De que lado da história?

Partilhar:
Danntec Engenharia

Daqui a alguns anos, a história revelará que o Brasil foi sucumbido por um "grande acordo nacional, com o Supremo e tudo" como prenunciou o abjeto agente do parlamento mais retrógrado da biografia brasileira.

Revelará o papel de cada um dos agentes do parlamento, da mídia e do judiciário, a serviço da grande burguesia internacional, no golpe impetrado contra o povo brasileiro, onde um dos seus maiores representantes precisava ser retirado da cena, para que o projeto dos ricos e poderosos possam vingar livremente.

Talvez tu não entendas disso hoje e por não entender, esteja defecando bobagens pela boca ou nas redes sociais, fazendo (mais uma vez) papel de idiota útil, que não aprendeu com o recente episódio que afastou Dilma para retirar direitos sociais, trabalhistas e previdenciárias.

O que me conforta é a certeza de que um dia, minha filha, os netos e bisnetos que ainda não tenho, ao conhecer a história e as consequências que advirão deste 24 de janeiro de 2018, olharão para essa história e saberão que eu me posicionei do lado certo.

Do lado justo, do lado daqueles que com suor e sangue constroem esse imenso país, apesar do espurco papel das classes dominantes que manipulam corações e mentes, com seu torpe braço midiático.

De que lado tu sambas?

Sônia Corrêa
Partilhar:

ATUALIDADE POLÍTICA

golpe

0 comentários: