Grupo Odebrecht muda o nome para Novonor

Partilhar:
Danntec Engenharia

Como parte de um esforço para se desvincular da imagem produzida pela Operação Lava-Jato, a Odebrecht decidiu trocar seu nome





Nesta sexta-feira (18), a Odebrecht anunciou seu novo nome: Novonor. Segundo a empresa, o nome vem da junção das palavras “novo” e “norte” e faz parte de um esforço para se desvincular da imagem promovida pelos processos da Operação Lava-Jato.

O anúncio foi feito por Maurício Odebrecht, único membro da família que faz parte do conselho de administração da empresa atualmente, durante reunião anual transmitida pela internet para todos os funcionários.

A Odebrecht foi uma das principais empresas atacadas pela força-tarefa da Lava-Jato, com participação de agentes do FBI e em acordo informal dos procuradores com o Departamento de Estado. Tratou-se de uma operação política para a destruição de uma grande empresa nacional, com a finalidade de abrir mercado para as empresas estrangeiras.

"Esta é uma decisão histórica para nós. Estamos apresentando a marca de uma empresa inteiramente transformada, e que passa a contar a sua história a partir de agora sempre olhando para o futuro", afirmou Maurício em nota enviada pela empresa.

Ele disse ainda que a mudança não era para apagar o passado. "Passado não se apaga. Passado é exatamente o que ele é -passado. Depois de tudo o que promovemos de mudanças e de correção de rumos, estamos agora olhando para o que queremos ser: uma empresa inspirada no futuro. Este é o nosso novo norte."

Um amigo da família, que pediu para não ter seu nome revelado, afirmou que com a troca de nomes, caso a empresa decrete a falência, não será mais o sobrenome da família que irá falir.

Atualmente, o Grupo Odebrecht conta com 25 mil empregados e seis empresas nas áreas de engenharia e construção, mobilidade urbana e rodovias, petróleo e gás, mercado imobiliário, petroquímica e indústria naval.

Outras empresas que compõe o grupo já haviam mudado de nome nos últimos anos. OEC antes era Odebrecht Engenharia e Construção, Ocyan era Odebrecht Óleo e Gás, Atvos era Odebrecht Agroindustrial. A Odebrecht Realizações Imobiliárias passou a se chamar OR.

A Odebrecht já foi considerada a maior empreiteira do Brasil. Antes da Lava Jato, enquanto o presidente ainda era Marcelo Odebrecht, que ficou pouco mais de dois anos preso em Curitiba, o grupo tinha 170 mil funcionários e um faturamento de R$ 100 bilhões.

Hoje, a empresa passa por um processo de recuperação judicial, considerado o maior da história do país, com dívidas totais estimadas em R$ 98,5 bilhões.

A Odebrecht mudou o nome de quase todas as empresas do grupo.

Veja como eram e como ficaram:

Odebrecht - Novonor
Odebrecht Construtora - OEC
Odebrecht Agroindustrial - Atvos
Odebrecht Óleo e Gás - Ocyan
Odebrecht Realizações Imobiliárias - OR
Odebrecht Transport - OTP

Com informações de FOLHAPRESS e FL
Partilhar:

construção civil

engenharia

0 comentários: