TSE reprova contas de 2011 do PSDB, e partido perde mais de R$ 10 milhões

Tucanos já apresentaram recurso para tentar reverter decisão Neves também determinou que o PSDB destine R$ 2,176 milhões para incentivar ...

Tucanos já apresentaram recurso para tentar reverter decisão


Neves também determinou que o PSDB destine R$ 2,176 milhões para incentivar a participação feminina na política - Jorge William / O Globo

Poucos dias antes de deixar o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o então ministro Henrique Neves reprovou as contas de 2011 do diretório nacional do PSDB. O resultado prático é um desfalque de mais de R$ 10 milhões ao partido. O TSE também desaprovou hoje as contas de 2011 do PT. Com isso, o partido terá perdas de R$ 13,491 milhões, entre valores que deverão ser devolvidos aos cofres públicos e suspensão de repasses do Fundo Partidário. O PMDB teve as contas do mesmo ano aprovadas com ressalva e terá de devolver R$ 762 mil.

O ministro Henrique Neves determinou ao PSDB a devolução de pouco mais de R$ 3,927 milhões para os cofres públicos, em valores que ainda deverão ser atualizados, e a suspensão dos repasses do Fundo Partidário por um mês, o que equivale a R$ 6,647 milhões. Esse desconto será diluído ao longo de dois meses, de modo que o partido não fique sem nenhum recurso do fundo por 30 dias seguidos. O PSDB informou que já recorreu para tentar reverter a decisão.

A maior parte do valor a ser devolvido pelo PSDB diz respeito à aplicação irregular de R$ 2,021 milhões do Fundo Partidário para pagamento de despesas do diretório nacional, e ao repasse de R$ 1,192 milhão para diretórios estaduais do partido no Distrito Federal, Minas Gerais, Pará, Rio Grande do Sul e São Paulo. Há ainda despesas menores com passagens aéreas e hospedagem, entre outras irregularidades.

"As irregularidades apontadas são graves, porquanto revelam a má gestão de recursos do Fundo Partidário, bem como impedem o exercício pleno da atividade de fiscalização da Justiça Eleitoral nas contas partidárias, além do que constituem óbice à promoção da participação feminina na política. Não se trata de meras falhas formais, mas de vícios que comprometem a regularidade das contas do partido, que, em tese, podem ensejar a sua desaprovação", diz trecho da decisão do ministro.

Henrique Neves também determinou que o PSDB destine R$ 2,176 milhões para incentivar a participação feminina na política. Os valores também deverão ser atualizados. O ministro justificou sua decisão alegando que o partido deixou de aplicar R$ 1,280 milhão na criação ou manutenção de programas com o propósito de promover o envolvimento das mulheres na política. Além disso, ele mandou o PSDB devolver R$ 269 mil para a cota do próprio partido no Fundo Partidário.

Henrique Neves destacou que, na falta de recolhimento dos valores, é possível estender a sanção aos dirigentes partidários. Afirmou ainda que a desaprovação de contas no TSE não impede outras ações cíveis ou penais para investigar as irregularidades. O dinheiro a ser devolvido terá que ser proveniente de recursos próprios, ou seja, não poderá ser pago com os repasses do Fundo Partidário.

A decisão foi tomada em 11 de abril, último dia útil no Judiciário antes do término do mandato de Henrique Neves como ministro do TSE, que se encerrou em 16 de abril. Uma resolução de 30 de março do tribunal autorizou os ministros a decidirem monocraticamente, ou seja, sozinhos, parte dos processos de prestação de contas.

Em nota, o PSDB jogou a responsabilidade para a gestão anterior, na qual o presidente do partido era o deputado Sérgio Guerra (PE), já falecido. A legenda é comandada atualmente pelo senador Aécio Neves (MG).

"Trata-se de uma conta da gestão anterior à atual. Mas os advogados do partido já apresentaram embargo, porque a decisão deixa de cumprir uma etapa importante da análise das contas do PSDB, conforme determina a própria resolução do TSE", disse o partido em nota.

