Gama receberá corrida com foco na prevenção ao câncer de próstata

Partilhar:
Danntec Engenharia


Evento está marcado para o dia 17 de novembro e terá circuitos de 5km e 10km de extensão
O "Novembro Azul", mês dedicado à prevenção do câncer de próstata, será celebrado no DF com a realização da "1º Corrida Azul", no dia próximo dia 17, no Gama, evento que pretende despertar a importância de evitar essa doença que, somente no último ano, ceifou a vida de 128 homens, de um total de 832 casos confirmados.
 "Pedimos para que os homens percam o preconceito em relação ao exame, porque se tivéssemos um diagnóstico precoce, de 128 mortes no ano passado, 110 teríamos salvado. É importante alertarmos cada vez mais a população sobre isso", frisou o secretário-adjunto de saúde, Elias Miziara.
 A corrida faz parte da terceira etapa do Circuito SEsp 2013, promovido pela Secretaria de Esporte, e as inscrições serão abertas amanhã (8), às 8h, no site Corredor de Rua.
 Ao todo, serão disponibilizadas 1 mil vagas, e tanto a largada como a chegada estão marcadas para ocorrer em frente ao Centro Olímpico do Gama, cidade que completa 53 anos este mês. O circuito terá 5km e 10km de extensão.
 "Fazer uma corrida que vai colocar o tema da prevenção ao câncer de próstata em evidência é muito importante; não pelo fato da corrida em si, mas pela campanha, assim como fizemos com o 'Outubro Rosa', que foi muito proveitoso e prazeroso", lembrou o secretário-adjunto de Esporte, Célio René.
 De acordo com a primeira-dama do DF, Ilza Queiroz, o preconceito em relação ao exame preventivo é um dos principais fatores que levam às complicações decorrentes do câncer de próstata.
 "Na saúde, a parte principal é a prevenção, e, em muitos casos, só temos o diagnóstico quando a doença já está em estágio avançado, o que não é bom. É importante que todos façam esse teste, porque homem que se garante não tem medo da prevenção e do exame de próstata", enfatizou a primeira-dama.
 Os interessados em fazer o exame preventivo precisam ter 45 anos ou mais e devem procurar os centros de saúde para marcá-lo.
 Em seguida, deve aguardar ser chamado para realizar o procedimento em um dos cinco hospitais do DF (Base, Asa Norte, Taguatinga, Gama e Sobradinho) aptos a realizar o procedimento.
Partilhar: