Boletim Corona Virus GovBR

Uma análise sócio-política do ovo, ou por quê jogam ovo em Dória e juízes em Lula

Por Fernando Horta As formas de protesto precedem as de participação, por óbvio. Tanto na História quanto nas sociedades, as elites (sej...

Por Fernando Horta
João Dória leva ovo na cabeça - Atualidade Política

As formas de protesto precedem as de participação, por óbvio. Tanto na História quanto nas sociedades, as elites (sejam da natureza que forem) estão somente dispostas a dialogar quando colocadas em condição de pressão. Nem o "estado democrático de direito" inverteu ou suprimiu o protesto, eis que a ideia de "democrático" é sempre subvertida e inferiorizada pela autoridade legal do momento e o termo "direito" tem extensão e profundides suficientes para serem usados como constritor da noção de cidadania.

Os protestos têm, portanto, duas funções básicas: provocar por ato de escárnio um mal-estar nas autoridades-alvo de forma a gerar uma noção social de transgressão com um custo social baixo, e sinalizar ao poder constituído que existe uma inconformidade forte o suficiente para impelir cidadãos a quebrarem as regras, transgredirem os limites sociais com o intuito de serem ouvidos.

Assim, a forma do protesto, quando legitimamente estabelecido, é inerente ao grupo protestante. Os que têm acesso à explosivos, usam explosivos. Os que tem acesso apenas à comida, fazem desta sua arma. Alguns protestos, entretanto, chamam a atenção pela falta de fulcro legítimo, eis que são pensados e financiados por agentes sociais diferentes dos que protestam.

Quando uma elite bate panelas, por exemplo, fica claro que a ação do protesto não foi pensada dentro do grupo social que o coloca em prática. Os "cacerolazos" do Chile em 71 e 73, da Argentina em 2012 e do Brasil em 2016 não foram pensados pelos grupos que deles fizeram uso. Eram movimentos de elite que não tinham na panela qualquer simbologia especial e sequer estavam passando fome.
Este mesmo fenômeno, da ingerência política externa através da brecha da "opinião pública" acontece em vários lugares no mundo em que protestantes escrevem cartazes e faixas em línguas diferentes das suas. Demonstra-se que o alvo da mensagem não são seus conterrâneos, o objetivo da mensagem não é unidade nacional. A mensagem, em língua diferente ou com códigos culturais e valores diferentes do grupo ou país que é exarada é um recibo dado publicamente pelo executor do serviço ao seu financiador.

Desde a Idade Média, os protestos com comida eram comuns, desde que os protestantes fossem populares. As comidas eram, por óbvio as que não mais estavam aptas ao consumo. E a simbologia ficava clara.

Afora o fato de ser barato, a simbologia do ovo traz consigo uma crítica ao cinismo das elites. A mensagem faz turvar a aura de intangibilidade e oferece ao protestado um momento em que ele será tocado pelo popular. Não somente contra a sua vontade, mas também contra a sua história. É a demonstração da percepção social do cinismo. O protestante desvela as construções imagéticas do poder, fazendo a elite ser tocada pela simbologia do popular. Simbologia esta que o protestado não tem nenhum apreço.

De alguma forma, isto explica porque líderes populares não precisam ter medo dos ovos.Cada grupo de protesto usa as armas mais comuns que tem ao seu alcance. Enquanto uns grupos jogam ovos, outros jogam sentenças judiciais ou emendas parlamentares.

COMENTÁRIOS

Atualidade Politica
Nome

abnt,25,acessibilidade,1,acidente de trabalho,3,Acolhimento,1,administração,12,Aerolula,1,agricultura,3,agronegócio,14,água,16,águas claras,1,Aldo Rebelo,1,alianças,1,Ambulatório,1,Amor Cantado,1,aneel,5,animais,7,antissocial,3,ar condicionado,15,Arlete Sampaio,1,arquitetura,9,Arruda,1,arte,3,artigo,40,ASSOCIE-SE,14,assosindicos,148,atacarejo,1,ateu,2,ativismo,9,ATUALIDADE POLÍTICA,733,automobilsmo,2,aviação,1,Banco Regional de Brasília,4,beleza,1,Bolsa Família,1,Brasil,17,brasilia,1,Brasília,6,BRB,11,caesb,8,câmeras,2,CAMPANHA DO AGASALHO,1,campanha eleitoral,15,câncer,5,candidatura,4,Carnaval,6,carreira,11,carteira,2,cartilha,2,Casa Civil,1,cassação,1,católica,1,CEB,6,celular,1,censura,2,Centro Administrativo,1,charge,2,cidadania,58,CIDADE,59,Cidades,9,ciência,1,cinema,8,CLDF,34,codhab,2,Código de Edificações,4,código de posturas,1,Collor,1,combate à dengue,2,combate ao câncer de próstata,1,comemoração,4,Companhia Energética de Brasília,6,comportamento,13,comunidade,1,comunismo,3,conciliacao,4,concurso,1,condomínio,64,conic,1,conselho profissional,8,construção civil,17,construtoras,3,consulta pública,7,consumidor,16,consumo,6,conta,5,contribuição sindical,4,contrução civil,3,convênio,2,CONVITE,34,copa2014,1,corpus Christi,1,Correio Braziliense,1,corrida eleitoral,33,corrupção,36,crise,14,crise hídrica,6,Cuidar e Amparar,1,cultura,26,curso superior,3,cursos,15,custo de construção,1,custos,1,data comemorativa,13,debate,3,Defesa,5,democracia,1,dengue,2,Deputado Distrital,9,Deputado Federal,7,DER-DF,3,Desenvolvimento Pessoal,1,despesas,1,Detran,19,DFTrans,5,dia do síndico,5,dia mundial da água,2,Diálogos com a Juventude,1,DIGA NÃO AO AUMENTO DE IMPOSTOS,30,Dilma,3,dinheiro,10,diploma,1,direita,2,direito,30,Distrito Federal,29,ditadura militar,4,dívidas,9,Dona Sarah Kubitschek,1,drogas,2,economia,107,economistas,1,EDITAL DE CONVOCAÇÃO,1,Eduardo Campos,1,educação,63,eleições,113,eleitor,10,eletricidade,10,elevadores,4,empreendedorismo,28,empregado,10,emprego,6,empresas,16,energia,50,engenharia,72,EnSínAC,14,ENTENDER CONDOMÍNIO,2,entorno,7,entretenimento,9,Escola de Síndicos,33,espionagem,1,esporte,22,estatuto,2,evasão de divisas,1,evento,34,Fan Fest,1,feminismo,1,Fernando Henrique Cardoso,1,FHC,2,FIFA,1,fim de ano,2,finanças,10,finanças pessoais,22,fogo,1,fort atacadista,2,futebol,7,gás,2,gastronomia,14,GDF,127,Geriatria,1,Gerontologia,1,gestão condominial,5,Goiás,46,golpe,11,golpismo,6,Governador,30,Governo,65,guerra,7,habitação,10,HEF,2,HEL,1,HESLMB,1,Hetrin,1,HSBC,1,humor,2,IBRAM,2,IESB,1,igreja,2,IMED,2,imóveis,28,impeachment,3,impostos,34,inadimplência,4,incêndio,5,indústria,3,inelegibilidade,3,INFORMAÇÃO,21,informática,1,ingressos,1,inovação,23,INSCRIÇÃO AQUI,1,inspeção,1,inspeção predial,5,internacional,1,internet,30,itormann,1,Joaquim Barbosa,1,Jornalismo,45,Juarezão,1,justica,7,justiça,56,juventude,4,lazer,10,Letícia González,1,LGPD,4,livro,3,Lúcia Amorim de Brito,1,Lula,3,machismo,1,Manuela D'Ávila,1,manutenção,9,Marconi Perillo,1,marketing,2,MCB,105,MCIT,2,medicina,3,meio-ambiente,7,mensalão do DEM,1,mercado,13,mesa do Natal,1,meteorologia,1,microgeração,4,mídia,9,militar,4,ministério,5,Ministério Publico,4,Miriam Belchior,1,mobilidade urbana,21,moda,1,Monitoramento,1,mulher na poílica,3,Mulheres,21,Mulheres na Política,3,multa,4,mundo,21,município,7,Natal,2,Natal do Milhão,1,Negocios,1,Neoenergia,3,neurociência,2,neuromarketing,2,normas,9,NOTICIAS,338,notificação,1,Novembro Azul,1,nutrição,1,obras,50,ocupe o centro,1,opinião,1,orçamento,1,ORDEM DE SERVIÇO,1,Pacto por Brasília,1,pandemia,78,Parque da Cidade,3,Partidos Políticos,40,Paulo Dubois,2,Paulo Octávio,1,PCdoB,2,PDSK,3,Perpétua Almeida,1,perseguidos políticos,1,pesquisa,8,petróleo,3,PL,19,playground,2,pmdb,1,polícia,8,Política,136,Porto Alegre,2,postos de saúde,12,prefeito,5,prefeitura,7,presidência da república,7,presidenta,1,presidente,18,profissional,14,Projeto de Lei,53,pronunciamento,2,propaganda política,4,propina,1,PSD,1,PSDB,6,pt,1,qualificação,22,reforma,6,reforma política,10,reformas,6,registro,3,regras de convivência,13,relacionamento,4,religião,7,revitalização,1,Ricardo Izar,1,Ricardo Lustosa,1,Roberto Santiago,1,rodovias,1,Rousseff,2,Sandra Faraj,1,Sarah Kubitscheck,1,saúde,193,sedhab,2,segeth,1,segurança,52,seguro,5,selo de qualidade,2,senado federal,17,serviços técnicos,5,setor elétrico,2,sia / guará,14,sindicatos,2,síndico,119,smartphone,3,solar,2,SOLIDARIEDADE,8,sonegação,2,sorteio de casas,1,STF,9,subsíndico,1,Supermercados,1,Supremo,2,sustentabilidade,23,tarifas,13,taxa,6,técnico,8,tecnologia,57,telecomunicação,4,tendência política,76,Terceira Idade,1,trabalhador,38,transito,1,trânsito,19,transporte coletivo,20,transportes,9,Trocando ideias entre Síndicos,2,TSE,30,turismo,10,UDN,1,utilidade pública,6,Utilidades de casa,1,Vida de Solteiro,1,video,11,vistoria,1,votação,3,WhatsApp,4,zelador,1,
ltr
item
Atualidade Política: Uma análise sócio-política do ovo, ou por quê jogam ovo em Dória e juízes em Lula
Uma análise sócio-política do ovo, ou por quê jogam ovo em Dória e juízes em Lula
https://3.bp.blogspot.com/-zBgHK0l8RIQ/WYn_pFq8GoI/AAAAAAAAhAI/dUN5fFzyGNYF-ZS1UDXNImLjEkO7tQTYwCLcBGAs/s1600/ovada-em-doria.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-zBgHK0l8RIQ/WYn_pFq8GoI/AAAAAAAAhAI/dUN5fFzyGNYF-ZS1UDXNImLjEkO7tQTYwCLcBGAs/s72-c/ovada-em-doria.jpg
Atualidade Política
http://www.atualidadepolitica.com.br/2017/08/uma-analise-socio-politica-do-ovo-ou.html
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/2017/08/uma-analise-socio-politica-do-ovo-ou.html
true
440335298870425399
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver todos Ler mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGS POSTS Ver tudo Relacionadas Tópico Arquivo BUSCAR Todos Nenhuma resposta para a busca Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto há $$1$$ minutos 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar tudo Selecionar tudo Todos códigos copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário