ARTIGO: É preciso profissionalizar o síndico

Partilhar:
Danntec Engenharia
Eduarda Jorge*

Ser Síndico nunca foi fácil. Especialmente pela falta de formação técnica adequada ao exercício dessa função, que cresce cada vez mais no Brasil, contrariando a crise econômica que assola o país

Imagem relacionada
Todo condomínio tem que ter um síndico, e o que não falta nesse país é condomínio.

O síndico representa ativa e passivamente o condomínio, em juízo ou fora dele, e pratica atos de defesa dos interesses comuns, nos limites atribuídos pela Lei e pelas normas internas e será responsabilizado pelas suas ações ou omissões”.

Deve o síndico administrar o condomínio, zelando pela segurança, pela limpeza, conservação, administração do patrimônio e pelas relações sociais, de forma a manter a harmonia entre seus moradores; Prática os atos previstos necessários ao cumprimento da Convenção e o Regimento interno e as deliberações havidas nas Assembleias.

São inúmeras as funções de um síndico. Para tanto, o síndico deve ter o domínio da legislação aplicável, conhecer bem a convenção e o regimento interno do condomínio que administra e ser sempre acessível a seus moradores e condôminos; Deve reunir ainda características de um administrador conciliador, ponderado, pró-ativo, um líder experiente em gestão de pessoas e de patrimônio.

Acredita-se que num futuro muito próximo “síndico” será um profissão regulamentada, tal como médico, advogado, administrador, engenheiro, dentre outras.

Enquanto a profissão não é regulamentada há cursos que ajudam a formar profissionais para o mercado de trabalho. Sim, em muitos condomínios, “síndico” já é uma função remunerada !!! 

Atualmente o curso mais conhecido no mercado e o único que titula o “síndico profissional” é promovido pelo INOVA GESTÃO, liderado pelo administrador e Síndico PROFISSIONAL PAULO MELO.

O curso aborda inúmeros temas. A lista é extensa, mas para se ter uma ideia da abrangência, os temas vão desde legislação condominial, aspectos trabalhistas em condomínio, folha de pagamento, recursos humanos e relacionamento, segurança condominial, gestão aplicada a condomínio, prevenção de incêndios e primeiros socorros no condomínio, segurança condominial, perícia técnica e manutenção predial, vistoria, inspeção e normas de engenharia, sustentabilidade em condomínio, implantação de condomínios novos, coaching condominial, dentre outros.

O síndico profissional já é uma realidade !!! 

É uma forma de gestão profissional que os condomínios já pedem considerando os diversos casos de má gestão dos condomínios, conforme já noticiado no fantástico, na Tv Globo.

Diferentemente do “antigo síndico”, o “síndico profissional”, além do conhecimento técnico, deve comprovar sua idoneidade através das suas certidões negativas, e das suas cartas de apresentação.

Eu fiz o curso e indico! Aprendi muito sobre esse novo tema que acredito eu ser a profissão do futuro para aqueles que desejam prosperar.


*Eduarda Jorge, Advogada.
Partilhar:

artigo

NOTICIAS

Opine: