Empresas de criptomoedas e blockchain ajudam vítimas de coronavírus

Partilhar:
Danntec Engenharia

Algumas empresas de blockchain e criptomoeda se comprometeram a ajudar vítimas do coronavírus em Wuhan, China. A exchange de criptomoedas Binance prometeu doar 10 milhões de yuans chineses (US $ 1,44 milhão) ao esforço.

Em um tweet em 25 de janeiro, o CEO da Binance, Changpeng Zhao, disse que a Binance fez a promessa, mas não fez nenhum anúncio depois que um usuário do Twitter o marcou em um artigo de notícias sobre doações de criptomoedas sendo aceitas pela causa:
“A Binance prometeu 10 milhões de RMB (US $ 1,5 milhão) para ajudar as vítimas de #coronavírus. Não fizemos nenhum anúncio. Mas a equipe do BCF / Binance da [Binance Charity Foundation] está ocupada nos últimos dias. Ainda precisa de ajuda para organizar a logística localmente. ”
De acordo com um post do WeChat de 25 de janeiro da empresa de serviços de marketing de blockchain Krypital, a empresa também lançou um esforço de doação para adquirir suprimentos médicos para as vítimas de coronavírus de Wuhan.

A Krypital também anunciou que criará um sistema de doação baseado em blockchain que permite maior transparência e eficiência. A empresa aceita Tether (USDT) na blockchain Ethereum.

A empresa também está recrutando voluntários para administração de grupo, compra de material, gerenciamento de triagem e transporte, anúncios de mídia e designers gráficos.

Como o Cointelegraph informou, ontem o Bitcoin (BTC) caiu 6% no Ano Novo Chinês, devido à incerteza em torno da disseminação do coronavírus. Em 26 de janeiro, a Fox News informou que o número atual de mortos pelo vírus é 56.

Com informações de Cointelegraph
Partilhar:

mundo

saúde

SOLIDARIEDADE

0 comentários: