a partir dela que tudo começou. Mas claro que na confiança, no negócio e na capacidade que cada um poderia desenvolver.  Vimos um grande negócio que poderíamos fazer parte e mudar a nossa vida. Além de mudar a daqueles que quisessem caminhar ao nosso lado. Um negócio de pessoas para pessoas", comenta. 

O sócio do casal, Roberto Amorim, é advogado e corretor de imóveis. Sua entrada no setor se deu através da diretora da regional RE/MAX Rio de Janeiro – Zona Norte, Glauce Santos. Para ele que já procurava uma nova oportunidade para investir, essa caiu como uma luva. "No início do ano de 2019, eu estava em busca de uma franquia. Já havia pesquisado várias, até que na feira de unidades realizada no mesmo ano, eu conheci a RE/MAX. Fiz uma vasta pesquisa, e a princípio, achei interessante. Ao chegar à feira, conheci Glauce Santos, que se apresentou como diretora regional. Ao me mostrar o modelo de desenvolvimento do agente imobiliário, o que antes me pareceu interessante, agora é encantador. A ética e o desenvolvimento constante do corretor de imóveis e a estrutura administrativa e operacional fornecidas ao franqueado, terminaram de vez com qualquer dúvida que existia na aquisição da franquia RE/MAX, embora a decisão final precisasse de uma série de pesquisas que corroborasse com toda aquela apresentação. Mas o excelente trabalho desenvolvido pela diretoria regional, sempre disposta a apresentar números e informações me ajudaram na decisão", diz.

Ainda para Roberto Amorim, o mercado oferecia, também, uma fatia financeira interessante, mas era preciso ter parceiros. "A parte mais difícil da minha entrada no mundo RE/MAX, foi justamente encontrar as pessoas certas para aquela missão. Assim, após conversar com várias pessoas, as quais talvez não tivessem alcançado a grandiosidade do negócio e, por isso, a negociação não tenha ido adiante, apresentei o modelo e proposta para o Mario Cardoso. Foram várias conversas, até que ele decidiu falar com a sua esposa, a Heloisa Guasti. Eu sabia que aquelas pessoas eram as certas, já que são honestas e trabalhadoras. Precisava apresentar a proposta para a Heloisa, uma vez que gerenciava três empresas no aeroporto e, por isso não seria fácil. Eu acreditava no modelo, mas o que falar se eu não tinha muitas informações para fornecer. Então pensei: 'é um mercado maravilhoso! Uma fatia financeira estava disponível para gente, desde que trabalhássemos muito e fôssemos honestos'. Disso não tinha dúvidas. Levaram um tempo para aceitar, mas agora estamos indo para a segunda unidade", salienta.

A advogada Christiane Azeredo também entrou na sociedade. Ela adiciona que o mercado imobiliário tem uma aproximação muito grande com o Direito, por isso ela apostou assertivamente no setor. "O mercado imobiliário, além de muito promissor, me atrai por conta da relação estreita com o Direito. Sempre fui apaixonada pelo Direito Civil, até mesmo antes do início da graduação e na RE/MAX tenho a chance de agregar meu conhecimento jurídico à filosofia da empresa que me encantou. Fora isso, tenho a oportunidade, através do meu trabalho, de ajudar as pessoas, isso é o que me motiva. Tem três pontos diretos que me levaram, também, a apostar no setor. O primeiro, é porque vejo que é um mercado muito promissor. O segundo, porque fiquei encantada com a estrutura e toda cultura empresarial e já o terceiro ponto, é porque o Roberto Amorim é meu amigo desde a nossa pós-graduação. Já a Heloisa Guasti e o Mario Cardoso já eram amigos do Roberto e hoje são meus amigos também. Além de sócios somos parceiros e isso traz muita satisfação", conclui.

Sobre a RE/MAX

Com 48 anos de atuação, a RE/MAX é uma franquia americana que ganhou notoriedade mundial e se tornou referência em negócios imobiliários em todo o planeta. Eleita pela Forbes como uma das melhores empresas para as mulheres trabalharem, a marca, que chegou ao Brasil em 2009, já alcançou 124 países e é presente em todos os continentes, com mais de 141 mil corretores, em quase 9.000 unidades franqueadas.

Considerada a Franquia do Ano de 2021 pela revista Pequenas Empresas Grandes Negócios, só no Brasil a RE/MAX já conta com mais de 500 unidades franqueadas. A Zona Norte do Rio de Janeiro passou a ter uma regional em 2018, que, só naquela região, conta com oito franquias, com a 9ª em implantação.

O direcionamento da RE/MAX está presente no lema: "todos ganham", uma máxima que tem permitido a sua liderança, conquista e reconhecimento do mercado. Com esse conceito, a RE/MAX revolucionou o mercado imobiliário. Este sistema permite recrutar e reter os melhores profissionais do mercado, ter equipes motivadas e produtivas, diminuir a rotatividade dos corretores e prestar o melhor serviço aos clientes.

Mais informações: https://remaxriodejaneironorte.com/ 

 


Livre de vírus. www.avast.com.
Partilhar:

ABBP

ATUALIDADE POLITICA

0 comentários: