PSB lança site sobre economia criativa ao vivo pela internet nesta sexta-feira, 27

Partilhar:
Danntec Engenharia

O PSB lança nesta sexta-feira (27), às 19h, o site Socialismo Criativo, em transmissão ao vivo pelo Facebook, Youtube (PSBNacional40) e pela TV 40 (tv40.org.br).

O site reúne estudos, artigos, pesquisas, notícias e conteúdo multimídia sobre a economia criativa como estratégia de desenvolvimento nacional.

A iniciativa busca apresentar a visão socialista sobre o tema e enriquecer o debate para a elaboração de propostas que tratem do desenvolvimento e da inclusão social a partir da economia criativa.

Das artes à moda e ao design, passando pela arquitetura e pelo artesanato, gastronomia, festas populares, aplicativos de celulares, games e o turismo, a economia criativa está entre os setores que mais crescem e geram emprego no mundo.

Como estratégia de desenvolvimento nacional, a economia criativa passou a fazer parte do conteúdo programático do PSB em março deste ano, com a sua aprovação unânime pelo XIV Congresso Nacional.

O PSB é o primeiro partido no país a adotar a economia criativa como diretriz para um projeto nacional de desenvolvimento, afirma o presidente nacional Carlos Siqueira.

“Ainda que os partidos de esquerda, de centro e até de direita incluam nos seus programas o apoio à inovação científica e tecnológica, o fazem ligando esse apoio exclusivamente a uma política industrial”, avalia.

Membro da executiva nacional do PSB e responsável pela criação do site, Domingos Leonelli destaca a importância da economia criativa no mundo, sobretudo, nas últimas três décadas.

Ele observa que as indústrias tradicionais, principalmente as manufatureiras, já não são o carro-chefe da economia mundial. Startups, coworkings, espaços criativos e coletivos de produção cultural e artística multiplicam-se por todo o país e pelo mundo, afirma.

“Outras cadeias globais de valor se formaram em torno da produção e da exportação de bens intangíveis como softwares, produtos culturais, design, marcas, turismo e entretenimento”, explica.

Crescimento da indústria criativa

Segundo levantamento da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), a indústria criativa apresentou crescimento de 13 setores entre 2004 e 2015, que representam 2,64% do PIB ou R$ 156 bilhões.

Outra pesquisa, realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação aponta que os salários dos trabalhadores criativos são 25% mais elevados do que na economia tradicional, e 10% mais altos que os salários da indústria.

Apesar desse crescimento, políticos e governos , salvo por iniciativas pontuais, não se apercebem dessa profunda transformação, avalia Siqueira.

“Precisamos de um novo modelo de desenvolvimento e de políticas públicas que incorporem os avanços decorrentes da revolução tecnológica para alavancar os novos produtos, serviços e processos intensivos em design e criatividade. Precisamos embarcar o Brasil nas novas cadeias globais de valor”, defende o presidente do PSB.

Nesse sentido, destaca Siqueira, o site Socialismo Criativo servirá de espaço para debater sobre o tema e “estimular novas práticas políticas, mais modernas e mais criativas”.

SERVIÇO
Lançamento do site Socialismo Criativo
Quando: 27 de abril, às 19h
Transmissão ao vivo pelo Facebook e Youtube (PSBNacional40) e TV 40 (tv40.org.br)


Assessoria de Comunicação/PSB Nacional
Partilhar:

Partidos Políticos

tecnologia

0 comentários: