Crianças x Condomínio x Férias

Partilhar:
Danntec Engenharia

Vem aí as Férias!


Neste período os síndicos são os mais requisitados, a segurança redobrada, a integração zelador-criança e síndico-criança devem ser aumentadas:
  • Ter o hábito de conversar
  • Saber ouvir
  • Formar grupos e anexar cartazes sobre o regulamento daquela área, anexar o cronograma.
  • Explicar que crianças convidadas terão que cumprir as regras do Condomínio.
Chegou a hora de se planejar, principalmente quem tem filhos e mora em condomínios.
Planejar, desenvolver estratégias e alcançar objetivos não é uma tarefa fácil.
Algumas sugestões:
  1. Em casa: para ensinar de uma forma lúdica a organização, a solidariedade, aceitar regras, resgatar os valores familiares no ambiente em que se vive:
  • Sugerir em arrumar: o guarda-roupa, seus brinquedos e até o material escolar. Cabe salientar que não precisa ser tudo em um dia. Limita-se em horas, períodos ou até um prazo mas faça junto com a criança. Envolvo-a de uma forma que irá levar para a sua vida.
  • Jogos: estipular junto com a criança um horário que possam estar juntos – jogos de tabuleiros, vídeo games, jogos e brincadeiras que marcaram a sua infância
  • Leituras e artes: Ler um livro com a criança:
  • Cada um escolhe um livro ou de interesse para os dois
  • Cada um lê uma folha
  • Pode-se alternar: o adulto, a criança e um dia todos juntos
  • Contar sobre a sua infância, a história da família
  • Desenhar, pintar, artesanatos
  • Filmes e vídeos: de gosto em comum ou livre escolha (pipoca, bolo, suco…)
  • Culinária: ensinar “brincando”: bolos, gelatinas, sucos, salada de frutas, pizzas (pão de forma ou não), brigadeiro de panela…sempre acompanhadas de um adulto ou mais
  • Finais de Semanas: parques, cinemas, passeios, andar de bicicleta, viagens curtas, passeios culturais, piqueniques, caminhadas, aventuras….
  1. Em casa e com amigos: ambiente divertido com supervisão de um adulto:
  • Vídeos: de gosto em comum ou livre escolha -pipoca, bolo, suco ou cada um traz
  • Dormir na casa do amigo: se são vários pode-se fazer um rodízio entre os amigos e apartamentos.
  • Jogos e vídeo games: deixar que eles mesmos se organizam
  1. Áreas Comuns: Faça uma comissão de moradores e converse com o síndico. Cabe salientar um rodízio dos pais e criança precisa interagir com outras crianças (culturas, religiões, pensamentos, conceitos de éticas, moralidades, convivência, aceitação, conflitos: a forma que eles resolvem é o que vai prevalecer em sua maturidade)
CRONOGRAMA PARA AS ATIVIDADES:
 DE ACORDO COM A FAIXA ETÁRIA, HORÁRIOS E AMBIENTES DAS ÁREAS QUE O CONDOMÍNIO OFERECE:
  • Quadra: jogos recreativos e competitivos
  • Quadra e/ou algum espaço da área comum que não atrapalhe a circulação dos condôminos: piqueniques, skates, patins, patinetes,”motoquinhas”, bicicletas, carrinhos com controle remoto: separar por idades e se tiver muitos dividir em mais horários ou dias.
  • Brincadeiras: quadra e/ou algum espaço da área comum que não atrapalhe a circulação dos condôminos
  • Brinquedoteca: utilizada por menores de 7 anos e atividades específicas (sugestão)
  • Playground
  • Piscina: CUIDADO REDOBRADO E LIMITA NÚMERO DE CRIANÇAS – SEMPRE DOIS OU MAIS ADULTOS SUPERVISIONANDO OU PARA QUESTÃO DE SEGURANÇA CONTRATE UM SALVA VIDAS (BOMBEIRO)
  • Salão de jogos
  • Salão de festas: jogos de tabuleiros, vídeos, campeonatos de vídeo games, desenhar, pintar, confeccionar (reciclados ou não), culinária, baladas, piqueniques, almoços, lanches, jantares, acampamentos
  • Área Comum: caça ao tesouro noturno e diurno (respeitando o horário)
  1. Áreas Comuns: Implementar a infraestrutura ou atividades recreativas diretamente com os pais ou com a ajuda do síndico. Faça uma comissão de moradores e converse com o mesmo.
  • Alugar brinquedos infláveis
  • Contratar mágicos, contadores de histórias, alugar piscina de bolinhas…..
  1. Contratação de uma empresa recreativa:
  • Fazer do condomínio uma colônia de férias
  • Segurança e tempo
Todas as sugestões acimas foram dadas para famílias que possuem crianças dentro de um condomínio, portanto não é aconselhável e nem viável colocar como pauta em assembleia para ratear as custas (se houver) com todos os condôminos, mas sim:
  • A programação
  • O cumprimento do regulamento interno.
  • Festas, churrascos ou qualquer utilidade da área comum pelos moradores não pertencentes a este grupo.
  • Estipular regras para este período
Adriana Glad Jorge – São Paulo
Formada em Educação Física – CREF 17127
Formada em Pedagogia
Pós Graduada em Treinamento Desportivo
Síndica Profissional
Partilhar:

NOTICIAS

Opine: