Boletim Corona Virus GovBR

Instituto Internacional de Imprensa monitora a atividade de jornalistas no Brasil

Algumas notícias jamais podem ser esquecidas. E quando fatos trazem evidências que oprimem o trabalho da imprensa, o IPI – International ...

Instituto Internacional de Imprensa

Algumas notícias jamais podem ser esquecidas. E quando fatos trazem evidências que oprimem o trabalho da imprensa, o IPI – International Press Institute tem a importante responsabilidade em denunciar e proteger jornalistas de ataques que violam seus direitos e integridade física.
Só na última década, mais de 30 profissionais foram mortos no país.

Considerado o sétimo do mundo com maior número de jornalistas assassinados e segundo na América Latina, o Brasil está na mira do IPI.

Ao contrário do que se possa imaginar, nem sempre parte da imprensa brasileira tem feito o seu trabalho, ocultando e sobrepondo fatos de pautas importantes à sociedade, mas que são conflitantes com os interesses políticos e comerciais, principalmente dos grandes veículos de comunicação que possuem influência e completo alcance nacional seja pela mídia impressa, digital, TV ou rádio.

Evitar que a própria imprensa se torne uma ferramenta de controle social corresponde a um dos principais objetivos do Jornalismo Colaborativo. Sobretudo, durante o período eleitoral, já que é comum verificarmos a atuação conivente e manipuladora do mass-media, refletindo em discursos de ódio e no crescimento dos haters, essencialmente nas redes sociais, onde as opiniões se tornaram armas, quando poderiam somar aos assuntos que merecem e necessitam de discussões mais aprofundadas.

Em um mar de informação buscar o silêncio é boiar no vazio liquefato da exclusão social. Especialistas em comportamento já observaram que esse medo de ser riscado entre os círculos de amigos apenas porque tem uma opinião diferente e sabe que sua manifestação pode provocar o distanciamento nas relações, é muito perigoso. Zygmunt Bauman, um dos mais importantes articuladores nesse sentido, sempre buscou destacar o poder punitivo que há na sociedade e, portanto, dentro do próprio indivíduo.

Infelizmente, em muitos casos a violência das palavras que saem do papel, saltam das telas luminosas ou “voam” pelo ar são capazes de provocar as piores consequências. E o cenário mais degradante não está nos comentários ou artigos opinativos do cidadão, mas na alienação deste, por falta de oportunidades em construir um pensamento lógico e disruptivo para o livre exercício democrático, ficando em sua maior parte à responsabilidade das notícias que chegam até ele.

É por isso que organizações independentes de jornalismo como a IPI, devem continuar cumprindo a função pública em relação a capacidade da mídia em operar livre de interferências e sem qualquer receio de retaliação.

O valor inestimável dessa missão em defender a liberdade de imprensa e o fluxo livre de notícias onde quer que elas estejam ameaçadas, remonta a importância de se discutir acerca das teorias comunicacionais levantadas na década de 70, por Elisabeth Noelle-Neumann.

Em sua obra, a cientista política alemã debate sobre a força da opinião pública como um tecido social e de que modo ela pode ser silenciada ou mesmo direcionada a partir de um fenômeno que ela designou como Espiral do Silêncio. Segundo ela, as pessoas tendem a demonstrar mais predisposição em se manifestarem, por outro lado aqueles de opinião contrária preferem não dizer nada. Tal silêncio leva ao enfraquecimento da opinião minoritária e consequentemente a opinião da maioria prevalece.
International Press Institute

Por mais que a ferida exposta cause dor e estranheza, manter a discussão aberta e em atividade com qualidade é dever público do jornalismo. Fundando em 1951, o International Press Institute é vital para que mais comunidades e organizações independentes de jornalismo ampliem a capacidade de investigação e debate de maneira mais cooperativa.

Sediado em Viena, ao logo de sete décadas, o IPI tem estado na vanguarda da batalha pela liberdade e independência da imprensa. Desde o combate à censura na África do Sul na era do Apartheid, até a ajuda a jornalistas presos sob a junta militar grega para fortalecer a mídia de Mianmar depois de anos de autoritarismo, a história pioneira do IPI abrange o mundo todo.

A organização é também reconhecida pelo compromisso com diálogos históricos entre comunidades jornalísticas. A exemplo disso, o primeiro intercâmbio bilateral do pós-guerra entre repórteres franceses e alemães na década de 50, a primeira reunião pós-independência de jornalistas africanos nos anos 70 e o fórum de diálogo israel-palestino no final do século XX.

Assassinatos, prisões, assédio digital e muitas outras tentativas crescentes de governos opressores tentam sabotar e interromper o trabalho de jornalistas em todos os continentes.

Atualmente o IPI atua em mais de 100 países, defendendo esses profissionais que muitas vezes são transformados em inimigo. Para evitar isso e estimular o trabalho sério desses agentes da transformação e representantes dos direitos de livre expressão e da opinião pública, o Instituto fornece suporte e cobertura global, especialmente em zonas de conflito.
De olho no Brasil

Abaixo algumas das notícias internacionais sobre o Brasil publicadas pelo instituto:
Fonte: Jornalismo Colaborativo

COMENTÁRIOS

Atualidade Politica
Nome

abnt,25,acessibilidade,1,acidente de trabalho,3,Acolhimento,1,administração,12,Aerolula,1,agricultura,3,agronegócio,14,água,16,águas claras,1,Aldo Rebelo,1,alianças,1,Ambulatório,1,Amor Cantado,1,aneel,5,animais,7,antissocial,3,ar condicionado,15,Arlete Sampaio,1,arquitetura,9,Arruda,1,arte,3,artigo,40,ASSOCIE-SE,14,assosindicos,148,atacarejo,1,ateu,2,ativismo,9,ATUALIDADE POLÍTICA,733,automobilsmo,2,aviação,1,Banco Regional de Brasília,4,beleza,1,Bolsa Família,1,Brasil,17,brasilia,1,Brasília,6,BRB,11,caesb,8,câmeras,2,CAMPANHA DO AGASALHO,1,campanha eleitoral,15,câncer,5,candidatura,4,Carnaval,6,carreira,11,carteira,2,cartilha,2,Casa Civil,1,cassação,1,católica,1,CEB,6,celular,1,censura,2,Centro Administrativo,1,charge,2,cidadania,58,CIDADE,59,Cidades,9,ciência,1,cinema,8,CLDF,34,codhab,2,Código de Edificações,4,código de posturas,1,Collor,1,combate à dengue,2,combate ao câncer de próstata,1,comemoração,4,Companhia Energética de Brasília,6,comportamento,13,comunidade,1,comunismo,3,conciliacao,4,concurso,1,condomínio,64,conic,1,conselho profissional,8,construção civil,17,construtoras,3,consulta pública,7,consumidor,16,consumo,6,conta,5,contribuição sindical,4,contrução civil,3,convênio,2,CONVITE,34,copa2014,1,corpus Christi,1,Correio Braziliense,1,corrida eleitoral,33,corrupção,36,crise,14,crise hídrica,6,Cuidar e Amparar,1,cultura,26,curso superior,3,cursos,15,custo de construção,1,custos,1,data comemorativa,13,debate,3,Defesa,5,democracia,1,dengue,2,Deputado Distrital,9,Deputado Federal,7,DER-DF,3,Desenvolvimento Pessoal,1,despesas,1,Detran,19,DFTrans,5,dia do síndico,5,dia mundial da água,2,Diálogos com a Juventude,1,DIGA NÃO AO AUMENTO DE IMPOSTOS,30,Dilma,3,dinheiro,10,diploma,1,direita,2,direito,30,Distrito Federal,29,ditadura militar,4,dívidas,9,Dona Sarah Kubitschek,1,drogas,2,economia,107,economistas,1,EDITAL DE CONVOCAÇÃO,2,Eduardo Campos,1,educação,63,eleições,117,eleitor,10,eletricidade,10,elevadores,4,empreendedorismo,28,empregado,10,emprego,6,empresas,16,energia,50,engenharia,72,EnSínAC,14,ENTENDER CONDOMÍNIO,2,entorno,7,entretenimento,9,Escola de Síndicos,33,espionagem,1,esporte,22,estatuto,2,evasão de divisas,1,evento,34,Fan Fest,1,feminismo,1,Fernando Henrique Cardoso,1,FHC,2,FIFA,1,fim de ano,2,finanças,10,finanças pessoais,22,fogo,1,fort atacadista,2,futebol,7,gás,2,gastronomia,14,GDF,127,Geriatria,1,Gerontologia,1,gestão condominial,5,Goiás,46,golpe,11,golpismo,6,Governador,30,Governo,65,guerra,7,habitação,10,HEF,2,HEL,1,HESLMB,1,Hetrin,1,HSBC,1,humor,2,IBRAM,2,IESB,1,igreja,2,IMED,2,imóveis,28,impeachment,3,impostos,34,inadimplência,4,incêndio,5,indústria,3,inelegibilidade,3,INFORMAÇÃO,21,informática,1,ingressos,1,inovação,23,INSCRIÇÃO AQUI,1,inspeção,1,inspeção predial,5,internacional,1,internet,30,itormann,1,Joaquim Barbosa,1,Jornalismo,45,Juarezão,1,justica,7,justiça,56,juventude,4,lazer,10,Letícia González,1,LGPD,4,livro,3,Lúcia Amorim de Brito,1,Lula,3,machismo,1,Manuela D'Ávila,1,manutenção,9,Marconi Perillo,1,marketing,2,MCB,105,MCIT,2,medicina,3,meio-ambiente,7,mensalão do DEM,1,mercado,13,mesa do Natal,1,meteorologia,1,microgeração,4,mídia,9,militar,4,ministério,5,Ministério Publico,4,Miriam Belchior,1,mobilidade urbana,21,moda,1,Monitoramento,1,mulher na poílica,3,Mulheres,21,Mulheres na Política,3,multa,4,mundo,21,município,7,Natal,2,Natal do Milhão,1,Negocios,1,Neoenergia,3,neurociência,2,neuromarketing,2,normas,9,NOTICIAS,338,notificação,1,Novembro Azul,1,nutrição,1,obras,50,ocupe o centro,1,opinião,1,orçamento,1,ORDEM DE SERVIÇO,1,Pacto por Brasília,1,pandemia,78,Parque da Cidade,3,Partidos Políticos,40,Paulo Dubois,2,Paulo Octávio,1,PCdoB,2,PDSK,3,Perpétua Almeida,1,perseguidos políticos,1,pesquisa,8,petróleo,3,PL,19,playground,2,pmdb,1,polícia,8,Política,139,Porto Alegre,2,postos de saúde,12,prefeito,5,prefeitura,7,presidência da república,7,presidenta,1,presidente,18,profissional,14,Projeto de Lei,53,pronunciamento,2,propaganda política,4,propina,1,PSD,1,PSDB,6,pt,1,qualificação,22,reforma,6,reforma política,10,reformas,6,registro,3,regras de convivência,13,relacionamento,4,religião,7,revitalização,1,Ricardo Izar,1,Ricardo Lustosa,1,Roberto Santiago,1,rodovias,1,Rousseff,2,Sandra Faraj,1,Sarah Kubitscheck,1,saúde,193,sedhab,2,segeth,1,segurança,52,seguro,5,selo de qualidade,2,senado federal,17,serviços técnicos,5,setor elétrico,2,sia / guará,14,sindicatos,2,síndico,119,smartphone,3,solar,2,SOLIDARIEDADE,8,sonegação,2,sorteio de casas,1,STF,9,subsíndico,1,Supermercados,1,Supremo,2,sustentabilidade,23,tarifas,13,taxa,6,técnico,8,tecnologia,57,telecomunicação,4,tendência política,76,Terceira Idade,1,trabalhador,38,transito,1,trânsito,19,transporte coletivo,20,transportes,9,Trocando ideias entre Síndicos,2,TSE,30,turismo,10,UDN,1,utilidade pública,6,Utilidades de casa,1,Vida de Solteiro,1,video,11,vistoria,1,votação,3,WhatsApp,4,zelador,1,
ltr
item
Atualidade Política: Instituto Internacional de Imprensa monitora a atividade de jornalistas no Brasil
Instituto Internacional de Imprensa monitora a atividade de jornalistas no Brasil
https://4.bp.blogspot.com/-3fkgO1BQI6c/WwLeIsmMleI/AAAAAAAAsX8/x6nJ6pa-nPwsBrrElbCDajCKuQMTkw-jQCLcBGAs/s1600/kevincartner.jpg
https://4.bp.blogspot.com/-3fkgO1BQI6c/WwLeIsmMleI/AAAAAAAAsX8/x6nJ6pa-nPwsBrrElbCDajCKuQMTkw-jQCLcBGAs/s72-c/kevincartner.jpg
Atualidade Política
http://www.atualidadepolitica.com.br/2018/05/IPI-International-Press-Institute-monitora-a-atividade-de-jornalistas-no-Brasil.html
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/2018/05/IPI-International-Press-Institute-monitora-a-atividade-de-jornalistas-no-Brasil.html
true
440335298870425399
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver todos Ler mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGS POSTS Ver tudo Relacionadas Tópico Arquivo BUSCAR Todos Nenhuma resposta para a busca Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto há $$1$$ minutos 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar tudo Selecionar tudo Todos códigos copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário