Cidades Limpas remove 863 toneladas de entulho na Estrutural

Partilhar:
Danntec Engenharia
O projeto segue na região até amanhã (28). O próximo local a receber a iniciativa será Planaltina
Resultado de imagem para cidades limpas df
O programa Cidades Limpas retirou 863,5 toneladas de entulho nos quatro dias de operação na Estrutural. A ação, que teve início na segunda-feira (23), é coordenada pela Secretaria das Cidades e segue até amanhã (28).

Durante os primeiros dias, foram roçados 50 mil metros quadrados de gramado e capinados outros 100,8 mil; podadas 218 árvores e pintados 21 quilômetros de meio-fio. Entre as intervenções estão ainda limpeza e reparo de bocas de lobo, recuperação e instalação de sinalização de trânsito, recolhimento de lixo verde e ação tapa-buraco.

A operação conta com uma força-tarefa com cerca de 300 servidores de diversos órgãos do governo de Brasília e de empresas que mantêm contrato com a administração pública. “As ações do programa são adaptadas de acordo com as prioridades de cada uma das regiões administrativas”, explica o secretário da pasta, Marcos Dantas.
"As ações do programa são adaptadas de acordo com as prioridades de cada uma das regiões administrativas"Marcos Dantas, secretário das Cidades

Na Estrutural, segundo Dantas, as forças de trabalho focaram o combate a pontos de proliferação do Aedes aegypti – mosquito transmissor da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus. Para isso, foram inspecionados 800 imóveis, 23 potenciais criadouros de larvas e removidas 31 carcaças de veículos.

Outra medida para evitar o nascimento de novos mosquitos foi a terraplanagem em área próxima à igreja do assentamento Santa Luzia, além da retirada de entulhos em um terreno particular perto da Cidade do Automóvel. Ambos os locais poderiam acumular água e virar criadouro.

Neste sábado, como parte do projeto, será promovido um mutirão de limpeza na Quadra 1, atrás do terminal, das 9 às 17 horas. A mobilização é uma ação urbana comunitária e integra o projeto Na Medida, um dos cinco eixos do Habita Brasília. A força-tarefa foi organizada em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional do DF (Codhab) e a Administração Regional da Estrutural.

Durante a semana, também participaram do programa a Agência de Fiscalização do DF (Agefis), a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap), o Corpo de Bombeiros Militar, a Polícia Militar, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU), o Departamento de Trânsito (Detran), a Companhia Energética de Brasília (CEB), a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) e a Subsecretaria de Vigilância em Saúde, da Secretaria de Saúde.

Atuação do Cidades Limpas

Lançado em novembro de 2016, o programa já atuou em outras cinco localidades: Brazlândia, Ceilândia, Gama, Itapoã e Paranoá. O objetivo é reforçar os serviços de limpeza e conservação de áreas públicas em todas as regiões administrativas.

O próximo ponto de parada do projeto será Planaltina, na próxima segunda-feira (30). “Atuaremos no local por duas semanas por ser uma região muito grande”, garante Dantas.
Partilhar:

MCB

NOTICIAS