A ideologia e os genes

Partilhar:
Danntec Engenharia

O antropólogo americano afirma que a carga genética de uma pessoa influencia suas escolhas políticas tanto quanto as informações que ela recebe ao longo da vida

por pieter zalis 

Durante dez anos, o antropólogo evolucionista americano Avi Tuschman, da Universidade Stanford,
analisou e comparou mais de uma centena de pesquisas de áreas como a psicologia, a neurociência e a antropología para entender que fatores não racionais fariam alguém se identificar com ideologias mais conservadoras ou mais 1iberais, ser a favor ou contra o aborto, apoiar ou criticar determinada corrente econômica. A conclusão a que ele chegou é que a resposta, ou parte de1a, está nos nossos genes, como explica em seu livro Our Political Nature: The Evolutionary Origins of What Divides Us (Nossa Natureza Política: as Origens Evolutivas do que Nos Divide, em tradução 1ivre). “Se não podemos dízer que somos predeterminados a ser conservadores ou 1iberais, também não podemos afirmar que estamos totalmente livres para escolher”, diz Tuschman. De sua casa em Palo Alto, na Calífórnia, ele falou a VEJA. 


» Leia na íntegra 

 A ideologia e od genes

Partilhar:

ATUALIDADE POLÍTICA

campanha eleitoral

eleições

mídia

neurociência

neuromarketing

tendência política