Vacina Russa Sputnik começa a ser produzida no DF na sexta-feira(15)

Partilhar:
Danntec Engenharia


A farmacêutica União Química planeja começar a produzir a vacina russa para Covid-19 Sputnik V na próxima sexta-feira (15), e prevê produzir até 8 milhões de doses por mês, disse o diretor de negócios internacionais da empresa, Rogério Rosso, nesta sexta-feira.

Resultados preliminares de testes clínicos apontam que a vacina Sputnik V é 92% eficaz em proteger pessoas do novo coronavírus, de acordo com o fundo soberano russo.

A empresa, que tem unidade de produção de vacinas em Brasília, se prepara para solicitar à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorização para o uso emergencial da vacina desenvolvida em Moscou.

Uma equipe da União Química viaja nesta segunda-feira (11/1) para a Rússia a fim de tratar do assunto. “Os insumos, células e meios de cultura já estão na fábrica, e a previsão é realmente iniciar a produção na próxima sexta-feira” declarou Rogério Rosso.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ainda não autorizou o inicio dos testes da fase 3 do imunizante.


A Sputnik V é a primeira vacina registrada do mundo baseada em uma plataforma baseada em vetor adenoviral humano bem estudada
Partilhar:

pandemia

saúde

0 comentários: