Modelo de coleta seletiva é discutido com cooperativas

Partilhar:
Danntec Engenharia
A ampliação do sistema no DF e um balanço do serviço em Samambaia também estavam entre os temas de reuniões com o governador nesta quarta-feira (5)


Dois grupos de cooperativas de reciclagem foram recebidos pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, na manhã desta quarta-feira (5). Os encontros ocorreram no Palácio do Buriti, com a presença dos secretários do Meio Ambiente, André Lima, e do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Gutemberg Gomes.

Na primeira reunião, com representantes de mais de dez cooperativas, apresentaram-se demandas sobre temas como a ampliação e o modelo da coleta seletiva e o encerramento do aterro controlado do Jóquei. Os participantes entregaram ao governador uma carta com os pedidos.

“A transição que estamos vivendo é uma prioridade do governo, e buscaremos soluções que prezem pela inclusão social dos catadores”, disse Rollemberg.
Balanço da coleta seletiva em Samambaia

Um balanço dos primeiros meses de coleta seletiva feita pela Cooperativa Recicle a Vida, em Samambaia, foi o assunto da segunda reunião. De 11 de julho a 30 de setembro, foram 113 viagens, que coletaram, cada uma, a média de 570 quilos de resíduos.


Em julho, o governo retomou a coleta seletiva por meio de cooperativas em cinco regiões administrativas: Brazlândia, Candangolândia, Núcleo Bandeirante, Samambaia e Santa Maria.
Partilhar:

NOTICIAS