Tambor da Aldeia - Liberdade de Imprensa

Dia Nacional da Consciência do 1º Voto

Partilhar:
Danntec Engenharia
Ou 1º voto e o protagonismo eleitoral de jovens: em vídeo, Barroso convida os jovens a contribuírem para a democracia

Presidente do TSE se dirige a eleitoras e eleitores brasileiros na data que lembra uma das mais importantes manifestações políticas da história do país



O primeiro voto é o momento no qual jovens eleitores assumem a responsabilidade de ajudar a definir os rumos da sua comunidade. É também um relevante primeiro passo para assumirem lideranças e ocuparem espaços na vida política da sociedade em que vivem, ajudando a transformar a realidade que os rodeia. A compreensão sobre a importância desse ato é estimulada de modo especial no Dia Nacional da Consciência do 1º Voto, comemorado neste sábado (26).


Para marcar a data, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luís Roberto Barroso, gravou um vídeo com uma mensagem direcionada especificamente a eleitoras e eleitores jovens, que, a partir dos 16 anos de idade, podem exercer a cidadania brasileira por meio do voto.

“O voto é o meio natural de se preservarem as coisas boas que devem ser mantidas e de se promoverem as transformações do que precisa ser mudado. Não participar significa deixar os outros decidirem sua vida e seu futuro. Precisamos da juventude para trazer uma visão renovada para a vida pública e para assumir os compromissos necessários com a democracia, o idealismo e a integridade”, diz Barroso, no vídeo.

Segundo o último levantamento da Justiça Eleitoral, há quase 7 milhões de eleitores entre 16 e 20 anos de idade. Desses, 687.381 emitiram seus títulos eleitorais facultativamente, porque têm menos de 18 anos. Ao todo, o Brasil possui, até o momento, 145.914.718 cidadãs e cidadãos aptos a votar.

Voto jovem e consciente

Votar é um exercício de cidadania e um instrumento de participação popular nos destinos do país. O voto é fundamental e deve ser exercido de forma plena e consciente, fundamentado nas propostas e das ideias dos políticos.

“O voto consciente é o principal instrumento do exercício da cidadania. Cidadão não é súdito, que obedece a ordens e cuja voz não tem relevância. Cidadão é um agente da história e que ajuda a empurrá-la na direção certa. O Brasil tem milhões de jovens, cuja participação faz toda a diferença. Não fique de fora. Ajude a fazer um país melhor e maior”, incentiva o presidente do TSE.

A internet facilitou muito a obtenção de informações sobre candidaturas a cargos eletivos. Acessando os sites da Justiça Eleitoral, por exemplo, é possível conferir o perfil, a trajetória e as declarações de bens de candidatas e candidatos, bem como saber quais deles têm a ficha limpa.

Campanhas

O TSE e os Tribunais Regionais Eleitorais (TREs) realizam diversas campanhas ao longo do ano para incentivar os jovens a votar e a ocupar espaços na vida política do país. No Dia Nacional da Consciência do 1° Voto, esse trabalho ganha novo impulso, com a promoção de ações em todo o país. São realizados eventos de esclarecimento da população e prestação de serviços para a emissão da primeira via do título eleitoral, transferências de domicílio eleitoral e alterações de dados cadastrais.

O Dia Nacional da Consciência do 1º Voto foi criado pela Lei nº 13.120/2015, em memória à Passeata dos Cem Mil, que, em 1968, levou milhares de pessoas às ruas em defesa da democracia, entre eles, muitos jovens.

RG/LC, DM
Partilhar:

campanha eleitoral

eleitor

TSE

0 comentários: