Boletim Corona Virus GovBR

Corumbá 4 está previsto para fornecer água ao DF a partir de 2018

O Sistema Produtor Corumbá 4, próximo a Luziânia (GO), começará a fornecer água até meados de 2018. Durante vistoria às obras, na manhã des...

O Sistema Produtor Corumbá 4, próximo a Luziânia (GO), começará a fornecer água até meados de 2018. Durante vistoria às obras, na manhã desta sexta-feira (31), o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, projetou para junho do ano que vem o início dos testes para distribuição



“Essa é uma obra estratégica para o futuro de Brasília e para o futuro dessa região do entorno em si. É uma obra em parceria com o Estado de Goiás, financiada pelo Ministério das Cidades. A parte de responsabilidade do governo de Brasília que está sendo executada pela Caesb está indo muito bem, como vocês estão vendo. E a nossa expectativa é que esta obra possa entrar em funcionamento já no ano que vem, no meio do ano que vem”. A afirmação é do governador Rodrigo Rollemberg enquanto mostrava a obra, em Corumbá IV, para cerca de 50 jornalista, na manhã desta sexta-feira.



Trata-se de um projeto estratégico para assegurar o provimento de água para as gerações futuras. “Com fornecimento de até 5,6 mil litros por segundo, essa obra entra no sistema de captação e distribuição que vai ampliar em 70% a capacidade de abastecimento do DF”, destacou Rollemberg.

A fase de licitação começou em 2009, e os trabalhos, dois anos depois. Em 2013, a gestão passada paralisou a obra. “Logo no início de 2015, preocupados com o crescimento populacional e a gestão hídrica de Brasília, recebemos recursos federais e retomamos o serviço imediatamente”, lembrou o governador.

A construção, em parceria com o governo de Goiás, está orçada em cerca de R$ 540 milhões — divididos de forma igualitária — e vai abastecer 1,3 milhão de pessoas nas duas unidades federativas.

No DF, moradores do Gama, de Santa Maria e do Recanto das Emas serão beneficiados. No estado vizinho, o público abastecido será o da Cidade Ocidental, de Luziânia, do Novo Gama e de Valparaíso.

Compete à companhia de saneamento de Goiás, a Saneago, a captação hídrica e a construção de 15 quilômetros da adutora. Outros 15 quilômetros são de responsabilidade da Companhia de Saneamento Ambiental do DF (Caesb), bem como a estação de tratamento. “Posteriormente, cada uma cuidará de construir uma estação elevatória e uma adutora para levar a água até suas regiões”, explicou o presidente da empresa pública, Maurício Luduvice.

O sistema envolve a captação do Lago de Corumbá e o tratamento em Valparaíso (GO). Depois, a água será bombeada para o DF e o Entorno

Dividida em etapas, a obra está 65% executada. O sistema envolve a captação de água do Lago de Corumbá, que será encaminhada para tratamento em Valparaíso (GO). Depois, a água será bombeada para o DF e o Entorno.



As intervenções sob responsabilidade de Goiás estão interrompidas após recomendação do Ministério Público Federal (MPF), que investiga ilícitos em contratos e licitações da estatal goiana. No entanto, já há encaminhamento para solução do problema.

O diretor de Produção da Saneago, Marco Túlio de Moura, informou que o Ministério das Cidades está com o parecer sobre a retomada do serviço por parte de Goiás. “O estado ainda não teve acesso ao documento, mas a tendência é que seja favorável para a imediata volta ao trabalho.”

O governador disse que “a notícia boa é que o Ministério das Cidades deve estar liberando a parte da Saneago (Companhia de Saneamento de Goiás S/A) para que as obras também sejam retomadas, e isso é fundamental para que a gente conclua toda essa operação até o final do ano que vem”.

É uma obra que está atrasada deveria ter ficado pronta em 2012, não é governador?

Rollemberg – É. Mais essa obra foi retomada já no início do nosso governo, apesar de toda a crise econômica, nós separamos os recursos para esta obra por entender a importância estratégica dela para o abastecimento de água para o Distrito Federal, para esta geração e para as futuras gerações.

Qual a garantia que a população tem de que esta obra é suficiente? Não há risco de o Distrito Federal ou Goiás pararem a obra, atrasando ainda mais a solução do problema?

Rollemberg – Nós podemos responder pela nossa parte. Vocês estão vendo uma obra em pleno andamento, empregando um conjunto muito grande de pessoas, e que certamente cumprirá o prazo de conclusão da nossa parte. Nós estamos fazendo os esforços junto ao governo de Goiás, temos conversado muito com o governador Marconi Perillo que está muito envolvido nisso também, com o ministro das Cidades, no sentido de garantir a retomada de parte da Saneago para que todo o sistema possa estar em operação ainda no final do ano que vem.

Que tipo de empecilhos o Goiás tem?

Rollemberg – Hoje a obra foi suspensa em função de uma ação do Ministério Público por uma questão envolvendo a compra das bombas. A informação que eu tive é que já houve um acordo entre o fornecedor e o prestador de serviço e nas próximas semanas o Ministério das Cidades deve autorizar a retomada da obra por parte da Saneago.



E essa obra vai resolver a crise hídrica no DF?

Rollemberg – Essa obra vai resolver a questão hídrica porque ela entra em todo o sistema, ela tem uma capacidade de 5.600 mil litros por segundo, sendo 2.800 litros para o Distrito Federal e 2.800 litros para o Goiás, mas essa quantidade pode ser remanejada de parte a parte, portanto ela dá uma qualidade substantiva ao fornecimento de água hoje para Distrito Federal.

Na prática aí, quantas pessoas vão ser beneficiadas com essa obra?

Rollemberg – Esta obra quando estiver concluída vai beneficiar toda a população de Luziânia, Cidade Ocidental, Novo Gama e Valparaíso. Toda a população do Gama, Santa Maria e Recanto das Emas, portanto ela trará uma contribuição muito significativa às cidades que hoje são abastecidas pela Represa do Descoberto.

Foi a crise hídrica que sucedeu e que a gente está vivendo nos últimos tempos que fez o governo acelerar essa obra?

Rollemberg – Não. O que fez o governo retomar essa obra já no início de 2015 foi uma visão da necessidade de garantir uma infraestrutura de abastecimento básica para esta e para as futuras gerações. O nosso governo, apesar de toda a crise econômica, reservou os recursos desde o primeiro empréstimo que tivemos do Banco do Brasil já em janeiro de 2015 para a retomada desta obra. Ela vem desde lá num ritmo muito veloz, e também para a obra de captação do Bananal. Além disso, nós fizemos a licitação e a contratação de uma grande obra de captação do Lago Paranoá, que todo esse sistema quando atuar conjuntamente vai ampliar em 70% a capacidade hoje existente de todo o Distrito Federal.


Aproveitando, como é que está a questão do Paranoá?

Rollemberg – A questão do Paranoá hoje é o pregão da captação emergencial do Paranoá. Esperamos que tenhamos sucesso para que possamos imediatamente iniciar esta obra que será muito importante para complementar o abastecimento nesse período de seca em Brasília.

E o que está sendo feito no Descoberto? O Descoberto está assoreado, também vai ter uma reestruturação por lá?

Rollemberg – No Sistema do Descoberto nós estamos fazendo a revitalização dos canais, estamos contratando um projeto para fazer a revitalização do grande canal do rodeador, e por enquanto a boa notícia é nossas duas represas, tanto a do Descoberto, quanto a de Santa Maria, nessa madrugada já ultrapassaram o nível de 50%.


O presidente da CAESB Maurício Luduvice afirmou que a construção, orçada em R$540 milhões, em parceria com o Governo de Goiás, já tem 65% da obra realizada e deverá abastecer 1,3 milhão de pessoas nos dois Estados.Ao centro o governador Rodrigo Rollemberg e a direita Paulo Fona, Secretário de Comunicação, que inova na relação com a imprensa.


O diretor de tecnologia da Saneago (Companhia de Saneamento de Goiás S/A), Túlio Moura,que representou o Governo de Goiás na visita às obras de Corumbá IV,fez um balanço da situação no que diz respeito ao Estado de GO e disse que a tendência é a retomada dos trabalhos, a curto prazo.

COMENTÁRIOS

Atualidade Politica
Nome

abnt,25,acessibilidade,1,acidente de trabalho,3,Acolhimento,1,administração,12,Aerolula,1,agricultura,3,agronegócio,14,água,16,águas claras,1,Aldo Rebelo,1,alianças,1,Ambulatório,1,Amor Cantado,1,aneel,5,animais,7,antissocial,3,ar condicionado,15,Arlete Sampaio,1,arquitetura,9,Arruda,1,arte,3,artigo,40,ASSOCIE-SE,14,assosindicos,148,atacarejo,1,ateu,2,ativismo,9,ATUALIDADE POLÍTICA,733,automobilsmo,2,aviação,1,Banco Regional de Brasília,4,beleza,1,Bolsa Família,1,Brasil,17,brasilia,1,Brasília,6,BRB,11,caesb,8,câmeras,2,CAMPANHA DO AGASALHO,1,campanha eleitoral,15,câncer,5,candidatura,4,Carnaval,6,carreira,11,carteira,2,cartilha,2,Casa Civil,1,cassação,1,católica,1,CEB,6,celular,1,censura,2,Centro Administrativo,1,charge,2,cidadania,58,CIDADE,59,Cidades,9,ciência,1,cinema,8,CLDF,34,codhab,2,Código de Edificações,4,código de posturas,1,Collor,1,combate à dengue,2,combate ao câncer de próstata,1,comemoração,4,Companhia Energética de Brasília,6,comportamento,13,comunidade,1,comunismo,3,conciliacao,4,concurso,1,condomínio,64,conic,1,conselho profissional,8,construção civil,17,construtoras,3,consulta pública,7,consumidor,16,consumo,6,conta,5,contribuição sindical,4,contrução civil,3,convênio,2,CONVITE,34,copa2014,1,corpus Christi,1,Correio Braziliense,1,corrida eleitoral,33,corrupção,36,crise,14,crise hídrica,6,Cuidar e Amparar,1,cultura,26,curso superior,3,cursos,15,custo de construção,1,custos,1,data comemorativa,13,debate,3,Defesa,5,democracia,1,dengue,2,Deputado Distrital,9,Deputado Federal,7,DER-DF,3,Desenvolvimento Pessoal,1,despesas,1,Detran,19,DFTrans,5,dia do síndico,5,dia mundial da água,2,Diálogos com a Juventude,1,DIGA NÃO AO AUMENTO DE IMPOSTOS,30,Dilma,3,dinheiro,10,diploma,1,direita,2,direito,30,Distrito Federal,29,ditadura militar,4,dívidas,9,Dona Sarah Kubitschek,1,drogas,2,economia,107,economistas,1,EDITAL DE CONVOCAÇÃO,1,Eduardo Campos,1,educação,63,eleições,111,eleitor,10,eletricidade,10,elevadores,4,empreendedorismo,28,empregado,10,emprego,6,empresas,16,energia,50,engenharia,72,EnSínAC,14,ENTENDER CONDOMÍNIO,2,entorno,7,entretenimento,9,Escola de Síndicos,33,espionagem,1,esporte,22,estatuto,2,evasão de divisas,1,evento,34,Fan Fest,1,feminismo,1,Fernando Henrique Cardoso,1,FHC,2,FIFA,1,fim de ano,2,finanças,10,finanças pessoais,22,fogo,1,fort atacadista,2,futebol,7,gás,2,gastronomia,14,GDF,127,Geriatria,1,Gerontologia,1,gestão condominial,5,Goiás,46,golpe,11,golpismo,6,Governador,30,Governo,65,guerra,7,habitação,10,HEF,2,HEL,1,HESLMB,1,Hetrin,1,HSBC,1,humor,2,IBRAM,2,IESB,1,igreja,2,IMED,2,imóveis,28,impeachment,3,impostos,34,inadimplência,4,incêndio,5,indústria,3,inelegibilidade,3,INFORMAÇÃO,21,informática,1,ingressos,1,inovação,23,INSCRIÇÃO AQUI,1,inspeção,1,inspeção predial,5,internacional,1,internet,30,itormann,1,Joaquim Barbosa,1,Jornalismo,45,Juarezão,1,justica,7,justiça,56,juventude,4,lazer,10,Letícia González,1,LGPD,4,livro,3,Lúcia Amorim de Brito,1,Lula,3,machismo,1,Manuela D'Ávila,1,manutenção,9,Marconi Perillo,1,marketing,2,MCB,105,MCIT,2,medicina,3,meio-ambiente,7,mensalão do DEM,1,mercado,13,mesa do Natal,1,meteorologia,1,microgeração,4,mídia,9,militar,4,ministério,5,Ministério Publico,4,Miriam Belchior,1,mobilidade urbana,21,moda,1,Monitoramento,1,mulher na poílica,3,Mulheres,21,Mulheres na Política,3,multa,4,mundo,21,município,7,Natal,2,Natal do Milhão,1,Negocios,1,Neoenergia,3,neurociência,2,neuromarketing,2,normas,9,NOTICIAS,338,notificação,1,Novembro Azul,1,nutrição,1,obras,50,ocupe o centro,1,opinião,1,orçamento,1,ORDEM DE SERVIÇO,1,Pacto por Brasília,1,pandemia,78,Parque da Cidade,3,Partidos Políticos,40,Paulo Dubois,2,Paulo Octávio,1,PCdoB,2,PDSK,3,Perpétua Almeida,1,perseguidos políticos,1,pesquisa,8,petróleo,3,PL,19,playground,2,pmdb,1,polícia,7,Política,135,Porto Alegre,2,postos de saúde,12,prefeito,5,prefeitura,7,presidência da república,7,presidenta,1,presidente,18,profissional,14,Projeto de Lei,53,pronunciamento,2,propaganda política,4,propina,1,PSD,1,PSDB,6,pt,1,qualificação,22,reforma,6,reforma política,10,reformas,6,registro,3,regras de convivência,13,relacionamento,4,religião,7,revitalização,1,Ricardo Izar,1,Ricardo Lustosa,1,Roberto Santiago,1,rodovias,1,Rousseff,2,Sandra Faraj,1,Sarah Kubitscheck,1,saúde,193,sedhab,2,segeth,1,segurança,52,seguro,5,selo de qualidade,2,senado federal,17,serviços técnicos,5,setor elétrico,2,sia / guará,14,sindicatos,2,síndico,119,smartphone,3,solar,2,SOLIDARIEDADE,8,sonegação,2,sorteio de casas,1,STF,9,subsíndico,1,Supermercados,1,Supremo,2,sustentabilidade,23,tarifas,13,taxa,6,técnico,8,tecnologia,57,telecomunicação,4,tendência política,76,Terceira Idade,1,trabalhador,38,transito,1,trânsito,19,transporte coletivo,20,transportes,9,Trocando ideias entre Síndicos,2,TSE,30,turismo,10,UDN,1,utilidade pública,6,Utilidades de casa,1,Vida de Solteiro,1,video,11,vistoria,1,votação,3,WhatsApp,4,zelador,1,
ltr
item
Atualidade Política: Corumbá 4 está previsto para fornecer água ao DF a partir de 2018
Corumbá 4 está previsto para fornecer água ao DF a partir de 2018
https://2.bp.blogspot.com/-B5g1sINju-Q/WN66TTMkAFI/AAAAAAAAAio/pM89R9pG_bALjNghg28bQHxspKu8-GGNQCLcB/s1600/1-corumba.jpg
https://2.bp.blogspot.com/-B5g1sINju-Q/WN66TTMkAFI/AAAAAAAAAio/pM89R9pG_bALjNghg28bQHxspKu8-GGNQCLcB/s72-c/1-corumba.jpg
Atualidade Política
http://www.atualidadepolitica.com.br/2017/03/corumba-4-esta-previsto-para-fornecer.html
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/
http://www.atualidadepolitica.com.br/2017/03/corumba-4-esta-previsto-para-fornecer.html
true
440335298870425399
UTF-8
Carregar todos Post não encontrado Ver todos Ler mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGS POSTS Ver tudo Relacionadas Tópico Arquivo BUSCAR Todos Nenhuma resposta para a busca Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora 1 minuto há $$1$$ minutos 1 hora há $$1$$ horas Ontem há $$1$$ dias há $$1$$ semanas há mais de 5 semanas Seguidores Seguir CONTEÚDO EXLUSIVO - COMPARTILHE PARA ACESSAR 1º Compartilhe em suas redes sociais para liberar 2º Clique no link compartilhado em sua rede social Copiar tudo Selecionar tudo Todos códigos copiados Códigos/textos não copiados, pressione [CTRL]+[C] (ou CMD+C no Mac) para copiar Sumário