Campanha "Não sou doutor, mas salvo VIDAS"

Partilhar:
Danntec Engenharia
A ASSOSÍNDICOS/DF lança a campanha de conscientização “Não sou doutor, mas salvo VIDAS!” sobre a importância dos disjuntores DR




Trata-se de um alerta para divulgar este importante dispositivo que, conforme a Lei nº5410/97, é obrigatória sua utilização, mas não para por aí, ainda busca informar que o teste mensal no dispositivo é simples e deve ser feito continuamente. 
Criar a cultura do teste manual e programar os testes de simulação de fuga de corrente é o objetivo final da campanha. Essa pratica é amplamente utilizada em países da Europa como no Reino Unido e Oceania tendo como referência países como Austrália e Nova Zelândia. 

A ASSOSÍNDICOS/DF importa um analisador de fuga de corrente dedicado ao teste do Disjuntor DR e desde abril de 2015 estão implantando em Brasília esta cultura.
Como proteger a sua família de choques elétricos?

Os choques elétricos, dependendo da intensidade e do tempo em que a pessoa fica exposta, podem ter efeitos bastante nocivos à saúde,que vão desde contrações musculares até paradas respiratória e cardíaca com risco de morte.


Uma pessoa com 60 kg que fique exposta a choque elétrico por mais de dois segundos, poderá ter uma parada cardiorrespiratória.Numa criança, essa possibilidade se multiplica. No dia a dia, estamos constantemente expostos a riscos de choques elétricos em casa, no trabalho, na academia,no supermercado e em todos os locais nos quais a energia elétrica esteja presente.

Para levar um choque, não é preciso entrar em contato direto com a tensão elétrica, colocando o dedo na tomada, por exemplo.A estrutura metálica da geladeira de casa ou do supermercado é um condutor que, se estiver com baixa isolação, poderá emitir descargas elétricas. O mesmo acontece com o chuveiro, a torradeira, o secador de cabelos, o bebedouro, etc.

Segundo a Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade - Abracopel, em 2014, foram registrados 1.015 acidentes envolvendo eletricidade, sendo 592 deles, fatais.

Isso porque, no Brasil, apesar de existir uma lei que determina o uso de dispositivos de proteção para esse tipo de instalação, eles raramente são utilizados, principalmente nos edifícios comerciais.

Esses dispositivos de proteção, chamados Disjuntor DR, são a maneira mais eficaz de proteção de pessoas e de animais contra choques elétricos é o único meio de proteção contra contatos diretos e indiretos com a tensão elétrica.

O DR detecta a existência de fuga de corrente em um circuito, desligando-o quando o valor da corrente diferencial ultrapassa determinado parâmetro. Se o seu quadro de energia elétrica possui este dispositivo, você precisa se certificar de que ele está em perfeito funcionamento. É preciso testá-lo anualmente.

Segundo Marco Oliveira, a IPT está constantemente buscando novas tecnologias para garantir a segurança elétrica de seus clientes.

“Os testes periódicos em DR são obrigatórios por lei e exigidos por seguradoras em países da Europa e América do Norte”.

“Estamos trabalhando para trazer essa cultura de segurança elétrica para o Brasil.”



Partilhar:

ASSOCIE-SE

CIDADE

CONVITE

DIGA NÃO AO AUMENTO DE IMPOSTOS

síndico

0 comentários: