CASO SANDRA FARAJ: MANOEL CARNEIRO O CARRASCO DOS DISTRITAIS

Partilhar:
Danntec Engenharia


Com histórico de escândalos e polêmicas, o ex-chefe de gabinete da deputada Sandra Faraj responde por vários crimes ao patrimônio público. Por represália a sua exoneração, pode ter se envolvido nas denúncias.

Filipe Nogueira encontrou a pior testemunha para esclarecer o suposto desvio de R$ 150 mil da verba indenizatória da deputada Sandra Faraj. Manoel Carneiro de Mendonça Neto, no mês passado, apareceu confirmando a versão da empresa NetPub, mas “esqueceu-se” de explicar o porquê de sua exoneração publicada em 03/01/2017.



Hoje o Correio Braziliense revelou algumas peripécias dele: arrombou o gabinete parlamentar, retirou documentos de lá e, em seguida, apresentou atestados médicos alegando depressão.

Figurinha repetida em vários escândalos envolvendo deputados distritais, Manoel Carneiro responde há mais de uma dúzia de processos por improbidade administrativa, peculato, apropriação indébita de dinheiro e fraude em licitação.

Depois de exonerado, o ex-chefe de gabinete de Sandra Faraj, que tinha responsabilidade administrativa pelo contrato da Net Pub, confirma que nada foi pago. As notas constam o atesto de recebido, a empresa passou dois anos para cobrar os valores e agora, coincidentemente, após a exoneração de Filipe Nogueira e Manoel Carneiro, os dois aparecem em cena para dizer que nada foi pago. É no mínimo estranho, ou então, é história para gibi.

Fonte: Infforma
Partilhar:

ATUALIDADE POLÍTICA

CLDF

Distrito Federal

NOTICIAS

0 comentários: