Boletim Corona Virus GovBR

Oposição aciona STF para impedir votação da privatização da Eletrobras

  Atualizado às 16h08 para inclusão de posicionamento de Elmar Nascimento por Larissa Fafá - EPBR BRASÍLIA – Partidos de oposição ao governo...


 
Atualizado às 16h08 para inclusão de posicionamento de Elmar Nascimento
por Larissa Fafá - EPBR

BRASÍLIA – Partidos de oposição ao governo entraram com nova ação no Supremo Tribunal Federal (STF) para impedir a votação da MP 1031, da privatização da Eletrobras, marcada para esta quarta (19).

De acordo com o relator, Elmar Nascimento (DEM/BA), há acordo com o governo para boa parte das propostas que devem ser levadas ao plenário da Câmara.

Deputados são contrários tanto à urgência do tema, discutido por medida provisória, quanto ao plano de capitalização em si.

O mandado de segurança pede a retirada de pauta da MP 1031 até a apreciação de outras medidas provisórias anteriores, enviadas pelo governo à Câmara dos Deputados. E a nulidade da votação, caso a MP da Eletrobras seja aprovada hoje.

De acordo com o líder da oposição, deputado Alessandro Molon (PSB/RJ), a votação de MPs diretamente no plenário, segundo decisões passadas do STF, dependiam dos estados de emergência em saúde pública e de calamidade pública.

E março, oposição leva questionamentos ao STF contra a privatização da Eletrobras

Por decisão do governo federal, a vigência do estado de calamidade não foi estendida em 31 de dezembro de 2020.

Segundo o líder do PT, Bohn Gass (PT/RS), há outras 15 medidas provisórias editadas pelo governo antes da MP da capitalização da Eletrobras.

“Já que todas as outras comissões da Câmara e do Senado estão instaladas, inclusive comissões mistas, por que permitir o império do relator?”, questionou Molon.

A petição é assinada por Bohn Gass (PT/RS), Marcelo Freixo (PSOL/RJ), Arlindo Chignalia (PT/SP), Wolney Queiroz (PDT/PE), Talíria Petrone (PSOL/RJ), Renildo Calheiros (PCdoB/PE), Joênia Wapichana (REDE/RR) e Danilo Cabral (PSB/PE). Veja a íntegra da petição (.pdf)

O pedido de liminar é direcionada ao ministro Alexandre de Moraes, que relatou as ADPFs que permitiram a tramitação urgente de MPs em virtude da pandemia.

“Essa comissão, sem dúvida, traria a possibilidade de ouvirmos especialistas, a sociedade civil, fazermos audiências publicas e termos tempo que a seriedade da matéria remete”, afirmou Freixo, que é líder da minoria na Câmara.

Bohn Gass também apresentará uma proposta de substitutivo para preservar o capital acionário majoritário do governo na estatal e reduz a descotização de algumas usinas.

Segundo o parlamentar, a sugestão foi feita por associação de engenheiros da Eletrobras e promete reduzir a tarifa de energia.

O deputado Glauber Braga (PSOL/RJ) acusou o relator da medida, deputado Elmar Nascimento (DEM/RJ), de atender a interesses individuais, citando o empresário Carlos Suarez, fundador da OAS e com negócios na área de gás.

“O senhor Suarez, ex-OAS, tem ligação direta com o relator da MP e isso tem conexão com o financiamento privado ao Democratas. Não é uma articulação que esteja se fazendo exclusivamente a partir de relações individuais”, disse.

Elmar Nascimento nega o recebimento de benefícios.

“Eu o tenho [Carlos Suarez] como homem de bem, um dos maiores empresário do Brasil. Vou negar que conheço? Agora, nunca recebi um benefício”, disse à epbr.

Governadores do Nordeste contra a privatização

Em nota divulgada nesta quarta (19), o Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste entende que a MP da capitalização da estatal pode gerar insegurança energética por entregar a gestão de rios e reservatórios ao controle privado, especialmente na região.

Eles também avaliam que a concessão a iniciativa privada de usinas como Paulo Afonso e Xingó, ambas operadas pela Chesf, abrirá caminho para aumento de tarifa de energia e precarização do serviço prestado à população.

Entidades trabalhistas também se movimentaram contra a capitalização durante a semana.
Térmicas e PCHs são condições para privatização da Eletrobras em nova proposta

Ontem, a trabalhado da Associação dos Empregados da Eletrobras (AEEL) e do Sindicato dos Trabalhadores nas Empresas de Energia do Rio de Janeiro (Sintergia-RJ) protestaram contra a privatização em frente ao edifício sede da Eletrobras, no Rio de Janeiro.

Representantes da categoria se reuniram com o presidente da Eletrobras, Rodrigo Limp, para discutir a privatização da companhia, segundo informações da MegaWhat.

Em documento (.pdf) da Associação dos Engenheiros e Técnicos do Sistema Eletrobras (Aesel), servidores apontaram problemas nos cálculos de arrecadação da eventual privatização da Eletrobras, que acreditam que ficará abaixo do que foi projetado pelo governo em quase R$ 60 bilhões.

Eles ressaltam que a estatal foi a mais impactada pela MP 579, que renovou muitas das concessões de geração e transmissão a um valor que não cobria os custos de operação e manutenção, o que causou à época redução de 70% nas receitas da empresa.

Com recente reestruturação, a Eletrobras apresenta hoje resultados seguidos de lucro e redução do seu endividamento, segundo a associação.

“Em qualquer lugar do mundo, o sistema elétrico é pouco suscetível à concorrência, e ainda mais em um país onde a base do sistema é a hidroeletricidade. A Eletrobras, por seu tamanho, é o que se chama de price maker, ou seja, uma empresa capaz de distorcer os preços”, diz a nota.

“Hoje estatal, a companhia usa esse poder no sentido de reduzir os preços. Mas quem pode garantir que uma Eletrobras privada, controlada pelo capital estrangeiro não atuará justamente no sentido inverso, manipulando a oferta de energia e seu preço? A crise da Enron na Califórnia, no ano 2000, nos dá uma boa pista para a resposta”, questionam.

Com informações de EPBR

COMENTÁRIOS

Atualidade Politica
Nome

abnt,25,acessibilidade,1,acidente de trabalho,3,Acolhimento,1,administração,12,Aerolula,1,agricultura,3,agronegócio,14,água,16,águas claras,1,Aldo Rebelo,1,alianças,1,Ambulatório,1,Amor Cantado,1,aneel,5,animais,7,antissocial,3,ar condicionado,15,Arlete Sampaio,1,arquitetura,9,Arruda,1,arte,3,artigo,40,ASSOCIE-SE,14,assosindicos,148,atacarejo,1,ateu,2,ativismo,9,ATUALIDADE POLÍTICA,733,automobilsmo,2,aviação,1,Banco Regional de Brasília,4,beleza,1,Bolsa Família,1,Brasil,17,brasilia,1,Brasília,6,BRB,11,caesb,8,câmeras,2,CAMPANHA DO AGASALHO,1,campanha eleitoral,15,câncer,5,candidatura,4,Carnaval,6,carreira,11,carteira,2,cartilha,2,Casa Civil,1,cassação,1,católica,1,CEB,6,celular,1,censura,2,Centro Administrativo,1,charge,2,cidadania,58,CIDADE,59,Cidades,9,ciência,1,cinema,8,CLDF,34,codhab,2,Código de Edificações,4,código de posturas,1,Collor,1,combate à dengue,2,combate ao câncer de próstata,1,comemoração,4,Companhia Energética de Brasília,6,comportamento,13,comunidade,1,comunismo,3,conciliacao,4,concurso,1,condomínio,64,conic,1,conselho profissional,8,construção civil,17,construtoras,3,consulta pública,7,consumidor,16,consumo,6,conta,5,contribuição sindical,4,contrução civil,3,convênio,2,CONVITE,34,copa2014,1,corpus Christi,1,Correio Braziliense,1,corrida eleitoral,33,corrupção,36,crise,14,crise hídrica,6,Cuidar e Amparar,1,cultura,26,curso superior,3,cursos,15,custo de construção,1,custos,1,data comemorativa,13,debate,3,Defesa,5,democracia,1,dengue,2,Deputado Distrital,9,Deputado Federal,7,DER-DF,3,Desenvolvimento Pessoal,1,despesas,1,Detran,19,DFTrans,5,dia do síndico,5,dia mundial da água,2,Diálogos com a Juventude,1,DIGA NÃO AO AUMENTO DE IMPOSTOS,30,Dilma,3,dinheiro,10,diploma,1,direita,2,direito,30,Distrito Federal,29,ditadura militar,4,dívidas,9,Dona Sarah Kubitschek,1,drogas,2,economia,107,economistas,1,EDITAL DE CONVOCAÇÃO,1,Eduardo Campos,1,educação,63,eleições,113,eleitor,10,eletricidade,10,elevadores,4,empreendedorismo,28,empregado,10,emprego,6,empresas,16,energia,50,engenharia,72,EnSínAC,14,ENTENDER CONDOMÍNIO,2,entorno,7,entretenimento,9,Escola de Síndicos,33,espionagem,1,esporte,22,estatuto,2,evasão de divisas,1,evento,34,Fan Fest,1,feminismo,1,Fernando Henrique Cardoso,1,FHC,2,FIFA,1,fim de ano,2,finanças,10,finanças pessoais,22,fogo,1,fort atacadista,2,futebol,7,gás,2,gastronomia,14,GDF,127,Geriatria,1,Gerontologia,1,gestão condominial,5,Goiás,46,golpe,11,golpismo,6,Governador,30,Governo,65,guerra,7,habitação,10,HEF,2,HEL,1,HESLMB,1,Hetrin,1,HSBC,1,humor,2,IBRAM,2,IESB,1,igreja,2,IMED,2,imóveis,28,impeachment,3,impostos,34,inadimplência,4,incêndio,5,indústria,3,inelegibilidade,3,INFORMAÇÃO,21,informática,1,ingressos,1,inovação,23,INSCRIÇÃO AQUI,1,inspeção,1,inspeção predial,5,internacional,1,internet,30,itormann,1,Joaquim Barbosa,1,Jornalismo,45,Juarezão,1,justica,7,justiça,56,juventude,4,lazer,10,Letícia González,1,LGPD,4,livro,3,Lúcia Amorim de Brito,1,Lula,3,machismo,1,Manuela D'Ávila,1,manutenção,9,Marconi Perillo,1,marketing,2,MCB,105,MCIT,2,medicina,3,meio-ambiente,7,mensalão do DEM,1,mercado,13,mesa do Natal,1,meteorologia,1,microgeração,4,mídia,9,militar,4,ministério,5,Ministério Publico,4,Miriam Belchior,1,mobilidade urbana,21,moda,1,Monitoramento,1,mulher na poílica,3,Mulheres,21,Mulheres na Política,3,multa,4,mundo,21,município,7,Natal,2,Natal do Milhão,1,Negocios,1,Neoenergia,3,neurociência,2,neuromarketing,2,normas,9,NOTICIAS,338,notificação,1,Novembro Azul,1,nutrição,1,obras,50,ocupe o centro,1,opinião,1,orçamento,1,ORDEM DE SERVIÇO,1,Pacto por Brasília,1,pandemia,78,Parque da Cidade,3,Partidos Políticos,40,Paulo Dubois,2,Paulo Octávio,1,PCdoB,2,PDSK,3,Perpétua Almeida,1,perseguidos políticos,1,pesquisa,8,petróleo,3,PL,19,playground,2,pmdb,1,polícia,8,Política,136,Porto Alegre,2,postos de saúde,12,prefeito,5,prefeitura,7,presidência da república,7,presidenta,1,presidente,18,profissional,14,Projeto de Lei,53,pronunciamento,2,propaganda política,4,propina,1,PSD,1,PSDB,6,pt,1,qualificação,22,reforma,6,reforma política,10,reformas,6,registro,3,regras de convivência,13,relacionamento,4,religião,7,revitalização,1,Ricardo Izar,1,Ricardo Lustosa,1,Roberto Santiago,1,rodovias,1,Rousseff,2,Sandra Faraj,1,Sarah Kubitscheck,1,saúde,193,sedhab,2,segeth,1,segurança,52,seguro,5,selo de qualidade,2,senado federal,17,serviços técnicos,5,setor elétrico,2,sia / guará,14,sindicatos,2,síndico,119,smartphone,3,solar,2,SOLIDARIEDADE,8,sonegação,2,sorteio de casas,1,STF,9,subsíndico,1,Supermercados,1,Supremo,2,sustentabilidade,23,tarifas,13,taxa,6,técnico,8,tecnologia,57,telecomunicação,4,tendência política,76,Terceira Idade,1,trabalhador,38,transito,1,trânsito,19,transporte coletivo,20,transportes,9,Trocando ideias entre Síndicos,2,TSE,30,turismo,10,UDN,1,utilidade pública,6,Utilidades de casa,1,Vida de Solteiro,1,video,11,vistoria,1,votação,3,WhatsApp,4,zelador,1,
ltr
item
Atualidade Política: Oposição aciona STF para impedir votação da privatização da Eletrobras
Oposição aciona STF para impedir votação da privatização da Eletrobras
https://1.bp.blogspot.com/d3YfTaAKuDnU6yUQfOmXa_kb5qywu6SSpODZ3iWXEm53tble32pYvppLedrqkQyxnI3CWQXL2vv27nzf9jfn17TRh9pbCLiUlQohiPd3=s774
https://1.bp.blogspot.com/d3YfTaAKuDnU6yUQfOmXa_kb5qywu6SSpODZ3iWXEm53tble32pYvppLedrqkQyxnI3CWQXL2vv27nzf9jfn17TRh9pbCLiUlQohiPd3=s72-c
Atualidade Política
http://www.atualidadepolitica.com.br/2021/05/oposicao-aciona-stf-para-impedir-votacao-da-privatizacao-da-eletrobras.html
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/2021/05/oposicao-aciona-stf-para-impedir-votacao-da-privatizacao-da-eletrobras.html
true
440335298870425399
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver todos Ler mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGS POSTS Ver tudo Relacionadas Tópico Arquivo BUSCAR Todos Nenhuma resposta para a busca Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto há $$1$$ minutos 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar tudo Selecionar tudo Todos códigos copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário