Como é feito o controle tecnológico da construção do Túnel de Taguatinga pelo laboratório da Faculdade Mackenzie Brasília

Partilhar:
Danntec Engenharia

Uma das mais importantes obras do Distrito Federal, realizada em Taguatinga, cidade localizada há 21 quilômetros da Capital Federal, terá supervisão e equipamentos de ponta do Mackenzie Brasília




O controle tecnológico do Túnel de Taguatinga - DF - realizado no laboratório da Faculdade Presbiteriana Mackenzie Brasília (FPMB) é tema de transmissão ao vivo no canal oficial da instituição no Youtube. A Instituição, em parceria com o Consórcio Supervisor ATP Prisma, responsável pela supervisão das obras, que é uma das mais importantes do Distrito Federal nos últimos anos, participa do controle tecnológico da obra com equipamentos modernos do curso de Engenharia Civil da FPMB. A nova graduação da instituição é aparelhada com recursos de última geração e tem sido elogiada por especialistas da área, pelo Governo do Distrito Federal e por grandes empresas do setor.

O coordenador geral do Túnel de Taguatinga, Bruno Almeida, o mestre em Geotecnia e especialista em Infraestrutura, Vinícius Resende, e a mestre em Estruturas e Construção Civil e projetista de Impermeabilização, professora Irene Joffily, participam da conversa, conduzida pela professora Neusa Mota, doutora em Geotecnia e coordenadora do curso de Engenharia Civil da FPMB. "É uma oportunidade importante para que os interessados em obras de infraestrutura urbana conheçam esse projeto, ligado a uma das maiores obras do Distrito Federal, e conheçam, também, a estrutura de ponta que o Mackenzie trouxe para Brasília", comentou a docente.

A construção do Túnel de Taguatinga é uma das obras mais aguardadas do Distrito Federal. Com 1.010 metros de extensão, duas pistas paralelas de três faixas de rolagem em cada sentido e uma ligação subterrânea direta com a Ceilândia, pela Via Elmo Serejo, a via também será uma alternativa para o próprio Centro de Taguatinga, mitigando a retenção de veículos, de acordo com informações divulgadas pela Agência Brasília.

Se por um lado irá desafogar o trânsito para os mais de 135 mil veículos que circulam diariamente pela região, por outro, a atual Avenida Central de Taguatinga será transformada em uma Boulevard com foco nas pessoas e comércio da região. O fluxo na Avenida concentrará veículos do transporte público, como o BRT, e visitantes interessados em usufruir do local. Por isso, inclusive, há um projeto de paisagismo em execução e as calçadas serão todas revitalizadas, segundo o GDF.

Em setembro do ano passado, o Mack BSB Lives 16, programa da FPMB de conferências on-line e diálogos qualificados com professores e especialistas em diversas áreas, com ampla atuação no mercado, discutiu os aspectos técnicos da obra túnel de Taguatinga, com o Secretário de Obras e Infraestrutura do Distrito Federal, Luciano Carvalho, e o Mestre em Geotecnia com experiência em obras de infraestrutura de transporte, Vinícius Domingues. O programa pode ser assistido neste link.

Assista á live "O Controle Tecnológico do Túnel Taguatinga nos Laboratórios do Mackenzie"


Com informações da Segs e Agencia Brasilia 
Partilhar:

engenharia

tecnologia

0 comentários: