Hélio José diz que Renan não se sente mais à vontade para ser líder do PMDB

Partilhar:
Danntec Engenharia
A possível troca na liderança da bancada do partido ocorre após Renan voltar a criticar a reforma trabalhista

Resultado de imagem para helio jose
Aliado do líder do PMDB no Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o senador Hélio José (PMDB-DF) afirmou nesta quarta-feira (28/6) que o correligionário não se sente mais à vontade para continuar no comando da bancada do partido. Peemedebistas já buscam nomes que possam ocupar o cargo.

Segundo José, uma reunião da bancada está marcada para as 18 horas desta quarta-feira. "Ele está muito descontente, chateado com os encaminhamentos que estão sendo dados. Ele não está se sentindo à vontade para continuar na liderança do partido da forma que está. Hoje, ele deve fazer uma reunião da bancada, conversar com todos nós para definir um rumo", afirmou o senador.

A possível troca na liderança da bancada do partido ocorre após Renan voltar a criticar a reforma trabalhista proposta pelo governo e ter uma áspera discussão com o líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), no plenário do Senado. 

Renan insinuou que poderia trocar os integrantes do PMDB na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa para impedir a aprovação da reforma trabalhista.

Logo após o bate-boca, Jucá começou a recolher assinaturas para destituí-lo da liderança. "Se ele disser que não está mais à vontade, seria interessante que nós juntos, em comum acordo, tentássemos discutir um novo líder. É o melhor para todos. Mas não é destituição e nem renúncia", afirmou Hélio José.
Partilhar:

ATUALIDADE POLÍTICA

NOTICIAS