Fonte: O Globo

COMENTÁRIOS

Atualidade Politica
Nome

abnt,25,acessibilidade,1,acidente de trabalho,3,Acolhimento,1,administração,12,Aerolula,1,agricultura,3,agronegócio,14,água,16,águas claras,1,Aldo Rebelo,1,alianças,1,Ambulatório,1,Amor Cantado,1,aneel,5,animais,8,antissocial,3,ar condicionado,15,Arlete Sampaio,1,arquitetura,9,Arruda,1,arte,3,artigo,40,ASSOCIE-SE,14,assosindicos,148,atacarejo,1,ateu,2,ativismo,9,ATUALIDADE POLÍTICA,733,automobilsmo,2,aviação,1,Banco Regional de Brasília,4,beleza,1,Bolsa Família,1,Brasil,17,brasilia,1,Brasília,6,BRB,11,caesb,8,câmeras,2,CAMPANHA DO AGASALHO,1,campanha eleitoral,16,câncer,5,candidatura,4,Carnaval,6,carreira,11,carteira,2,cartilha,2,Casa Civil,1,cassação,1,católica,1,CEB,6,celular,1,censura,2,Centro Administrativo,1,charge,2,cidadania,59,CIDADE,59,Cidades,9,ciência,1,cinema,8,CLDF,34,codhab,2,Código de Edificações,4,código de posturas,1,Collor,1,combate à dengue,2,combate ao câncer de próstata,1,comemoração,4,Companhia Energética de Brasília,6,comportamento,13,comunidade,1,comunismo,3,conciliacao,4,concurso,1,condomínio,64,conic,1,conselho profissional,9,construção civil,17,construtoras,3,consulta pública,7,consumidor,16,consumo,6,conta,5,contribuição sindical,4,contrução civil,3,convênio,3,CONVITE,34,copa2014,1,corpus Christi,1,Correio Braziliense,1,corrida eleitoral,33,corrupção,36,crise,14,crise hídrica,6,Cuidar e Amparar,1,cultura,26,curso superior,3,cursos,16,custo de construção,1,custos,1,data comemorativa,13,debate,3,Defesa,5,democracia,1,dengue,2,Deputado Distrital,9,Deputado Federal,7,DER-DF,3,Desenvolvimento Pessoal,1,despesas,1,Detran,19,DFTrans,5,dia do síndico,5,dia mundial da água,2,Diálogos com a Juventude,1,DIGA NÃO AO AUMENTO DE IMPOSTOS,30,Dilma,3,dinheiro,11,diploma,1,direita,2,direito,30,Distrito Federal,29,ditadura militar,4,dívidas,9,Dona Sarah Kubitschek,1,drogas,2,economia,108,economistas,1,EDITAL DE CONVOCAÇÃO,2,Eduardo Campos,1,educação,64,eleições,138,eleitor,10,eletricidade,10,elevadores,5,empreendedorismo,28,empregado,10,emprego,6,empresas,16,energia,51,engenharia,74,EnSínAC,14,ENTENDER CONDOMÍNIO,2,entorno,7,entretenimento,9,Escola de Síndicos,33,espionagem,1,esporte,22,estatuto,2,evasão de divisas,1,evento,39,Fan Fest,1,feminismo,1,Fernando Henrique Cardoso,1,FHC,2,FIFA,1,fim de ano,2,finanças,10,finanças pessoais,24,fogo,1,fort atacadista,2,futebol,7,gás,2,gastronomia,14,GDF,129,Geriatria,1,Gerontologia,1,gestão condominial,5,Goiás,49,golpe,11,golpismo,6,Governador,31,Governo,65,guerra,7,habitação,10,HEF,2,HEL,1,HESLMB,1,Hetrin,1,HSBC,1,humor,2,IBRAM,2,IESB,2,igreja,2,IMED,2,imóveis,28,impeachment,3,impostos,34,inadimplência,4,incêndio,5,indústria,3,inelegibilidade,3,INFORMAÇÃO,21,informática,1,ingressos,1,inovação,24,INSCRIÇÃO AQUI,1,inspeção,1,inspeção predial,5,internacional,1,internet,30,itormann,1,Joaquim Barbosa,1,Jornalismo,45,Juarezão,1,justica,7,justiça,59,juventude,4,lazer,10,Letícia González,1,LGPD,4,livro,3,Lúcia Amorim de Brito,1,Lula,3,machismo,1,Manuela D'Ávila,1,manutenção,9,Marconi Perillo,1,marketing,2,MCB,105,MCIT,2,medicina,3,meio-ambiente,7,mensalão do DEM,1,mercado,13,mesa do Natal,1,meteorologia,1,microgeração,5,mídia,9,militar,4,ministério,5,Ministério Publico,4,Miriam Belchior,1,mobilidade urbana,21,moda,1,Monitoramento,1,mulher na poílica,3,Mulheres,21,Mulheres na Política,3,multa,4,mundo,21,município,7,Natal,2,Natal do Milhão,1,Negocios,1,Neoenergia,3,neurociência,2,neuromarketing,2,normas,9,NOTICIAS,338,notificação,1,Novembro Azul,1,nutrição,1,obras,51,ocupe o centro,1,opinião,1,orçamento,1,ORDEM DE SERVIÇO,1,Pacto por Brasília,1,pandemia,78,Parque da Cidade,3,Partidos Políticos,40,Paulo Dubois,2,Paulo Octávio,1,PCdoB,2,PDSK,3,Perpétua Almeida,1,perseguidos políticos,1,pesquisa,8,petróleo,3,PL,19,playground,2,pmdb,1,polícia,8,Política,145,Porto Alegre,2,postos de saúde,12,prefeito,5,prefeitura,7,presidência da república,7,presidenta,1,presidente,18,profissional,14,Projeto de Lei,53,pronunciamento,2,propaganda política,4,propina,1,PSD,1,PSDB,6,pt,1,qualificação,22,reforma,6,reforma política,10,reformas,6,registro,3,regras de convivência,13,relacionamento,4,religião,7,revitalização,1,Ricardo Izar,1,Ricardo Lustosa,1,Roberto Santiago,1,rodovias,1,Rousseff,2,Sandra Faraj,1,Sarah Kubitscheck,1,saúde,201,sedhab,2,segeth,1,segurança,52,seguro,5,selo de qualidade,2,senado federal,17,serviço social,1,serviços técnicos,5,setor elétrico,2,sia / guará,14,sindicatos,2,síndico,120,smartphone,3,solar,2,SOLIDARIEDADE,8,sonegação,2,sorteio de casas,1,STF,9,subsíndico,1,Supermercados,1,Supremo,2,sustentabilidade,23,tarifas,13,taxa,6,técnico,8,tecnologia,60,telecomunicação,4,tendência política,76,Terceira Idade,1,trabalhador,38,transito,1,trânsito,19,transporte coletivo,20,transportes,9,Trocando ideias entre Síndicos,2,TSE,31,turismo,10,UDN,1,utilidade pública,6,Utilidades de casa,1,Vida de Solteiro,1,video,11,vistoria,1,votação,3,WhatsApp,4,zelador,1,
ltr
item
Atualidade Política: TSE reprova contas de 2011 do PSDB, e partido perde mais de R$ 10 milhões
TSE reprova contas de 2011 do PSDB, e partido perde mais de R$ 10 milhões
https://ogimg.infoglobo.com.br/in/18275561-513-fab/FT1086A/420/2015-873356845-201512102046023506.jpg_20151210.jpg
Atualidade Política
http://www.atualidadepolitica.com.br/2017/04/tse-reprova-contas-de-2011-do-psdb.html
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/2017/04/tse-reprova-contas-de-2011-do-psdb.html
true
440335298870425399
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver todos Ler mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGS POSTS Ver tudo Relacionadas Tópico Arquivo BUSCAR Todos Nenhuma resposta para a busca Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto há $$1$$ minutos 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar tudo Selecionar tudo Todos códigos copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário